9 sinais que indicam um baixo nível de serotonina em seu corpo

Baixos níveis de serotonina podem causar alterações na saúde mental, como tristeza, depressão, irritabilidade, problemas de sono e agressividade.
9 sinais que indicam um baixo nível de serotonina em seu corpo

Última atualização: 16 Novembro, 2020

Nem sempre o fato de sentir algum mal-estar ou ter um problema de saúde se deve a uma doença ou condição específica. Às vezes, a causa pode ser um baixo nível de serotonina.

Isso acontece porque, em muitos casos, os níveis de alguns hormônios e neurotransmissores (como a serotonina) são responsáveis pelo desconforto que sentimos.

A seguir, vamos apresentar alguns sinais de que você pode estar com um nível baixo de serotonina.

A serotonina é uma substância que atua como um neurotransmissor e desempenha certas funções, como:

  • Mantém a qualidade do sono.
  • Regula os níveis de cálcio nos ossos.
  • Ajuda na formação de coágulos sanguíneos.
  • Ajusta os níveis de libido e as funções sexuais.
  • Regula as funções e os movimentos gastrointestinais.
  • Regula a intensidade dos sinais emitidos pelos neurônios.
  • Estimula o centro do vômito no cérebro, causando náuseas em caso de ingestão de algo tóxico ou irritativo.

Indícios de um baixo nível de serotonina

Como a serotonina está envolvida em uma grande variedade de processos dentro do corpo humano, podem aparecer muitos sintomas quando apresentamos uma deficiência desse neurotransmissor.

1. Sentimentos de ansiedade

Geralmente, as pessoas que têm baixos níveis de serotonina no corpo sofrem de ansiedade que, em muitos casos, pode ser acompanhada pela depressão. Ao mesmo tempo, um baixo nível de serotonina também pode envolver um transtorno de:

  • Pânico.
  • Ansiedade generalizada.
  • Obsessivo compulsivo (TOC).

No entanto, eles podem ser aliviados ou desaparecerem quando são utilizados medicamentos com serotonina.

2. Problemas digestivos

95% desse hormônio é produzido no intestino. É por isso que o déficit de serotonina afeta diretamente os processos gastrointestinais, até o ponto de desenvolver uma síndrome do intestino irritável. No entanto, ao aumentar os níveis desse hormônio, essa condição retorna ao normal.

3. Hipersensibilidade emocional

Como sabemos, esse hormônio está diretamente associado à estabilidade emocional das pessoas, de modo que um nível baixo de serotonina pode causar maior sensibilidade do que o habitual. Isso pode chegar ao ponto de fazer qualquer comentário parecer pior do que realmente é.

4. A serotonina e os carboidratos

Carboidratos refinados

Se uma pessoa tem um nível baixo de serotonina, é normal que seu corpo tente compensar ingerindo carboidratos e doces. Esse tipo de alimento aumenta automaticamente os níveis de serotonina no cérebro.

Por essa razão, você sente muita satisfação quando come alimentos cheios de açúcar, pois os níveis de serotonina aumentam significativamente.

5. Fadiga

Quando os níveis de serotonina estão mais baixos do que deveriam, isso começa a afetar as atividades diárias e causa muita fadiga. Nesse caso, é comum que as pessoas tenham sensação de:

  • Apatia.
  • Letargia.
  • Cansaço.
  • Falta de energia.
  • Falta de motivação.

6. Libido

Níveis muito altos ou muito baixos podem afetar diretamente a libido, mais conhecida como o desejo sexual. Isso ocorre porque o corpo humano se sente naturalmente atraído pela emoção, pelo desejo e pela excitação.

Quando você diminui ou acrescenta excessivamente um hormônio tão importante para completar esses processos, como a serotonina, tudo é afetado.

7. Dificuldade para dormir bem

A falta desse hormônio pode causar muitos problemas na hora de dormir, tais como:

  • Insônia.
  • Pesadelos constantes.
  • Incapacidade de relaxar.
  • Problemas para pegar no sono.
  • Dificuldades para conseguir ter um sono profundo.
  • Problemas para permanecer dormindo durante a noite.

Isso ocorre porque a serotonina faz parte do processo do relógio biológico das pessoas, o mesmo que é responsável por fazer nosso corpo descansar à noite.

8. Sensibilidade ao ruído

Homem com sensibilidade aos ruídos

Para uma pessoa que sofre de baixos níveis de serotonina, é muito comum se sentir extremamente incomodada ou sensível em relação aos sons. Isso ocorre porque o estresse nessa pessoa está tão alto que mesmo os sons mais suaves parecem muito exagerados.

9. Mudanças de humor constantes

Quando se tem um baixo nível de serotonina, também é comum sofrer mudanças de humor constantes. Isso está diretamente associado ao fato de que a serotonina é responsável por manter nossos níveis de humor estáveis.

Por essa razão, é normal ver como uma pessoa apresenta mudanças severas em seu humor em um curto período de tempo, tais como:

Normalmente, nenhum desses sintomas é permanente. Quando a serotonina no corpo é reposta, seja por medicação ou naturalmente, tudo volta ao normal.

Níveis baixos de serotonina?

Se o seu médico disse que você está com os níveis de serotonina baixos e também apresenta vários dos sintomas acima mencionados, é importante tomar as medidas necessárias para se sentir melhor dia após dia.

Considere pedir a um psicólogo ajuda profissional para aprender a gerenciar melhor o estresse, a ansiedade e, em geral, os pensamentos e as emoções negativas. Lembre-se: sua saúde mental dependerá em grande parte de quanto você decidir investir nela. Não a deixe por último!

Pode interessar a você...
6 alimentos que ajudam a aumentar a serotonina
Melhor Com Saúde
Leia em Melhor Com Saúde
6 alimentos que ajudam a aumentar a serotonina

Existe uma ampla variedade de alimentos que ajudam a aumentar a serotonina e promover o bem-estar emocional. Conheça seis deles neste artigo!



  • Bamalan OA, Al Khalili Y. Physiology, Serotonin. [Updated 2021 Mar 25]. In: StatPearls [Internet]. Treasure Island (FL): StatPearls Publishing; 2021 Jan-. Available from: https://www.ncbi.nlm.nih.gov/books/NBK545168/
  • Berger M, Gray JA, Roth BL. The expanded biology of serotonin. Annu Rev Med. 2009;60:355-366. doi:10.1146/annurev.med.60.042307.110802
  • Albert PR, Benkelfat C. The neurobiology of depression–revisiting the serotonin hypothesis. II. Genetic, epigenetic and clinical studies. Philos Trans R Soc Lond B Biol Sci. 2013;368(1615):20120535. Published 2013 Feb 25. doi:10.1098/rstb.2012.0535
  • Crockett, M. J., Clark, L., Tabibnia, G., Lieberman, M. D., & Robbins, T. W. (2008). Serotonin modulates behavioral reactions to unfairness. Science. https://doi.org/10.1126/science.1155577
  • Lucki, I. (1998). The spectrum of behaviors influenced by serotonin. Biological Psychiatry. https://doi.org/10.1016/S0006-3223(98)00139-5
  • Cowen PJ, Browning M. What has serotonin to do with depression?. World Psychiatry. 2015;14(2):158-160. doi:10.1002/wps.20229
  • Reimold M, Batra A, Knobel A, Smolka MN, Zimmer A, Mann K, Solbach C, Reischl G, Schwärzler F, Gründer G, Machulla HJ, Bares R, Heinz A. Anxiety is associated with reduced central serotonin transporter availability in unmedicated patients with unipolar major depression: a [11C]DASB PET study. Mol Psychiatry. 2008 Jun;13(6):606-13, 557. doi: 10.1038/sj.mp.4002149. Epub 2008 Feb 12. PMID: 18268503.
  • Ma N, Tan LW, Wang Q, Li ZX, Li LJ. Lower levels of whole blood serotonin in obsessive-compulsive disorder and in schizophrenia with obsessive-compulsive symptoms. Psychiatry Res. 2007 Feb 28;150(1):61-9. doi: 10.1016/j.psychres.2005.10.005. Epub 2007 Feb 7. PMID: 17291595.
  • Monti, J. M. (2011). Serotonin control of sleep-wake behavior. Sleep Medicine Reviews. https://doi.org/10.1016/j.smrv.2010.11.003
  • Vahora IS, Tsouklidis N, Kumar R, Soni R, Khan S. How Serotonin Level Fluctuation Affects the Effectiveness of Treatment in Irritable Bowel Syndrome [published correction appears in Cureus. 2020 Sep 1;12(9):c36]. Cureus. 2020;12(8):e9871. Published 2020 Aug 19. doi:10.7759/cureus.9871
  • Švob Štrac D, Pivac N, Mück-Šeler D. The serotonergic system and cognitive function. Transl Neurosci. 2016;7(1):35-49. Published 2016 May 9. doi:10.1515/tnsci-2016-0007
  • Inam QU, Ikram H, Shireen E, Haleem DJ. Effects of sugar rich diet on brain serotonin, hyperphagia and anxiety in animal model of both genders. Pak J Pharm Sci. 2016 May;29(3):757-63. PMID: 27166525.
  • Graf H, Malejko K, Metzger CD, Walter M, Grön G, Abler B. Serotonergic, Dopaminergic, and Noradrenergic Modulation of Erotic Stimulus Processing in the Male Human Brain. J Clin Med. 2019;8(3):363. Published 2019 Mar 14. doi:10.3390/jcm8030363
  • Ursin R. Serotonin and sleep. Sleep Med Rev. 2002 Feb;6(1):55-69. doi: 10.1053/smrv.2001.0174. PMID: 12531142.
  • Marmot M. Self esteem and health. BMJ. 2003;327(7415):574-575. doi:10.1136/bmj.327.7415.574
  • Wolfe F, Russell IJ, Vipraio G, Ross K, Anderson J. Serotonin levels, pain threshold, and fibromyalgia symptoms in the general population. J Rheumatol. 1997 Mar;24(3):555-9. PMID: 9058665.