Filosofia oriental para economizar dinheiro em casa

12 de dezembro de 2017
A filosofia oriental nos demonstra um excelente método para economizar dinheiro em casa. Tudo depende de uma forma adequada de administração.

Parece que o nosso dinheiro nunca dá para nada. Chegar ao fim do mês às vezes se transforma em uma odisseia. Há centenas de coisas com as quais gastar e as notas vão embora em um abrir e fechar de olhos. Porém, existem vários métodos para economizar dinheiro em casa e, assim, conseguir fazer com que o dinheiro sobre no fim do mês.

A chave está no método. Nunca sabemos onde o dinheiro vai parar porque simplesmente não acompanhamos detalhadamente nossos gastos. E não fazemos isso, simplesmente, porque não administramos nossas finanças da forma adequada. É preciso ver o que poderia chegar a render se o método correto fosse aplicado.

Economizar dinheiro em casa é fundamental para manter as finanças saudáveis. Não é preciso ganhar grandes quantias para poder viver com uma certa folga. O que se requer é vontade, dedicação e paciência. Aqui apresentamos algumas chaves que a filosofia oriental nos oferece para cuidar de nosso dinheiro. Confira!

O kabeko, um excelente método para economizar dinheiro em casa

Organização para economizar dinheiro

O Kabeko é um método japonês criado em 1904. Tem mais de um século e ainda continua sendo aplicado em todo o mundo. Foi uma técnica idealizada por Motoko Hani. Seu objetivo era economizar dinheiro em casa por meio de um rigoroso controle de gastos. De quebra, contribui para uma avaliação pessoal sobre nossa forma de gastar.

O Kabeko é um simples caderno de registros. Funciona de uma forma muito simples. No começo do mês são anotadas as entradas e os gastos fixos. Essa é a quantidade de dinheiro que entra, independentemente de qualquer coisa. E a quantidade de dinheiro que vai sair sem dúvida alguma. Ao determinar essas quantidades sabe-se quanto é possível destinar aos outros gastos, se é que é possível.

Com base nisso, a ideia é fixar uma meta de economia. Esta se aplica tanto aos gastos fixos quanto ao excedente, se houver. Também deve-se pensar de onde será feita a economia. Essa é só a primeira parte do método.

A segunda parte consiste em anotar todos os gastos que são feitos. Um a um, cada vez que forem feitos. No final de cada semana deve-se revisar o registro e avaliar no que o dinheiro foi gasto. Isso dá pistas sobre a forma de gastar e permite encontrar as chaves para economizar dinheiro em casa.

O desafio das 52 semanas

Desafio para conseguir economizar dinheiro

É um método muito antigo para economizar dinheiro em casa, mas, ultimamente, se tornou muito popular. O mais importante é ter a vontade de cumprir o desafio, manter a constância e ser paciente. Os resultados podem ser extraordinários.

Deve-se economizar durante 52 semanas, todos os dias. A primeira semana só exige economizar 1 real por dia. Na segunda semana serão 2, e assim sucessivamente até completar o tempo assinalado. Como no fim as contas podem ser impossíveis para algumas pessoas, pode-se fixar um teto de 200 reais por mês como máximo.

O desafio das 52 semanas também pode ser feito de forma inversa. Isso quer dizer que se começa com uma economia de 52 reais e depois essa soma vai decrescendo. Às vezes é mais fácil fazer assim, pois sempre há mais motivação do começo.

Outras dicas para economizar dinheiro em casa

Cofrinho para economizar dinheiro

O orientais têm uma filosofia que está mais concentrada na renúncia do que no acúmulo. Por isso, conseguiram criar estilos de vida austeros que lhes permitem ter um maior controle sobre o dinheiro. Representantes do Zen deram conselhos para economizar em casa. Estes são alguns deles:

  • Visitar bibliotecas com mais frequência. Não se gasta um centavo e é um bom ambiente para aprender.
  • Substituir o carro pelo transporte público ou, idealmente, a bicicleta ou a caminhada.
  • Levar comida de casa para o trabalho. Comer fora gera grandes gastos.
  • Diminuir o consumo de cigarro e álcool. Não só se permite economizar dinheiro em casa, mas também ajuda a ter uma saúde melhor.
  • Beber água. Substituir refrigerantes ou outras bebidas. Isso é bom para o organismo e evita gastos desnecessários.
  • Fazer os consertos que sua casa precisa por si mesmo. Não é necessário pagar para fazer acertos menores se você se empenhar para isso.
  • Economizar energia. Há muitas maneiras de economizar eletricidade, gás, gasolina, etc. Só se deve usar o bom senso.
  • Consumir produtos naturais. São mais baratos do que os congelados, têm melhor sabor e custam menos.
Recomendados para você