9 dicas para cuidar de plantas de interior

· 24 de maio de 2019
Existem muitas condições necessárias para cuidar de nossas plantas de interior. O risco de más práticas é evidente: a planta começará a perder a cor e acabará murchando e morrendo. O que fazer para evitar isso?

As plantas de interior exigem um cuidado especial. O tipo de planta, luz, irrigação, temperatura, todos são fatores a serem considerados. Se esses fatores não forem adequados, as plantas de interior definham, caem e morrem.

Confira ademais: 5 maneiras criativas de ter plantas em casa

Dicas básicas para cuidar das plantas de interior

Estas são boas dicas para se ter em mente:

  • A escolha da planta é fundamental. Existem espécies de plantas de interior que precisam de ambientes e cuidados muito específicos, enquanto outras sobrevivem com o mínimo de atenção.

Ao comprar plantas, é importante descobrir quais condições ambientais elas precisam. A seguir, vamos avaliar se o ambiente em que ela será colocada é apropriado.

  • Todas as plantas precisam de luz. Plantas de interior com folhas escuras e samambaias são as que precisam de menos luz. Se elas não tiverem luz suficiente, elas imediatamente vão manifestar essa falta. As folhas ficam amarelas e os caules se alongam anormalmente, a planta fica estressada e perde a vitalidade.

Por todas essas razões, é necessário observar como a planta reage no espaço em que estava localizada. Se não receber luz suficiente, deverá ser movida.

  • A temperatura certa é uma condição importante para as plantas de interior. As mudanças repentinas às quais são submetidas devido ao condicionamento térmico podem danificá-las. Elas também não resistem à proximidade de fontes de calor ou frio.
  • A rega é uma questão de cuidado. Uma das razões mais frequentes pelas quais as plantas de interior murcham é devido ao excesso de água. A terra é o seu melhor guia. Ela deve estar molhada, mas não encharcada ou com lama.

O condicionamento térmico do ambiente impacta na necessidade de água das plantas. O ar seca mais que o normal e, portanto, a planta exigirá mais umidade. Nestes casos, é aconselhável umedecer as folhas periodicamente com um spray de água muito fino. Espalhar uma fina camada de água na planta proporcionará bem-estar.

Não deixe de ler: Aprenda a decorar seus vasos de plantas

Hidratação da planta

Dicas básicas para cuidar das plantas de interior

  • Primeiramente, você pode hidratar a planta a partir de baixo. Para isso, basta mergulhar a panela em água por alguns minutos. Desta forma, absorverá a quantidade necessária.
  • Além disso, manter as folhas limpas ajuda na saúde da planta. As folhas das plantas de interior ficam sujas e a poeira as deixam opacas. Para limpá-las, sugerimos esfregá-las com um pano umedecido com algumas gotas de glicerina. A glicerina impede a aderência do pó às folhas. Além disso, elas ficarão brilhantes.
  • Sem dúvida alguma, os vasos ideais para plantas de interior são os de barro. Eles são permeáveis ​​e favorecem o crescimento. No entanto, os de plásticos também podem ser usados.
  • Finalmente, quando o prato colocado sob o vaso tiver água, é necessário removê-la. É a água excedente e, portanto, a planta não precisa mais dela. Um bom conselho é encher estes pratos com pedras ou cascalho para evitar que o fundo do vaso fique em contato com a água residual.

Transplante das plantas de interior

  • Os transplantes e enxertos devem acompanhar o crescimento das plantas. Não é conveniente que as raízes fiquem muito apertadas e se enrolem no vaso, pois ficam sem ar.
  • O transplante é o momento ideal para renovar e afinar a terra. Existem plantas que exigem terra com características especiais, por isso é bom se familiarizar com essas condições.
  • O composto é um alimento indispensável para as plantas, principalmente quando elas passam muito tempo na mesma terra. O substrato fica empobrecido, as reservas são esgotadas e a planta ainda precisa de nutrientes. Em tempos de crescimento e floração, as plantas necessitam de mais alimento.
  • Atenção aos fungos e pragas. As plantas de interior também ficam doentes com a presença de pragas. É necessário prestar atenção a manchas nas folhas ou à presença de sinais estranhos. Nestes casos, os técnicos devem ser consultados para controlar o problema.

Em conclusão, as plantas contribuem para a decoração dos ambientes, mas também cumprem uma função muito valiosa para a oxigenação e hidratação do local. Certamente, com estas precauções, será possível mantê-las em condições ideais.

  • Hernando Perez Rojas, Martin de Paul Cortes. 2007. SIMULACION Y CONTROL DE LA TEMPERATURA DENTRO DE UN INVERNADERO. Extraído de: http://repository.lasalle.edu.co/bitstream/handle/10185/16656/T44.07%20P415s.pdf?sequence=1&isAllowed=
  • Aula virtual. agro. FUNDAMENTOS Y TÉCNICAS DE INJERTACIÓN. Extraído de: http://aulavirtual.agro.unlp.edu.ar/file.php/23/CURSADA/TP-S3-Guia_injertos.pdf