Aprenda a preparar um sabão natural para as partes íntimas

3 de janeiro de 2019
Saiba que a saúde intestinal está diretamente relacionada ao estado da sua região íntima, por isso é imprescindível manter bons hábitos de higiene para não sofrer complicações.

A nossa parte íntima requer cuidados específicos de higiene para não alterar a flora vaginal com produtos agressivos que normalmente ocorre com o uso de sabonetes convencionais. Nesse artigo, apresentaremos a você uma receita de um sabão natural que ajuda a prevenir infecções, coceira e outros desconfortos habituais.

Também daremos alguns conselhos para você cuidar da melhor maneira da área íntima.

Por que evitar o uso dos sabonetes convencionais e usar um sabão natural?

Embora muitas mulheres usem o mesmo sabonete no corpo e nas partes íntimas, o melhor a fazer é escolher um sabonete específico para essa região delicada, já que os sabonetes convencionais contêm substâncias que agridem os tecidos da área  genital.

Os sabonetes específicos são elaborados com ingredientes mais suaves que respeitam o pH natural dessa área delicada e, dessa maneira, ajudam a prevenir infecções, principalmente se já tivermos tendência a desenvolvê-las.

Nesse artigo, ofereceremos uma alternativa caseira e natural para que você prepare seu próprio sabão em casa, incluindo óleo essencial de malaleuca e de tomilho como ingredientes para prevenir infecções genitais.

Descubra: Como tratar a candidíase vaginal com remédios naturais

sabonete natural para as partes intimas

Ingredientes e utensílios necessários para o preparo do sabão natural

  • 210 ml de óleo de coco
  • 30 g de soda cáustica
  • 65 ml de água destilada
  • Óleo essencial de malaleuca
  • Óleo essencial de tomilho
  • Uma forma para modelar o sabão com o design que desejarmos (menos de alumínio)
  • Óculos protetor para o manuseio da soda cáustica
  • Mixer
  • Panela
  • Recipiente de cristal
  • Colher de pau

Modo de preparo do sabão natural

Todo o processo para a elaboração do sabão natural requer muito cuidado. Siga estritamente os passos mencionados.

  1. Coloque os óculos de proteção.
  2. Coloque o recipiente de cristal no tanque ou na pia e, em seguida, deposite a soda cáustica, depois a água destilada. Siga essa ordem para que não respingue. Como essa mistura, produz-se uma reação que gera vapor, deixamos que essa mistura repouse.
  3. Recomenda-se que esse procedimento seja feito em ambiente aberto ou, se fechado, com as janelas abertas para ventilar o referido vapor o mais rápido possível.
  4. Coloque o óleo de coco na panela, em fogo baixo. Quando estiver quente (aproximadamente 40 graus), retiramo-o do fogo. Misture com muito cuidado com a soda cáustica e bata com o mixer, tomando cuidado para que não respingue. Bata a mistura até que ganhe uma espessura parecido com um gel.
  5. Logo que chegar à essa espessura, acrescente 15 gotas de óleo essencial de malaleuca e 30 gotas de óleo essencial de tomilho.
  6. Introduza a mistura na forma.
  7. Cubra a forma com uma toalha que mantenha o calor para que termine o processo desse preparo e deixe que repouse até que esfrie (entre 12 a 24 horas) em lugar seguro para que não seja movido.
  8. Uma vez frio, você pode retirá-lo da forma.
  9. Deixe em um lugar fresco e seco para que endureça e “madure” aproximadamente por um mês.

Conselhos para o cuidado da área genital

Se você tiver tendência a doenças genitais, recomendamos seguir os seguintes passos:

  • Use roupas íntimas de tecido natural ou de algodão.
  • Depois do banho e de nossa higienização íntima, podemos hidratar essa região aplicando diretamente óleo de calêndula ou uma forma de infusão, com a ajuda de uma gaze estéril. A calêndula tem propriedades (seja em óleo ou infusão) antibióticas e antifúngica, ideal para o tratamento de algumas infecções vaginais.  

Leia também: Combata as varizes com este tratamento de azeite de oliva e calêndula

sabão natural para as partes intimas

  • Aos primeiros sinais de infecções, coloque uma gota de óleo essencial de malaleuca na calcinha, para que o calor natural dessa região ative e desprenda suas propriedades.
  • Cuide da higiene genital utilizando lenços umedecidos específicos.
  • Evite usar produtos convencionais nessa região e opte por produtos ecológicos e naturais
  • Importante saber que a saúde intestinal está diretamente associada com a área genital.
  • Alguns alimentos medicinais como o iogurte, kefir ou alho ajudam também a combater essas doenças atuando no interior de nosso organismo se incluídos diretamente a nossa alimentação.