Fatiga escolar: ajude o seu filho a enfrentá-la!

· 22 de novembro de 2018
A fatiga escolar prejudica o desenvolvimento das crianças na escola, bem como a realização de suas atividades acadêmicas. Este problema inclui muitos fatores. Gera desmotivação e falta de vontade e cria inconvenientes para o aprendizado.

A fatiga escolar é um transtorno muito comum nas crianças. Consiste no esgotamento e cansaço que os alunos sentem devido às tarefas e matérias próprias da escola. A fatiga escolar tem diferentes causas, como o sono, o aborrecimento, o desgaste físico e o bullying, dentre outras.

Esta anomalia é muitas vezes responsável pelo fato de as crianças não terem um desempenho efetivo na escola. Impede que se concentrem, prestem atenção ou entendam sobre determinado tema. Ainda, a fatiga escolar pode estar vinculada a outros fenômenos como a depressão ou a ansiedade.

A fatiga escolar é um problema que está se estendendo a muitas famílias na atualidade. A dinâmica cotidiana e a vida diária podem ser muito exigentes. Se incluirmos a pressão que, às vezes, as crianças sentem na escola, poderiam-se desenvolver muitos transtornos infantis sérios.

Por que é importante enfrentar a fatiga escolar?

Mãe ajudando filha a enfrentar a fatiga escolar

A fatiga escolar poderia constituir um problema sério.

Uma criança fatigada é uma criança que não se desenvolverá de forma satisfatória na escola.

A frustração é outro sentimento que poderia afetar ao desempenho acadêmico de seu pequeno.

Em ocasiões, as razões da fatiga escolar não costumam estar relacionadas unicamente com a escola.

Os conflitos familiares também podem fazer com que a criança se sinta pouco estimulada diante do aprendizado e dos estudos.

Em muitos casos, as crianças transferem para a aula os problemas que seus pais têm em casa.

Leia também este artigo: Consequências de discutir em frente das crianças

O que fazer diante da fatiga escolar?

Há muitas medidas que você pode tomar para enfrentar à fatiga escolar. Todas com a clara finalidade de ajudar seu filho, contribuir com a sua formação e garantir uma aprendizagem ótima. No fim das contas, os estudos são seu passaporte para o sucesso na vida. Disso não se tem dúvidas.

Mais além disso, como pais, é vital sempre termos em conta que não pode evadir ou ignorar o problema. Deve se informar e se interessar pelas experiências que seu filho vive na escola. Pode ser um transtorno um tanto difícil de identificar a princípio. Porém, se você acredita que seu filho está passando por um episódio de fatiga escolar, te ensinamos aqui como ajuda-lo a enfrentar esta condição:

Procure um repouso para seu filho

O repouso é parte importante no desenvolvimento de seu filho e em sua etapa escolar. As horas de descanso e sono que seu filho tem serão determinantes para seu desempenho na escola. Não dormir bem, por exemplo, é prejudicial para o aprendizado, a concentração e o bom desenvolvimento de seu pequeno na escola.

Os especialistas recomendam que as crianças em idade escolar durmam pelo menos entre 8 e 10 horas por dia. Então faça com que seu filho descanse entre as diferentes atividades que realiza durante o dia. Descansar é muito importante para todo ser humano.

De fato, um descanso ótimo será muito positivo para o rendimento acadêmico do seu pequeno. E é um paliativo vital contra a fatiga escolar. Pelo contrário, uma criança cansada não renderá em nenhuma atividade e pode desenvolver transtornos do sono ou insônia.

Estimule seu aprendizado de forma saudável

O aprendizado efetivo é sumamente importante para seu pequeno. Porém, você deve estimulá-lo de forma saudável e não sobrecarregar a criança com conhecimentos ou tarefas. Também não transforme seu processo de ensino em algo traumático para ela. Procure fazer com que aprenda de acordo com a sua idade.

Ao mesmo tempo, se certifique de que os saberes que o ensinam na escola vão na direção correta. Seu filho não tem porque se sentir frustrado ou mal se não entende alguma coisa de cara.

Da mesma forma, para seu filho a aprendizagem não deve ser um processo cansativo. Os métodos de ensino e a pedagogia usada pelos professores também devem ser ótimos. Por sua vez, o reforço positivo também será chave em sua educação.

Vele por sua saúde e cuidado

mãe vela pelo cuidado da filha

Os processos de aprendizagem de seu filho devem se apoiar em sua boa saúde e cuidado. De tal modo que é indispensável que cuide de aspectos muito relevantes, como sua alimentação e higiene. Visite ao médico sempre que tiverem oportunidade. Se assegure de que a fatiga escolar não está vinculada a algum problema de saúde de seu filho.

Se o pequeno não estiver saudável ou apresentar alguma doença, o ideal é que tente reverter a situação. Também pode acontecer de o ritmo escolar estar adoecendo seu filho. Neste caso, haja rápido e tenha em conta que sua boa saúde é sua melhor qualificação.

Descubra: Meu filho tem medo de ficar sozinho

Motive-o a seguir em frente

A motivação e os estímulos são muito úteis para enfrentar a fatiga escolar que seu filho pode sofrer. A criança deve sentir que você a apoia e respalda em sua passagem pela escola. Tente motivá-lo para que aprenda tudo que for possível e inculque-o a relevância que o conhecimento e o estudo possuem para o seu futuro.

O premie quando sentir que está fazendo as coisas muito bem na escola. Ou, melhor ainda, quando concluir alguma tarefa passada pelo professor. Definitivamente, trate de fazer com que seu filho sinta que até você está interessado em que continue com seu preparo escolar.

Comunique-se com os professores

Quem melhor do que o professor para te colocar a par do que acontece com seu filho na escola? Uma boa comunicação com os professores de seu pequeno será a chave para entender seu desempenho na escola.

Isto é crucial para conhecer e encontrar a solução para qualquer problema que seu filho esteja enfrentando dentro da sala de aula. Ao mesmo tempo, te sugerimos ter uma excelente comunicação com seu filho. Procure estar em contato com ele, intercambiar e discutir ideias sobe seus sentimentos e preocupações e, principalmente, sobre o seu dia a dia na escola.

Conclusões

A fatiga escolar constitui um transtorno que pode causar alguns problemas a seu filho. A aprendizagem e o ensino de seu pequeno poderiam encontrar obstáculos. Por isso, procure fazer com que seu filho se sinta bem dentro de seu entorno acadêmico, que tenha o descanso necessário e que sua saúde esteja em ótimas condições.

Ainda, é fundamental que motivem a criança a seguir adiante em todo momento. Não importa se suas qualificações não são as melhores: você pode incentivá-lo a melhorar todos os dias. Você pode conseguir que se esforce de forma saudável e faça de sua passagem pela escola uma experiência positiva. Em resumo, ele tem capacidade. E ela é maior do que todos pensam.

Finalmente, você deve se envolver com a escola de seu filho. Conheça e interaja com seus professores. Se aproxime de seus companheiros e amigos. Também deve se assegurar de que nesse espaço seu filho não seja vítima de outros problemas, como o bullying.

Outra recomendação importante é que trate, na medida do possível, de fazer com que sua casa seja um ambiente harmônico e de não enfia seu filho nos conflitos com seu parceiro (a), caso vocês os tenham.