7 dicas para gastar menos eletricidade

Existem práticas que podem nos ajudar a reduzir significativamente o consumo de energia e, portanto, o valor de nossa conta de eletricidade. Além disso, contribuiremos para a preservação do meio ambiente.
7 dicas para gastar menos eletricidade

Última atualização: 15 Junho, 2021

Seja por razões de orçamento, por fazer uso consciente dos recursos ou para salvar o planeta, neste artigo apresentaremos algumas recomendações que te ajudarão a gastar menos na eletricidade.

E é com algumas mudanças em alguns hábitos que a redução na conta pode ser considerável.

Comece a economizar eletricidade com as dicas a seguir. Anote!

Dicas para gastar menos eletricidade

Se sua conta de eletricidade chegou e o consumo foi maior do que você esperava, preste atenção nas dicas a seguir.

Para gastar menos com eletricidade, basta levar em conta certas práticas e adotar certos hábitos.

1. Contratar um especialista

Contrate um bom eletricista para gastar menos eletricidade

Embora uma quantia considerável deva ser gasta com antecedência, é um investimento de longo prazo.

Um profissional pode indicar se há vazamentos de ar nas janelas, se os aquecedores ou aparelhos elétricos funcionam corretamente ou se algum dispositivo está gastando mais energia do que o habitual. Assim, você pode fazer as alterações apropriadas.

Leia este artigo: Filosofia orientar para economizar dinheiro em casa

2. Comprar eletrodomésticos eficientes

Investir em eletrodomésticos modernos que economizam eletricidade também é uma estratégia de longo prazo. Embora o aparelho possa ser mais caro no momento da compra, ele ajudará a diminuir sua conta de luz posteriormente.

Preste atenção ao rótulo da eficiência energética dos eletrodomésticos. A escala de eficiência energética inclui categorias que variam da letra A, a mais eficiente, até a letra G, a menos eficiente.

3. Isolar suas portas e suas janelas

Aprovei a luz natural que entra pela janela para gastar menos eletricidade

É importante que as portas e janelas estejam bem isoladas para evitar a perda de calor ou frio. Silicone, um pouco de massa e algumas tiras acolchoadas com cola podem ser suficientes para isolar sua casa. Não são os únicos métodos para fazer isso, mas são os mais práticos.

Você também pode colocar cortinas ou tapetes que ajudem a isolar termicamente sua casa. Escolha também o horário mais adequado para ventilar a casa.

4. Use corretamente os dispositivos que você tem em casa

A grande maioria das despesas mensais de eletricidade provém de eletrodomésticos. Por isso, você pode gastar menos eletricidade usando-os de forma mais eficiente.

Certifique-se de que as portas da geladeira e do freezer estejam fechadas e preste atenção ao acúmulo de gelo. No caso da máquina de lavar roupas, utilize programas curtos com água fria ou espere até ter roupa suficiente para enchê-la, o mesmo com a máquina de lavar louça.

Ao passar roupas, não coloque o ferro ao máximo e desconecte-o assim que terminar de usá-lo. Quanto ao forno, ao ligá-lo aproveite para preparar várias refeições ao mesmo tempo.

O “modo standby” da televisão, equipamentos de áudio ou computadores também representam um grande gasto energético, pois continuam consumindo energia elétrica mesmo quando não são utilizados.

Por isso, a melhor coisa a fazer quando terminar de usá-los é pressionar o conhecido “botão vermelho”. Você não precisa desconectá-los.

5. Compre lâmpadas de baixo consumo de energia

Coloque lámpadas de baixo consumo para gastar menos eletricidade

Para gastar menos com eletricidade, recomendamos que você compre lâmpadas de baixo consumo ou lâmpadas de LED. São um pouco mais caras, mas o desempenho é superior e têm vida útil de mais de 10.000 horas, além de não emitirem calor.

Além do tipo de lâmpada que você tem em casa, é recomendável desligar as que não estiver usando. Sempre que você sair de uma sala e ela estiver vazia, apague a luz. Abra janelas e cortinas para aproveitar ao máximo a luz solar.

Aprenda: 8 dicas para ter uma casa mais sustentável e ecológica

6. Tome banhos rápidos

Por mais agradável e relaxante que seja, um longo banho com água quente pode aumentar significativamente sua conta de luz. Portanto, quando tomar banho com água quente, é melhor não demorar mais de 7 minutos.

Além disso, diminua a temperatura do aquecedor de água. Embora a média padrão seja 60 °C, defina-a para 40 °C. Regule a água quente com água fria e verá como economizará dinheiro em eletricidade.

7. Não ligue o ar condicionado sem estar em casa

Manter sua casa na temperatura ideal é muito bom, mas deixar o aquecedor ou o ar condicionado ligados pode aumentar muito sua conta de luz.

Portanto, ligue esses dispositivos apenas quando chegar em casa. Aproveite as novas tecnologias. Você pode usar aplicativos móveis para ligar os aparelhos na hora certa ou programá-los para funcionar apenas o tempo necessário.

Lembre-se de que a melhor maneira de começar a economizar nos gastos com eletricidade é usar de maneira inteligente. Se você realizar essas mudanças gratuitamente em casa, poderá economizar uma quantia significativa por ano.