7 conselhos para evitar a retenção de líquidos

5 de fevereiro de 2019
Tanto a prática regular de exercícios físicos quanto um descanso adequado são fundamentais para evitar a retenção de líquidos, já que ambos promovem sua eliminação e nos ajudam a desintoxicar o organismo.

O edema, conhecido como retenção de líquidos, é um dos transtornos que vêm ocorrendo de forma alarmante nos últimos tempos.

Embora não se trate de uma doença, seu surgimento desencadeia uma série de reações. Essas reações ainda podem alertar sobre patologias de maior cuidado como a insuficiência renal ou a artrite.

Ela ocorre quando os fluidos do corpo se retêm nos tecidos, aumentando a inflamação e provocando dificuldades circulatória e linfática.

Seu sintoma mais comum é o inchaço das extremidades, mas pode causar dor. Além disso, pode causar sensação de cansaço e dificuldade para executar alguns movimentos.

No entanto, a boa notícia é que há certas práticas que ajudam a prevenir seu surgimento se realizadas regularmente.

A seguir queremos compartilhar em detalhe as 7 principais para que você comece a aplicá-las antes de sofrer por esta condição.

1. Aumente seu consumo de água

Beber muita água evita retenção de líquidos

Certamente muitos tem dificuldade de ingerir água suficiente todos os dias. Entretanto, é primordial considerar que este é um dos hábitos mais eficazes para prevenir a inflamação e excesso de líquidos.

A água não aumenta a quantidade de fluidos no organismo. Na verdade, ela apoia as funções renais para estimular sua eliminação através da urina.

Seu poder desintoxicante e diurético ajudam a eliminar resíduos que viajam pelo sangue e que influenciam no surgimento deste transtorno.

Leia também: Por que sempre tenho vontade de urinar

2. Reduza o consumo de sal  para diminuir a retenção de líquidos

O consumo excessivo de sal é um dos fatores que se relacionam com a tendência de sofrer de retenção de líquidos ao chegar à idade adulta. Isso porque o o acúmulo de sódio provoca um desequilíbrio nos níveis de eletrólitos e, por sua vez, influencia na alteração dos processos inflamatórios.

Por isso, é essencial diminuir seu consumo nas refeições principais e levar em conta que o sal também está em alimentos como:

  • Carnes embutidas
  • Produtos enlatados
  • Molhos e condimentos industrializados
  • Pipoca
  • Frituras
  • Queijos

3. Evite as roupas apertadas

Pernas com retenção de líquidos

O uso de peças de roupas muito justas é tão comum que a maioria das pessoas ignora as consequências que pode causar para a saúde.

Embora possa parecer inofensivo usá-las, a pressão que produzem no corpo afeta a circulação do sangue e os processos que impulsionam a eliminação dos líquidos.

Assim, o ideal é escolher tamanhos maiores, ou peças cujos materiais não apertem o corpo.

4. Faça exercícios regularmente

Adotar uma rotina de exercícios físicos é uma grande alternativa para prevenir a retenção de líquidos e outros transtornos associados a ela.

Os movimentos executados durante a atividade podem ajudar a aumentar as funções circulatórias e linfáticas, e desse modo impulsionar a eliminação dos fluidos e resíduos.

Além disso, exerce benefícios sobre a saúde renal. Por isso melhora a produção de urina e fortalece as vias urinárias.

5. Reative a circulação sanguínea

Massagens para evitar retenção de líquidos

A prática diária de hábitos saudáveis, como por exemplo as massagens e as duchas frias, envolve terapias simples para promover a circulação diante das dificuldades que apresenta devido à retenção de líquidos.

Apesar de ser fácil ignorá-la ou confundi-la com outras condições, em algumas ocasiões os problemas da drenagem dos fluidos têm a ver com uma insuficiência circulatória.

Por isso, para prevenir e tratar esta condição é necessário adotar medidas que ajudem a restabelecer o fluxo sanguíneo.

6. Durma bem

Ter uma boa qualidade do sono também influencia na prevenção do edema e outras condições inflamatórias.

Durante este período os músculos se relaxam, a circulação flui com mais facilidade, e o corpo realiza alguns processos essenciais para sua desintoxicação.

Isso promove a eliminação dos fluidos retidos e, ao mesmo tempo, aumenta o nível de energia para uma maior produtividade.

Visite este artigo: 5 exercícios de mindfulness para dormir melhor

7. Coma mais frutas e vegetais

Mulher comendo frutas para evitar retenção de líquidos

O consumo diário de alimentos frescos como as frutas e os vegetais proporciona ao corpo uma grande quantidade de benefícios para aliviar o edema e a inflamação.

Seu teor de substâncias antioxidantes, água, fibras e outros elementos essenciais melhoram o funcionamento renal e impulsionam a eliminação dos resíduos.

Por sua vez, suas propriedades facilitam o controle da pressão arterial alta, as dores musculares e outras condições relacionadas a este problema.

Você se preocupa com a possibilidade de ter retenção de líquidos? Siga estes simples conselhos e comprove o quanto são bons para se sentir mais saudável.

  • FERNANDES, Maria Isabel da Conceição Dias et al. Prevalência do diagnóstico de enfermagem Volume de líquidos excessivo em pacientes submetidos à hemodiálise. Revista da Escola de Enfermagem da USP, v. 48, n. 3, p. 446-453, 2014.
  • GUIMARÃES, Heloísa Cristina Quatrini Carvalho Passos; BARROS, Alba Lucia Bottura Leite de. Controlar líquidos: uma intervenção de enfermagem para o paciente com excesso de volume de líquidos. Revista Latino-Americana de Enfermagem, 2003.