Diga adeus para as espinhas e a acne com esta máscara de aveia e leite

23 de novembro de 2019
Precisamos de mais do que uma máscara de aveia e leite para remover acne e espinhas. No entanto, sua aplicação regular pode contribuir para melhorar a aparência da pele. Você quer experimentar em casa?

Os cravos e as espinhas são problemas cutâneos muito comuns, principalmente em adolescentes de todo o mundo. Também afeta os adultos, mas em menor medida. No entanto, alguns produtor naturais podem ajudar, como é o caso da máscara de aveia e leite. Esses problemas ocorrem quando os poros da pele ficam obstruídos.

Isso ocorre devido à produção excessiva de gordura, mas também devido ao acúmulo de impurezas presentes no ambiente ao qual estamos expostos. Além disso, também podem ser causados ​​por distúrbios hormonais, bactérias, estresse, entre outros fatores.

Atualmente, muitos produtos foram desenvolvidos com o objetivo de reduzir ou eliminar esse problema de pele. No entanto, como pode ter origens diferentes, é melhor consultar o dermatologista primeiro para determinar sua causa.

A partir disso, o profissional pode ajudar a escolher um tratamento adequado, de acordo com o caso. Também pode sugerir mudanças no estilo de vida e alguns cuidados básicos. Como complemento, você pode experimentar algumas máscaras caseiras que parecem ter um efeito positivo.

Portanto, queremos compartilhar em detalhes uma máscara de aveia e leite que pode ser aplicada regularmente, a fim de reduzir a presença de espinhas e acne. Você quer experimentar?

Leia também: Como fechar os poros do rosto de forma natural

Máscara de aveia e leite para combater as espinhas e a acne

Máscaras feitas com ingredientes naturais fazem parte da rotina de beleza de muitas mulheres no mundo todo. Embora não possuam evidências científicas, os indícios sugerem que eles podem ser benéficas contra os sintomas de alguns problemas dermatológicos comuns, como as espinhas e a acne.

Obviamente, não substituem os tratamentos recomendados pelo dermatologista. Além disso, seus efeitos não são alcançados instantaneamente. É necessário usá-las regularmente para obter benefícios contra esses tipos de problemas. Para deixar isso claro, detalhamos os benefícios da aveia e do leite para a pele.

Benefícios da aveia

A aveia é um dos ingredientes da máscara de aveia e leite para combater as espinhas

A aveia é um dos cereais mais completos que a natureza nos oferece. É rica em vitaminas, minerais, fibras e outros importantes compostos. Todos podem ser aproveitados não apenas do ponto de vista nutricional, mas também têm aplicação tópica ou externa. Isso significa: sobre a pele.

Inclusive, atualmente, tem sido utilizada em produtos comerciais para melhorar a aparência da pele. E, conforme detalhado em uma avaliação publicada em Indian Journal of Dermatology, Venereology and Leprology, suas propriedades antioxidantes e anti-inflamatórias são úteis para:

  • Combater o prurido.
  • Tratar a dermatite atópica.
  • Reduzir erupções acneiformes.
  • Combater as infecções virais.
  • Proteger a pele contra raios ultravioletas.

Entre outras coisas, a textura da aveia ajuda a liberar células mortas e as impurezas da pele. Portanto, usada externamente pode ajudar a reduzir essas espinhas ou acne.

Benefícios do leite contra as espinhas e a acne

O leite é um dos ingredientes da máscara de aveia e leite para combater as espinhas

O ácido lático do leite e suas gorduras naturais foram aproveitados ao longo da história no tratamento de diferentes problemas cutâneos. Dessa forma, foram utilizados para o tratamento de queimaduras e da acne.

Como a aveia, o leite é ingrediente de muitos dos produtos de beleza vendidos hoje em dia. Seus nutrientes são usados para cuidar de diferentes tipos de pele.

  • Contém vitamina A, um ingrediente essencial para nutrir e reparar os tecidos da pele.
  • Como afirmado em um recente estudo publicado em International Journal of Dermatology, o ácido lático atua como um elemento hidratante, ideal para umectar a pele e devolver sua maciez, especialmente em caso de pele sensível.
  • Combinado com outras substâncias, funciona como um intensificador de ação esfoliante. Isso facilita a remoção de células mortas e outros resíduos que, quando acumulados na pele, causam acne.

Nota: é importante não usar no verão, pois o ácido lático diminui as defesas da pele diante dos raios ultravioleta.

Leia também: Bolo de banana nutritivo sem farinha e laticínios

Como preparar esta máscara de aveia e leite?

Ingredientes

  • ½ xícara de leite (125ml)
  • 2 colheres de sopa de aveia (20g)

Preparo e aplicação

  • Comece misturando a aveia com o leite até obter uma pasta mais ou menos espessa.
  • Depois, lave o rosto com sabonete e muita água.
  • Aplique a máscara, tomando cuidado com o contorno dos olhos.
  • Depois de espalhá-la por toda a pele, deixe agir por no mínimo 15 minutos.
  • Retire com água fria.
  • Repita o tratamento 2 vezes por semana. Os resultados não são imediatos e é preciso ter constância para obtê-los em pouco tempo.

Em resumo

O tratamento de problemas dermatológicos, como espinhas e acne, deve ser acompanhada de um dermatologista devido aos muitos fatores que podem causar esses problemas. No entanto, como complemento aos tratamentos sugeridos pelo profissional, você pode experimentar algumas máscaras naturais, como essa feita com aveia e leite.

  • Pazyar, N., Yaghoobi, R., Kazerouni, A., & Feily, A. (2012, March). Oatmeal in dermatology: A brief review. Indian Journal of Dermatology, Venereology and Leprology. https://doi.org/10.4103/0378-6323.93629
  • Smith, W. P. (1996). Epidermal and dermal effects of topical lactic acid. Journal of the American Academy of Dermatology35(3 PART I), 388–391. https://doi.org/10.1016/s0190-9622(96)90602-7
  • McGrath, J.A.; Eady, R.A., and Pope, F.M. (2004). Rook’s Textbook of Dermatology (7th ed.). London: Blackwell Publishing, pp. 3.1-3.6.
  • Algiert-Zielińska, B., Mucha, P., & Rotsztejn, H. (2019). Lactic and lactobionic acids as typically moisturizing compounds. International Journal of Dermatology58(3), 374–379. https://doi.org/10.1111/ijd.14202