Prepare um álcool de ervas para aliviar as dores articulares

14 Janeiro, 2020
Graças às propriedades das plantas medicinais podemos preparar um álcool de ervas cuja aplicação tópica nos ajudará tanto a prevenir quanto a aliviar as dores articulares.
 

Dores articulares podem surgir devido a um esforço físico exagerado, uma lesão ou o desgaste decorrente do envelhecimento.

É um dos problemas que mais gera incapacidade nas pessoas e, ainda que costume ocorrer de forma leve, tende a interferir na realização das tarefas cotidianas.

Sua aparição é o resultado de uma resposta inflamatória ativada pelo sistema imunológico, mas também pode alertar sobre a deterioração das cartilagens e ligamentos que recobrem a articulação.

Independentemente disso, é primordial dar-lhe atenção, já que a rigidez e a dor tendem a aumentar quanto não recebem o tratamento oportuno.

Felizmente, além dos medicamentos convencionais, há terapias alternativas cuja aplicação minimiza os sintomas para que não afetem a qualidade de vida.

Dentre estas encontramos um álcool de ervas para aliviar as dores articulares. Aplicado de forma externa, alivia a inflamação, melhora a circulação e reduz os incômodos.

Confira!

Álcool de ervas para aliviar as dores articulares

Pessoa com dores articulares nas mãos

O álcool de ervas é um produto natural de uso tópico que aproveita os extratos anti-inflamatórios de algumas plantas para nos oferecer uma solução alternativa contra as dores que afetam as articulações. Isto é afirmado neste estudo da ‘Universidad de Medicina China’.

 

É uma fórmula suave que oferece nutrientes essenciais para estimular a passagem do sangue nas regiões doloridas e, deste modo, diminuir os sintomas que surgem.

  • Sua aplicação através de massagens ajuda a tonificar os capilares sanguíneos, evitando transtornos da circulação ou edemas.
  • Tem efeitos emolientes que controlam o inchaço, favorecendo o movimento da articulação rígida.
  • Estimula as funções do sistema linfático, otimizando a eliminação das toxinas que costumam causar desequilíbrios inflamatórios.
  • Atua de forma positiva diante de transtornos como a flebite, as varizes e a trombose.
  • Relaxa os músculos rígidos e ajuda a melhorar o processo de oxigenação celular para acelerar a recuperação das articulações lesionadas ou inflamadas.
  • É um bom complemento para o alívio de problemas crônicos como a artrite e as doenças ósseas.
  • Seu uso relaxa as pernas cansadas e otimiza o fluxo sanguíneo na região inferior do corpo.

 Como preparar este álcool de ervas?

Como preparar um álcool de ervas para aliviar as dores articulares

A preparação deste álcool de ervas nos permite ter à mão um produto relaxante e analgésico para o tratamento das dores articulares.

Apesar de poder ser feito quando já existe a doença, o ideal é tê-lo preparado antes de seu surgimento para poder recorrer ao remédio tão rápido quanto os sintomas forem percebidos.

 
  • A vantagem deste produto é que costuma ser conservado em boas condições por muito tempo, e, graças a isso, pode ser mantido no armário de remédios .
  • O mais recomendável é usar ervas frescas para que desprendam a totalidade de seus extratos e nutrientes.
  • Estas podem ser adquiridas em lojas botânicas ou de produtos naturais.

Ingredientes

  • 1 litro de álcool de 96º
  • 1 ramo de alecrim. Essa planta também possui propriedades antimicrobianas conhecidas, de acordo com este estudo realizado pela Universidade Estadual Paulista (Brasil).
  • 1 ramo de arruda
  • 2 ramos de zimbro
  • 1 ramo de hortelã
  • 1 ramo de aloe vera que, segundo este estudo conduzido pelo Hospital Clínico Cirúrgico de Ensino Provincial »Amalia Simoni Argilagos» de Camagüey, Cuba, é cicatrizante.
  • 2 ramos de urtiga

Utensílios

  • Tábua de picar
  • Frasco de vidro com tampa

Preparo

  • Esterilize um recipiente de vidro com tampa. Para fazer isso, ferva-o em uma panela com água por 20 minutos.
  • Enquanto isso, pique as ervas bem fininhas.
  • Quando o frasco estiver limpo, seque-o bem e adicione as plantas picadas.
  • A seguir, coloque o litro de álcool assegure-se de que a mistura de plantas fique bem coberta.
  • Tampe o frasco e armazene-o em um lugar fresco e escuro por um período de 3 semanas.
  • No fim desse tempo, coe o álcool com uma peneira para se desfazer dos restos de plantas.

Modo de aplicação

Dor articular nos joelhos
 

  • Pegue um pouco de álcool com um pano e esfregue-o sobre as articulações doloridas.
  • Se quiser, aplique-o com as palmas das mãos para fazer uma massagem relaxante.
  • Use antes de deitar para que suas propriedades atuem enquanto descansa.
  • Repita seu uso cada vez que sentir dores no corpo.
  • Não se esqueça de que você pode usá-lo também em casos de torções e tendinite.

Preparar este remédio natural com ervas é muito fácil e tem muitos benefícios para o tratamento das dores.

Siga os passos indicados e mantenha-o disponível para aproveitar suas propriedades e aliviar as dores articulares.

Faça um pequeno teste antes de aplicá-lo, já que seus componentes poderiam causar reações indesejadas sobre peles sensíveis.

 
  • Wang, Q., Kuang, H., Su, Y., Sun, Y., Feng, J., Guo, R., & Chan, K. (2013). Naturally derived anti-inflammatory compounds from Chinese medicinal plants. Journal of Ethnopharmacology. https://doi.org/10.1016/j.jep.2012.12.013
  • Singh, A., Malhotra, S., & Subban, R. (2008). Anti-inflammatory and analgesic agents from Indian medicinal plants. International Journal of Integrative Biology. https://doi.org/10.3329/bjp.v1i2.486
  • Ribeiro-Santos, R., Carvalho-Costa, D., Cavaleiro, C., Costa, H. S., Albuquerque, T. G., Castilho, M. C., … Sanches-Silva, A. (2015). A novel insight on an ancient aromatic plant: The rosemary (Rosmarinus officinalis L.). Trends in Food Science and Technology. https://doi.org/10.1016/j.tifs.2015.07.015
  • Mejri, J., Abderrabba, M., & Mejri, M. (2010). Chemical composition of the essential oil of Ruta chalepensis L: Influence of drying, hydro-distillation duration and plant parts. Industrial Crops and Products. https://doi.org/10.1016/j.indcrop.2010.05.002
  • Tsai, M. L., Wu, C. T., Lin, T. F., Lin, W. C., Huang, Y. C., & Yang, C. H. (2013). Chemical composition and biological properties of essential oils of two mint species. Tropical Journal of Pharmaceutical Research. https://doi.org/10.4314/tjpr.v12i4.20