6 sinais que alertam sobre problemas na vesícula biliar

Ainda que possam se apresentar por alguma outra condição, se você sofre com estes sintomas de forma regular é conveniente consultar um médico para descartar possíveis complicações e obter um diagnóstico e tratamento adequados.

Você sabe quais são e como identificar possíveis problemas na vesícula biliar?

A vesícula biliar é um pequeno órgão, localizado sob o fígado, cuja tarefa principal é a de secretar a bile que ajuda a decompor as gorduras.

Ela participa nas funções digestivas do organismo já que, ao liberar a bile no duto biliar, ajuda a digerir alguns dos resíduos que ficam retidos no intestino.

No entanto, às vezes, apresenta problemas em seu funcionamento, já que algumas substâncias ficam retidas nos dutos, gerando obstruções que impedem a passagem da bile.

Como consequência, aparecem uma série de sintomas que, se não forem percebidos de maneira oportuna, podem causar um forte impacto na qualidade de vida.

Por isso, é fundamental conhecer como se manifestam essas dificuldades e, após identificá-las, consultar o médico para receber um tratamento adequado.

Neste artigo, queremos compartilhar 6 sinais de problemas na vesícula biliar que devem ser levados em conta.

Sintomas de problemas na vesícula biliar

1. Inflamação e gases

Mulher com dor na barriga

Como já mencionamos, a vesícula biliar participa na digestão, liberando uma substância que é fundamental para decompor as gorduras.

Quando surgem obstruções ou dificuldades nos dutos que facilitam a passagem da bile, as digestões se tornam mais pesadas e aparecem sintomas como a inflamação e o excesso de gases intestinais.

Isso se dá por causa do acúmulo de resíduos que, ao não serem expulsos da melhor maneira, fermentam e provocam mal-estar.

2. Dor e sensação de barriga “pesada”

Junto com os problemas digestivos anteriores, os problemas da vesícula biliar causam dor e a sensação de peso no abdômen (a barriga fica “pesada”).

Esse sintoma, que algumas vezes se estende até a parte direita das costas, se origina dos desequilíbrios inflamatórios que a má digestão provoca.

  • A dor pode surgir de forma repentina e durar uns 15 minutos.
  • Em seguida, desaparece e reaparece, ficando mais intensa e durando entre 12 e 15 horas.
  • Esse sintoma deve ser analisado com ajuda médica, já que pode indicar a presença de cálculos biliares.

3. Náuseas e enjoos

Mulher vomitando na privada

As náuseas e enjoos recorrentes são sintomas que, sob nenhuma circunstância, devem ser ignorados.

Ainda que seja verdade que surgem por várias causas, é preciso considerar que podem surgir diante de dificuldades na vesícula.

Isso ocorre por causa de sua incapacidade de usar os sucos biliares no processo de digestão das gorduras, que aumenta a presença de resíduos no intestino e no sangue.

Além disso, quando se formam cálculos biliares, é produzida uma pressão no estômago que pode causar náuseas e vômitos.

4. Mau hálito

Sabemos que o mau hálito pode ser causado por infecções bacterianas ou maus hábitos de higiene.

No entanto, quando é recorrente e difícil de controlar, é provável que sua origem tenha a ver com as dificuldades no funcionamento do fígado e da vesícula biliar.

  • Nesse último caso, é produzido um mal-estar na boca, como um sabor metálico que, junto com o odor desagradável, geram incômodo.
  • O acúmulo de toxinas e a produção insuficiente de bile são os responsáveis por esse problema.

5. Falta de apetite

Mulher sem apetite por problemas na vesícula biliar

Perder o apetite repentinamente é um sinal que indica que algo não vai bem no organismo.

Pode surgir por doenças inflamatórias crônicas, mas também é comum pelos problemas digestivos que gera o mau funcionamento da vesícula biliar.

  • A inapetência que dura vários dias pode indicar que os dutos biliares estão inflamados, ou apresentam obstruções por causa da formação de cálculos.
  • À medida que o problema avança, os pacientes afetados sentem inflamação e a sensação de estarem “cheios”.

6. Icterícia

Se a pele ou esclerótica dos olhos adquirem uma tonalidade amarelada, é fundamental consultar um médico para determinar se isso se deve à icterícia.

Ela é causada pelo acúmulo de bile na vesícula que, algumas vezes, termina formando cálculos.

  • A substância consegue viajar através da corrente sanguínea, chegando a várias células e tecidos do corpo.
  • É um problema de saúde que requer muito cuidado e que deve ser tratado sob supervisão médica.

Você identifica os sintomas mencionados? Apresenta dois ou mais deles? Se sim, consulte o médico para fazer os exames pertinentes que ajudem a detectar problemas na vesícula biliar.

Se o diagnóstico for positivo, leve em conta que deve melhorar seus hábitos de vida para obter bons resultados com o tratamento receitado pelo especialista.

É fundamental evitar o sedentarismo e, sobretudo, manter uma alimentação balanceada, com a ingestão controlada de gorduras, açúcares e calorias.

Recomendados para você