As doenças da pele mais comuns

· 28 de novembro de 2016
Diante das menores mudanças no aspecto de nossa pele, sejam sinais ou a aparição de erupções, devemos nos consultar com um especialista para obtermos um diagnostico confiável

A pele é o órgão mais exposto do corpo humano e um dos mais importantes. Protege-nos e comunica as sensações e expressões. Ela permite demonstrar o cuidado e o amor próprio.

Cuidar da pele é mais do que um ato de saúde, é uma atitude de responsabilidade de cada pessoa com o seu próprio corpo.

A primeira decisão acertada para alcançar esse objetivo é informar-se sobre as doenças que podem afetá-la; por isso hoje você irá conhecer as doenças cutâneas mais comuns. Confira!

Câncer de peleCâncer de pele

Esta doença se manifesta quando as células cancerígenas se juntam aos tecidos do corpo, já que elas se multiplicam rapidamente e os invadem, começando pela epiderme que é a capa superior da pele.

Seu principal fator de risco são os raios ultravioletas procedentes da luz solar, que alteram o DNA das células que se acumulam por muito tempo. As zonas mais propícias são as que se encontram expostas, como o rosto, o pescoço, as mãos e os braços.

Esta doença pode ser tratada apenas através de três pilares fundamentais… a cirurgia, a quimioterapia e a radioterapia, embora existam outras alternativas.

Recomendam-se não passar muito tempo exposto ao sol, porém caso seja uma situação sem escolha, você deve cobrir as partes mais vulneráveis com protetor solar.

Dermatite atópica (eczema)Dermatite na pele

É uma inflamação da pele com prurido que pode ser acompanhada por asma. Manifesta-se como um eczema que afete qualquer área da pele, no entanto, muitas vezes, se apresenta nos braços e na parte dianteira dos joelhos.

As suas causas não foram identificados e podem ocorrer em crianças durante o seu primeiro ano de vida; o prurido é muito intenso e pode ser de longa duração.

Recomenda-se medidas ou cuidados pessoais que reduzem ou aliviam a coceira, como a aplicação de cremes. Deve-se evitar sabões, especialmente aqueles com perfume, porque contêm muitos produtos químicos sintéticos.

Alopecia areataAlopecia areata na pele da cabeça

Esta doença afeta os folículos pilosos, que são áreas do crescimento do cabelo; na maioria dos casos há algumas áreas onde o cabelo presente desaparece completamente. O diagnóstico é realizado pelas manchas na área, e em outros casos por biópsias da pele da área afetada.

São mais propensas as pessoas com uma história familiar de alopecia, porque os genes são um fator importante. É uma doença autoimune, portanto, produz anticorpos que o sistema imunológico não pode eliminar.

Os tratamentos mais aplicados são a quimioterapia a fototerapia ou outras terapias alternativas.

AcneAcne na pele

A pele tem um grande número de orifícios microscópicos chamados de poros e quando estes são obstruídos e as células sebáceas produzem gordura em demasia os poros ficam entupidos.

Quando o topo do folículo apresenta um tom branco, o chamamos de acne miliar, mas se apresentar a cor preta trata-se de um cravo.

As causas podem ser variadas e vão desde a herança genética ao excesso de gordura nos alimentos; também pode ser dada por alterações hormonais que ocorrem normalmente na adolescência e podem desencadear algumas questões  de autoestima, principalmente na população mais jovem.

É recomendado evitar espremê-las e se coçar, pois isso pode trazer inchaço e lesões que a longo prazo deixam a pele marcada. Para tratá-las é recomendado limpar o rosto com água e sabão neutro.

Escabiose (sarna)Escabiose na pele

Esta doença pode ser causada por ácaros que escavam a pele e põem seus ovos nos poros. Transmite-se de pessoa para pessoa e se manifesta principalmente por prurido e erupção cutânea.

Como recomendação, lave todas as roupas em água quente para matar os fungos e/ou ácaros e aplique regularmente cremes que tenham sido prescritos pelo médico.

PsoríasePsoriase na mão

É uma doença que provoca comichão e manchas dolorosas na pele avermelhada e com alguns tons de prateado.

Esta doença acelera o processo de renovação celular que faz aparecer novas células rapidamente e que se acumulam sobre a superfície. Também podem produzir comichão e dor no couro cabeludo, cotovelos, joelhos, entre outros.

Às vezes persiste por um longo tempo o que agrava o ressecamento da pele, causando estresse pelo uso de certos medicamentos.

VerrugasVerruga no dedo

São causadas por um vírus (papiloma) e são transmitidas por contato. Inicialmente o vírus se mantém em um estado de latência, se não encontrar as condições adequadas para se manifestar.

As verrugas podem afetar qualquer local da pele e têm a forma de tumores não dolorosos. Para o seu tratamento recomenda-se estimular o tratamento do sistema imunológico com o uso de alguns medicamentos ou vaselina.

RosáceaRosacea na pele

É uma condição da pele que provoca vermelhidão e inchaço. Acredita-se ser causada por uma expansão dos vasos sanguíneos, em particular, na face que apresenta um efeito rosado ou rubor natural.

Também pode ser hereditária, causada por alguns fatores externos, tais como o aumento da temperatura, o esforço físico, o frio, a menopausa, entre outros.

Acredita-se que não tem relação com as bactérias. Basta apenas algum tipo de antibiótico oral ou injetável, de acordo com a situação.