6 vitaminas importantes para o crescimento do cabelo

28 de dezembro de 2019
A forma mais eficaz de estimular o crescimento do cabelo é seguir uma dieta variada e equilibrada, rica em vitaminas e outros nutrientes. Descubra quais alimentos você deve consumir.

Manter cabelos saudáveis ​​é sinônimo de bem-estar. Embora tendamos a prestar atenção à estética, uma cabeleira forte, em constante crescimento, reflete bons cuidados e alimentação adequada. Quanto a este último ponto, há algumas vitaminas que são determinantes para o crescimento do cabelo. Você sabe quais são?

Vitaminas importantes para o crescimento do cabelo

Além dos produtos estéticos, uma nutrição adequada é crucial para manter o cabelo saudável e livre de problemas como perda excessiva dos mesmos. De fato, como um estudo em detalhes da Dermatologic Therapy revelou, vitaminas e minerais, como as vitaminas A, B, C, D, E, ferro, selênio e zinco, desempenham um papel importante no desenvolvimento e crescimento normais dos folículos. cabelo. Elas ainda ajudam a prevenir a alopecia.

Agora, devemos ter em mente que o crescimento do cabelo varia de acordo com a genética, sexo, idade e atividade hormonal. No entanto, existem evidências que mostram que deficiências nutricionais podem atrasar esse processo. Então, quais são as vitaminas necessárias para o crescimento do cabelo? Hoje vamos nos concentrar nesses nutrientes.

1. Vitamina C

Cabelos longos, bonitos e saudáveis

A vitamina C é um dos nutrientes que não podem faltar na dieta para ter cabelos saudáveis. Conforme detalhado em uma publicação no International Journal of Trichology, esse nutriente atua como antioxidante e fornece um efeito protetor contra o estresse oxidativo causado pelos radicais livres.

O estresse oxidativo bloqueia o crescimento do cabelo e acelera o processo de envelhecimento. Está relacionado a problemas como quebra e queda. Por outro lado, a vitamina C ajuda a síntese de colágeno, uma parte importante da estrutura capilar.

Alguns alimentos que contêm um alto teor de vitamina C são:

  • Frutas como a laranja, o  limão, os morangos, o kiwi e a toranja
  • Brócolis
  • Couve-flor
  • Pimentão
  • Espinafre
  • Salsa

2. Vitamina B3

Cápsulas de vitaminas

Esta vitamina desempenha um papel importante na nutrição do couro cabeludo e promove o crescimento de cabelos saudáveis.

Quando não consumimos vitamina B3 suficiente, nosso cabelo perde o brilho e torna-se quebradiço.

Os alimentos que contém a maior proporção desta vitamina são:

  • Trigo e seus derivados
  • Arroz
  • Anchova
  • Atum
  • Frango
  • Tomate seco

3. Vitamina B7

Esta vitamina influencia a produção de ácidos graxos dentro das células que nutrem os folículos pilosos do couro cabeludo. O consumo regular de vitamina B7 repara a fragilidade do seu cabelo e contribui para o seu rápido crescimento.

Além disso, conforme detalhado em um estudo publicado na Expert Review of Endocrinology & Metabolismsua deficiência está associada à perda de cabelos.

Tente consumir qualquer um dos seguintes alimentos para obter uma quantidade apropriada de vitamina B7:

  • Amêndoas ou nozes
  • Gema de ovo
  • Ervilhas
  • Leite e derivados
  • Peixe
  • Lentilhas

4. Vitamina E

Cápsulas de vitamina E

Semelhante à vitamina C, a vitamina E desempenha um papel antioxidante que promove a saúde do cabelo. Em um estudo publicado na Tropical Life Sciences Research, os participantes que tomaram suplementos de vitamina E por 8 meses experimentaram um aumento de 34,5% no crescimento do cabelo.

Encontre este nutriente em:

  • Óleos vegetais
  • Amendoins e avelãs
  • Brócolis
  • Espinafre
  • Sementes de girassol
  • Acelga

5. Vitamina A

Graças às suas propriedades antioxidantes, a vitamina A, além de cuidar do cabelo contra os radicais livres. Em estudos com animais, a deficiência de vitamina A foi associada a vários problemas de saúde, incluindo perda de cabelos.

Você pode obter vitamina A dos seguintes alimentos:

  • Cenoura
  • Patê de fígado
  • Manteiga
  • Queijos ricos em gordura
  • Amêndoas

6. Vitamina D

Vitamina D

Logo após o nascimento, muitos médicos recomendam a exposição de bebês ao sol por alguns minutos por dia para obter vitamina D.

Isso não é por acaso, uma vez que esta é uma vitamina importante para a estimulação da absorção de nutrientes.

O cálcio é um dos nutrientes vitais para a saúde dos folículos pilosos. Obter esta vitamina em quantidades adequadas é benéfico para o crescimento do cabeloAlém de encontrá-lo durante um pequeno banho solar pela manhã, você também pode encontrá-lo nos seguintes alimentos:

  • Leite
  • Cereais enriquecidos
  • Óleo de fígado de bacalhau
  • Embutidos
  • Cogumelos
  • Queijos

Outras dicas que você deve ter em mente para cuidar do seu cabelo

Além de cuidar de sua dieta, a American Academy of Dermatology Association, faz outras recomendações para cuidar do cabelo, promovendo seu crescimento e reduzindo a perda excessiva dos mesmos. Isso inclui:

  • Evite usar o secador de cabelos o máximo possível, pois o calor seca o cabelo e danifica o couro cabeludo.
  • Não abuse de produtos químicos, como tinturas, produtos químicos e escova permanente.
  • No caso de tingir, tente usar tintas de qualidade, livres de amônia e outros compostos.
  • Proteja seu cabelo do sol durante viagens à praia ou no verão. Aplique algum produto hidratante para mantê-lo úmido e protegido.
  • Para desembaraçar o cabelo, comece pelas pontas e vá lentamente até a raiz, assim você não puxa os fios e os quebra com facilidade.
  • Escove o cabelo suavemente.
  • Use tranças leves, que não quebrem os fios.
  • Certifique-se de beber água suficiente. Acredite ou não, isso também ajuda a manter a saúde do seu cabelo.
  • Evite lavar o cabelo diariamente e tente usar os produtos certos para o seu tipo de cabelo, a fim de obter tudo o que você precisa.
  • Almohanna HM, Ahmed AA, Tsatalis JP, Tosti A. The Role of Vitamins and Minerals in Hair Loss: A Review. Dermatol Ther (Heidelb). 2019;9(1):51–70. doi:10.1007/s13555-018-0278-6
  • Guo EL, Katta R. Diet and hair loss: effects of nutrient deficiency and supplement use. Dermatol Pract Concept. 2017;7(1):1–10. Published 2017 Jan 31. doi:10.5826/dpc.0701a01
  • Trüeb RM. Oxidative stress in ageing of hair. Int J Trichology. 2009;1(1):6–14. doi:10.4103/0974-7753.51923
  • Goluch-Koniuszy, Z. S. (2016). Nutrition of women with hair loss problem during the period of menopause. Przeglad Menopauzalny. https://doi.org/10.5114/pm.2016.58776
  • Zempleni, J., Hassan, Y. I., & Wijeratne, S. S. K. (2008). Biotin and biotinidase deficiency. Expert Review of Endocrinology and Metabolism. https://doi.org/10.1586/17446651.3.6.715
  • Trueb, R. (2009). Oxidative stress in ageing of hair. International Journal of Trichology. https://doi.org/10.4103/0974-7753.51923
  • Beoy, L. A., Woei, W. J., & Hay, Y. K. (2010). Effects of tocotrienol supplementation on hair growth in human volunteers. Tropical Life Sciences Research21(2), 91–99.
  • Kim, D. H., Lee, J. W., Kim, I. S., Choi, S. Y., Lim, Y. Y., Kim, H. M., … Kim, M. N. (2012). Successful treatment of alopecia areata with topical calcipotriol. Annals of Dermatology. https://doi.org/10.5021/ad.2012.24.3.341
  • Aksu, C. A., Sarikaya, S. S., & Kivanc, A. I. (2014, June). Vitamin D deficiency in alopecia areata. British Journal of Dermatology, 170(6), 1299-1304
    ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/24655364