Mejor con Salud
 

Como aliviar a dor no calcanhar com 6 remédios naturais

Além de favorecer o alívio da dor e da rigidez, esses remédios naturais proporcionam uma sensação de descanso para os pés. Ainda não experimentou? A seguir, veja como prepará-los.
Como aliviar a dor no calcanhar com 6 remédios naturais

Última atualização: 19 Novembro, 2020

A dor no calcanhar é um desconforto comum que pode aparecer devido a vários fatores. Muitas vezes, ocorre embaixo ou atrás do calcanhar, mas também pode afetar os lados. Se a dor estiver embaixo do calcanhar, pode ser devido a uma condição chamada fascite plantar. Se estiver para trás, pode ser tendinite de Aquiles. Como aliviar a dor no calcanhar?

Para lidar adequadamente com essa doença, é importante encontrar sua origem. Embora analgésicos e anti-inflamatórios de venda livre possam ser úteis, algumas vezes outras medidas terapêuticas são necessárias. Portanto, antes de tudo, é melhor consultar o médico.

Se a dor não for derivada de um problema ou uma lesão grave, podemos incluir no tratamento alguns remédios naturais que proporcionam sensação de alívio. Obviamente, eles não são uma solução única contra a dor e devem ser considerados apenas um complemento. O que acha de experimentá-los?

Remédios naturais para aliviar a dor no calcanhar

Desde os tempos antigos, uma série de produtos naturais tem sido usados para tratar doenças. Embora muitos não tenham evidências científicas, dados anedóticos os sugerem como possíveis aliados para lidar com a dor. Nesse caso, encontramos algumas soluções que podem ser úteis contra a dor no calcanhar.

São alternativas de aplicação externa que, em geral, são seguras de usar. No entanto, dada a falta de evidências de sua eficácia, elas podem não funcionar em todos os casos. Além disso, devemos lembrar que outros tratamentos podem ser necessários, dependendo da origem da dor. Se você quiser experimentá-los, aqui estão as opções.

1. Vinagre de maçã para aliviar a dor no calcanhar

Não há evidências que relacionem a aplicação externa de vinagre de maçã ao alívio da dor no calcanhar. No entanto, na literatura popular afirma-se que ajuda a relaxar os músculos do pé, principalmente quando usado em banhos.

Aparentemente, como afirma um estudo publicado no Iranian Journal of Pharmaceutical Research, esse produto tem um leve efeito anti-inflamatório que pode estar por trás desse benefício. No entanto, mais estudos são necessários para confirmar isso. De qualquer forma, se quiser experimentar, prepare a seguinte receita.

Molhar os pés em água morna com vinagre de maçã parece ser útil para reduzir temporariamente a dor no calcanhar.

Ingredientes

  • 2 xícaras de água (500 ml)
  • ½ xícara de vinagre de maçã (125 ml)

Modo de preparo

  • Ferva as xícaras de água.
  • Em seguida, coloque-as em uma bacia e adicione o vinagre de maçã.

Modo de uso

  • Mergulhe os pés no líquido, cobrindo o calcanhar, e deixe agir durante 15 ou 20 minutos.
  • Repita seu uso até sentir uma melhora.

Veja também: Vinagre de maçã para perder peso de maneira saudável

2. Sais de Epsom

De acordo com Naoki Umeda, médico do Centro Clínico de Medicina Integrativa de Cleveland, os sais de Epsom ajudam a relaxar os músculos e são úteis contra vários tipos de dor. É um ingrediente composto por magnésio e sulfato de sódio, o que explicaria seus benefícios.

Ingredientes

  • ½ xícara de sais de Epsom (100 g)
  • 3 xícaras de água (750 ml)

Modo de preparo

  • Primeiramente, dilua os sais de Epsom na quantidade indicada de água quente.
  • Depois, despeje a solução em uma bacia.

Modo de uso

  • Submerja o calcanhar durante 20 minutos e seque com cuidado.
  • Use-o diariamente até sentir alívio.

3. Folhas de sálvia e vinagre de maçã

Já comentamos sobre os efeitos atribuídos ao vinagre de maçã contra esse tipo de dor. Nesse caso, propomos combiná-lo com folhas de sálvia para obter um remédio relaxante e anti-inflamatório.

De acordo com uma publicação na Advanced Herbal Medicine, a sálvia contém uma substância chamada salvigenina, que atua como um analgésico e anti-inflamatório leve. Além disso, na literatura popular, afirma-se que ajuda a melhorar a circulação.

Ingredientes

  • 6 folhas de sálvia
  • ½ xícara de vinagre de maçã (125 ml)

Modo de preparo

  • Comece triturando as folhas de sálvia.
  • Coloque-as para ferver em uma panela com o vinagre de maçã.
  • Deixe em fogo baixo durante 5 minutos e espere repousar a temperatura ambiente.

Modo de uso

  • Mergulhe um pano de algodão no líquido.
  • Depois, coloque-o sobre a área afetada.
  • Deixe agir por 2 horas e enxágue.
  • Repita seu uso 2 vezes por dia, durante 3 ou 4 dias.

4. Azeite de oliva e óleo de cravo

O óleo de cravo contém uma substância ativa chamada eugenol que, segundo pesquisas publicadas na Revista Brasileira de Farmacognosia, tem efeito analgésico e anti-inflamatório. Em geral, pode ajudar a reduzir a intensidade da dor.

É importante combiná-lo com um óleo transportador, como o azeite de oliva, pois sozinho pode causar irritações. Vamos ver a seguir como aproveitar essas propriedades no caso de dor no calcanhar.

O eugenol, uma substância contida no óleo de cravo, parece ter um efeito positivo contra vários tipos de dor.

Ingredientes

  • 2 colheres de sopa de azeite de oliva (32 g)
  • 1 colher de sopa de óleo essencial de cravo (15 g)

Modo de preparo

  • Primeiro, misture o azeite de oliva com o óleo essencial de cravo
  • Em seguida, aqueça no micro-ondas.

Modo de uso

  • Teste se a temperatura está apta para a pele.
  • Esfregue com suaves massagens.
  • Por fim, deixe o óleo ser absorvido sem enxaguar e repita seu uso 2 vezes ao dia.

Você pode se interessar: 5 óleos essenciais e seus benefícios

5. Vaselina e pimenta-caiena para aliviar a dor no calcanhar

A capsaicina, o composto ativo da pimenta-caiena, atua como um analgésico e anti-inflamatório, favorecendo o alívio da dor e da rigidez.

De acordo com um estudo publicado no British Medical Journal, a aplicação tópica dessa substância pode ser um complemento para aliviar a dor em pacientes que não respondem ou não toleram outros tratamentos.

Portanto, essa pomada com propriedades anti-inflamatórios pode servir como complemento para relaxar os calcanhares em caso de pancadas ou outros traumatismos.

Ingredientes

  • 3 colheres de sopa de vaselina (60 g)
  • ½ colher de chá de pimenta-caiena em pó (2 g)

Modo de preparo

  • Coloque a vaselina em banho-maria para derreter.
  • Misture com a pimenta-caiena em pó.

Modo de uso

  • Uma vez solidificada, pegue a quantidade que considerar necessária.
  • Esfregue sobre o calcanhar com uma suave massagem.
  • Repita seu uso 2 vezes no dia.

6. Tintura de arnica para a dor no calcanhar

As evidências sobre os efeitos da arnica contra a dor ainda são objeto de pesquisa. Em geral, dados anedóticos indicam que tem um efeito calmante em caso de dor causada por golpes ou esforço excessivo.

Um estudo publicado no European Journal of Sport Science comenta que sua aplicação tópica pode ajudar a aliviar a dor três dias após o exercício excessivo. No entanto, são necessárias mais evidências.

Ingredientes

  • ½ colher de chá de tintura de arnica (2 g)
  • 2 colheres de sopa de azeite de oliva (32 g)

Modo de preparo

  • Misture a tintura de arnica com o azeite de oliva.

Modo de uso

  • Massageie o produto sobre o calcanhar e
  • Depois, deixe agir sem lavar.
  • Use 2 vezes por dia se a dor persistir.

Você sofreu alguma pancada ou lesão no calcanhar? Seu calçado deixou uma sensação de cansaço? Experimente algum dos remédios mencionados para aliviar temporariamente a dor. Se o sintoma for intenso ou persistente, consulte seu médico.

6 remédios para tratar os calcanhares rachados

6 remédios para tratar os calcanhares rachados

A constância é fundamental para combater os calcanhares rachados. Devemos aplicar estes remédios diariamente se quisermos obter resultados notáveis.



  • Moallem, S., Barahoyee, A. (2010). Evaluation of acute and chronic anti-nociceptive and anti-Inflammatory effects of apple cider vinegar. Iranian Journal of Pharmaceutical Research, Volume 3(Supplement 2), 57-57. doi: 10.22037/ijpr.2010.466
  • Anand, P., & Bley, K. (2011). Topical capsaicin for pain management: Therapeutic potential and mechanisms of action of the new high-concentration capsaicin 8 patch. British Journal of Anaesthesia. https://doi.org/10.1093/bja/aer260
  • Mansourabadi, Amir Hossein & Sadeghi, H.M. & Razavi, N. & Rezvani, E.. (2015). Anti-inflammatory and Analgesic Properties of Salvigenin, Salvia officinalis Flavonoid Extracted. Advanced Herbal Medicine. 1. 31-41.
  • Chaieb, K., Hajlaoui, H., Zmantar, T., Kahla-Nakbi, A. Ben, Rouabhia, M., Mahdouani, K., & Bakhrouf, A. (2007). The chemical composition and biological activity of clove essential oil, Eugenia caryophyllata (Syzigium aromaticum L. Myrtaceae): A short review. Phytotherapy Research. https://doi.org/10.1002/ptr.2124
  • Daniel, A. N., Sartoretto, S. M., Schmidt, G., Caparroz-Assef, S. M., Bersani-Amado, C. A., & Cuman, R. K. N. (2009). Anti-inflammatory and antinociceptive activities of eugenol essential oil in experimental animal models. Brazilian Journal of Pharmacognosy19(1 B), 212–217. https://doi.org/10.1590/S0102-695X2009000200006
  • Gali-Muhtasib, H., Hilan, C., & Khater, C. (2000). Traditional uses of Salvia libanotica (East Mediterranean sage) and the effects of its essential oils. Journal of Ethnopharmacology. https://doi.org/10.1016/S0378-8741(99)00190-7
  • Mason L, Moore RA, Derry S, Edwards JE, McQuay HJ. Systematic review of topical capsaicin for the treatment of chronic pain. BMJ. 2004;328(7446):991. doi:10.1136/bmj.38042.506748.EE
  • Pumpa, K. L., Fallon, K. E., Bensoussan, A., & Papalia, S. (2014). The effects of topical Arnica on performance, pain and muscle damage after intense eccentric exercise. European Journal of Sport Science. https://doi.org/10.1080/17461391.2013.829126
  • Waring, R. (2010). Report on Absorption of magnesium sulfate (Epsom salts) across the skin. Analysis. https://doi.org/accessed on 30 August 2012.