Alguns tratamentos da diverticulite

· 9 de março de 2018
A diverticulite é uma doença de extremo cuidado. Manter uma dieta rica em fibra e tomar água o suficiente é parte do tratamento. Evite chegar a uma intervenção cirúrgica.

O corpo sempre deve estar em constante cuidado. É necessário somar cada vez mais hábitos que permitam manter a qualidade de vida e assim evitar contratempos.

Quando se trata da saúde, não se pode hesitar, muito menos descuidar dos detalhes, por isso sempre deve-se comunicar qualquer situação que considere preocupante ao seu médico de confiança.

Um dos problemas aos quais não deve deixar de prestar atenção é a diverticulite.

Seu ponto de concentração, o intestino grosso, pode passar de ser um mal menor a um de magnitude letal; por isso se recomenda fazer todo o possível para respeitar os costumes alimentares que evitam o desenvolvimento desta doença.

Como tratar a diverticulite

Brócolis ajuda no tratamento contra diverticulite

A missão do tratamento contra a diverticulite é prevenir que os sacos formados (divertículos) causem doenças no organismo. Nesse caso, o especialista deve convidar o paciente a seguir diferentes processos.

Um ponto muito importante é a alimentação. O prioritário é cumprir ao pé da letra com uma dieta rica em fibrasDe fato, para prevenir a doença e evitar males maiores, é recomendável o consumo de frutas, vegetais e grãos.

Sugere-se aumentar o consumo de alimentos ricos em fibra de forma gradual para adaptar o corpo e assim eliminar as probabilidades de sofrer dor abdominal. Isso se a doença não alcançou um alto nível de gravidade.

Dentre os alimentos que costumam ser de ajuda frente à difícil situação, estão os da família da couve, especialmente o brócolis. Batatas, pão integral e maçãs também somam neste aspecto positivo.

Receita recomendada

Alimento contra diverticulite

Uma receita fácil de desenvolver é a de lentilhas com champignom. Para fazer este prato você vai precisar de:

Ingredientes

  • 1 xícara e meia de lentilhas (350 g)
  • 2 xícaras (450 g) de champignons
  • Um dente de alho
  • 4 colheres de sopa (60 g) de azeite de oliva
  • Uma colherzinha de farinha (3 g)
  • Uma cebola grande

Preparo

Cozinhe as lentilhas e coloque-as depois em uma frigideira com azeite junto com os champignons, picados previamente, e a cebola. Misture e adicione os alhos.

Se o incômodo persistir ou se tornar mais intenso, o consumo destes alimentos é proibido. Dois dias depois os problemas deveriam diminuir de forma considerável.

A partir daí, deve-se iniciar a dieta.

Outro hábito que deve ser adquirido pelo bem da região afetada é o de tomar água constantemente.

Atenção aos remédios

Mulher mostrado remédio contra diverticulite

Em ocasiões se pode recomendar também um suplemento que contenha fibra. Ao encarar esta alternativa como a solução, é normal que o médico peça a pessoa que a consuma três vezes por dia, visto que a dose de tais suplementos outorgam ao corpo no máximo 10 gramas.

Com a ajuda do médico

Paciente consultando sobre diverticulite

Se a situação for mais além, também existem métodos para tratar a doença.

Por exemplo, o sangramento é uma das formas em que esta doença pode se manifestar. Ainda que em ocasiões ele possa parar sem a necessidade de aplicar tratamento, o recomendável é ir ao médico em caso de sangramento no reto.

Para estas situações, o especialista tenta localizar o lugar onde se origina o sangramento por meio de uma colonoscopia ou também uma tomografia.

Se não cessar, como último recurso se recorre a uma intervenção a nível abdominal, que se conhece como ressecção  de cólon. Sua finalidade é eliminar a parte mais afetada e depois empatar as restantes.

Dentre os males que derivam da diverticulite, e que também requerem uma rápida intervenção, está a peritonite. Ela obriga a uma cirurgia o mais rápido possível. Do contrário, pode ser mortal.

Se o paciente sofrer uma perfuração no lugar afetado também deve ser solucionado por meio de cirurgia.

Os abscessos também são protagonistas. Com um menor impacto e perigo, o especialista tem como trabalho drená-los caso os medicamentos receitados antes não consigam surtir efeito.

As pessoas que sofreram desta doença viram, em ocasiões, como os intestinos se obstruem.

Só se for total é que se deve realizar uma cirurgia, aplicando a já mencionada ressecção do cólon. Seu bloqueio parcial não leva necessariamente a passar pelo cirurgião. Antes se submete o paciente a um tratamento e seus resultados determinarão o próximo passo.