7 dicas muito efetivas para moldar o corpo de maneira natural

· 22 de janeiro de 2019
Para moldar o corpo, é fundamental combinar uma dieta equilibrada com exercício físico. Assim, conseguiremos um corpo tonificado e saudável, além de melhorar nossa postura e autoestima.

O que entendemos por moldar o corpo? Conseguir um corpo esbelto, porém com curvas, forte e saudável, com uma forma bonita, arredondada e tonificada. Para consegui-lo, deveremos agir de dentro para fora.

Descubra neste artigo as 7 dicas mais efetivas para moldar o corpo de maneira natural e melhorar a silhueta de uma vez por todas.

Moldar o corpo não é perder peso

moldar o corpo

Temos a ideia errada de que ter um bom corpo significa perder peso.

Contudo, existe uma tendência crescente a moldar o corpo de uma maneira mais saudável, com o objetivo de ter uma silhueta com curvas que transmitam saúde e energia.

Procura-se corpos femininos com formas, que não tendam a ser excessivamente magros mas também não apresentem sobrepeso, fruto de uma alimentação equilibrada e exercício físico constante.

Veja também: 25 alimentos para emagrecer sem perder energia

A silhueta perfeita

A silhueta perfeita é diferente em cada pessoa, já que depende da própria constituição. Trata-se de alcançar a melhor versão de nós mesmos.

Nestas dicas oferecemos conselhos para conseguir um corpo bonito, arredondado e tonificado, para transformar a gordura em músculo e ao mesmo tempo nos sentirmos fortes e leves.

1. Aprender a comer

moldar o corpo

Aprender a comer não significa reduzir as calorias ou gorduras. Devemos seguir alguns conselhos inteligentes que farão efeito em nossa aparência:

  • Ter uma relação saudável com a comida, sem culpas, nem remorsos, e tentando comer de maneira saudável e prazerosa.
  • Não se deve comer até se encher demais durante as refeições. Mas tentar comer até encher 80% o estômago. Isso nos ajudará a ter uma cintura mais estreita.
  • Mastigar bem os alimentos.
  • Beber muita água fora das refeições.
  • Escolher alimentos naturais em vez de produtos processados.
  • Nossa dieta deve incluir gorduras saudáveis como o abacate, os frutos secos, as sementes, o peixe, o ovo, o azeite e o óleo de coco.

2. Melhorar nosso estado interior

O estado em que nos encontremos a nível emocional e psicológico também vai se refletir em nosso aspecto físico.

Por este motivo, devemos regular o sistema nervoso, especialmente se sofremos de transtornos como a ansiedade, a irritabilidade, o estresse e a insônia.

Podemos recorrer às plantas medicinais, às terapias relaxantes, como a ioga, e ao exercício mais intenso, o que também nos produzirá um relaxamento posterior.

Também podemos provar a terapia homeopática e as flores de Bach.

3. Cuidar do equilíbrio hormonal

Os hormônios podem modificar nossa silhueta quando estão desequilibrados e causar acumulações de gorduras em regiões como coxas, cintura ou peito.

Se sofremos de algum transtorno hormonal, como menstruações dolorosas ou irregulares, ou cistos, é possível que haja a necessidade de recorrer a algum tratamento natural.

Isso também nos ajudará a moldar o corpo.

Alguns dos remédios mais habituais são:

  • O óleo de onagra;
  • A sálvia;
  • O vitex;
  • O inhame selvagem;
  • A maca peruana.

4. Combater a retenção de líquidos

A retenção de líquidos pode deformar nosso corpo pela acumulação de água em regiões como as pernas, o abdômen ou o rosto.

Para combatê-la, devemos seguir estes conselhos:

  • Reduzir o consumo de sal e evitar sempre o sal de mesa. É melhor o sal marinho ou sal do Himalaia.
  • Beber água e sucos caseiros de frutas e vegetais ao longo do dia.
  • Tomar infusões à base de cavalinha, bardana e dente-de-leão.

5. Tonificar e fortalecer

moldar o corpo

O exercício físico é imprescindível para substituir gordura por musculatura e para dar forma às partes do corpo que queremos moldar.

Com o esporte, podemos conseguir, por exemplo, um quadril mais estreito ou glúteos mais volumosos, além de tonificar o corpo em geral.

O exercício mais adequado é o de alta intensidade por intervalos, como é o caso do crossfit.

6. Não nos esqueçamos da postura

Uma má postura pode deformar nossa coluna e nosso corpo em geral.

Se tivermos problemas posturais podemos fazer algum tipo de terapia corretora como pilates, ginástica, shiatsu, etc., além de prestar atenção em como nos sentamos, como caminhamos, como ficamos em pé, etc.

Recomendamos também o artigo: 6 técnicas para manter a postura da coluna

7. Fazer alongamentos todos os dias

Os alongamentos nos ajudarão a melhorar a postura e também a potencializar os efeitos do esporte que praticamos. Além disso, se estivermos flexíveis, nos sentiremos com mais energia e vitalidade.

Devemos priorizar sempre os alongamentos das costas ou das partes do corpo nas quais costumamos sentir incômodos ou dores.

  • Mendelson, E. (2010). The body. In W. H. Auden in Context. https://doi.org/10.1017/CBO9781139018180.023

  • Tatangelo, G. L., McCabe, M. P., & Ricciardelli, L. A. (2015). Body Image. In International Encyclopedia of the Social & Behavioral Sciences: Second Edition. https://doi.org/10.1016/B978-0-08-097086-8.14062-0