Anidrose, a incapacidade de suar normalmente

09 Agosto, 2020
A anidrose pode ser causada por queimaduras, patologias genéticas ou lesões nervosas, entre outras.

A anidrose é uma condição caracterizada por uma falta anormal de suor em resposta ao calor. A quantidade de suor produzido pelas glândulas sudoríparas é nula ou insuficiente. Também obedece a outros nomes, como hipoidrose, adiaforese, oligoidrose, etc.

A anidrose pode afetar o corpo inteiro ou somente uma parte. É uma patologia rara que pode ser difícil de diagnosticar.

No entanto, é importante estar ciente de seus possíveis sintomas, pois ela pode ser fatal. Sem suar, o corpo não pode baixar sua temperatura e pode ficar excessivamente quente. Neste artigo, explicamos em que consiste a anidrose e quais são as suas causas.

Por que ocorre a anidrose?

Existem inúmeras causas de anidrose. Geralmente, surge devido a um trauma na pele, isto é, queimaduras, infecções ou outras lesões. Também pode ser causada por drogas como, por exemplo, a morfina ou o botox.

Outros fatores que causam anidrose são:

  • Doenças congênitas. Existem certas displasias que afetam o desenvolvimento das glândulas sudoríparas. O caso mais proeminente é a displasia ectodérmica hipoidrótica. Outras estruturas ectodérmicas, como pele, cabelo e dentes, também são afetadas.
  • Doenças metabólicas. Por exemplo, a doença de Fabry.
  • Danos na pele. Como mencionamos, a anidrose pode ser causada por queimaduras. Além disso, radioterapia ou doenças como a psoríase também podem provocar essa patologia.
  • Lesões nos nervos. Patologias que danificam os nervos (neuropatias), como diabetes ou síndrome de Guillain-Barré, causam a disfunção das glândulas sudoríparas.

Também deve ser observado que a anidrose pode ocorrer devido à desidratação e pela Síndrome de Sjögren, caracterizada por secura nas mucosas e nos olhos.

A anidrose pode provocar desidratação

Você pode estar interessado: Dieta para evitar a desidratação: o que você deve ter em mente

Sintomas da anidrose

O principal sintoma da anidrose é a ausência ou escassez de suor. Além disso, podem ocorrer outros sintomas, como tontura e sensação de calor, uma vez que o suor é a maneira de o corpo regular a temperatura.

Da mesma forma, cãibras musculares, fraqueza e vermelhidão podem ocorrer em algumas áreas do corpo, principalmente no rosto e pescoço.

Existem dois tipos de anidrose, dependendo da sua extensão no corpo:

  • Anidrose parcial: ocorre em uma determinada área. Pode ser que, em áreas saudáveis, ​​seja produzido mais suor do que o normal.
  • Anidrose total: ocorre em todo o corpo. Nesse caso, os sintomas são muito mais graves. Exercício e calor podem causar insolação nesses pacientes.

Insolação

A insolação ocorre quando o corpo excede os 40 ºC. É uma situação urgente, pois, se não for tratada, pode causar danos a diferentes órgãos ou até a morte.

A princípio, causa confusão, delírio, náusea e vômitos. A respiração acelera, assim como a frequência cardíaca. É necessário agir o mais rápido possível para reduzir a temperatura corporal e, assim, evitar a disfunção do organismo.

É importante destacar que as crianças são muito vulneráveis ​​ao choque térmico. Isso ocorre porque a sua temperatura interna aumenta mais rapidamente do que a dos adultos. Além disso, elas liberam calor com menos eficiência. Portanto, deve-se dar uma atenção especial a esses casos.

A hidratação para evitar a insolação

Não deixe de ler: 4 remédios naturais contra a insolação

Como é diagnosticada?

Como mencionamos anteriormente, a anidrose costuma ser uma patologia difícil de diagnosticar. Para fazer isso, é necessário que o médico trace um bom histórico médico e conheça todos os sintomas.

Além disso, podem ser realizados testes complementares, como o teste do suor. Consiste em cobrir o paciente com um pó que muda de cor em contato com o suor. Ele é inserido em uma câmara que aumenta a temperatura do corpo, e a transpiração ou falta dela é observada através de fotografias digitais.

Uma biópsia de pele também pode ser realizada, embora seja uma técnica mais invasiva. Geralmente é realizada em pacientes que apresentam apenas anidrose parcial.

Tratamento de anidrose

O tratamento vai depender da causa da anidrose. Quando ela ocorre devido a um medicamento, sua administração deve ser interrompida. Quando a causa da anidrose é uma obstrução, às vezes o uso de esfoliantes serve para desbloquear as glândulas sudoríparas.

Geralmente, esta doença não pode ser evitada, mas existem certas medidas que podem impedir a insolação, por exemplo. É essencial usar roupas leves e evitar a exposição ao sol e a atividade física intensa em dias quentes. Também pode-se usar um spray de água para se refrescar e manter a umidade da pele.

Quando a anidrose é parcial, geralmente não apresenta nenhum problema ou necessidade de tratamento. Mesmo assim, é aconselhável consultar um especialista para que ele avalie o caso.

Conclusão

Existem várias razões pelas quais a anidrose pode ocorrer, e muitas vezes ela passa despercebida. Se você notar algum dos sintomas mencionados, não hesite em ir ao médico. Ele fará os exames pertinentes e vai definir o tratamento e as medidas necessárias para combater esta condição.

  • Anhidrosis. Ausencia de sudoración. (n.d.). Retrieved June 5, 2019, from https://www.tuotromedico.com/temas/anhidrosis_sudoracion.htm
  • Multimedia Encyclopedia – Penn State Hershey Medical Center – Sweating – absent – Penn State Hershey Medical Center. (n.d.). Retrieved June 5, 2019, from http://pennstatehershey.adam.com/content.aspx?productId=117&pid=1&gid=003219
  • Definición de anhidrosis – Diccionario de cáncer – National Cancer Institute. (n.d.). Retrieved June 5, 2019, from https://www.cancer.gov/espanol/publicaciones/diccionario/def/anhidrosis
  • Ausencia – sudoración: MedlinePlus enciclopedia médica. (n.d.). Retrieved June 5, 2019, from https://medlineplus.gov/spanish/ency/article/003219.htm