5 soluções naturais para tratar a flebite

· 7 de junho de 2018
A flebite pode ser perigosa se não for tratada a tempo, por isso devemos tomar medidas para evitar complicações que possam colocar a nossa saúde em risco.

A flebite é uma patologia que afeta a circulação do sangue e pode causar complicações graves para o corpo. Como quase toda doença, pode ser evitada mantendo uma vida ativa e saudável. No entanto, existem causas genéticas contra as quais é difícil lutar. Para os casos em que esta doença ocorre, existem diferentes soluções naturais para tratar a flebite.

O que é a flebite?

Flebite nas pernas

A inflamação de uma veia é uma patologia chamada flebite. É comum aparecer em pessoas da terceira idade. Existem diferentes tipos de flebite: a superficial, que afeta as veias localizadas entre as camadas da pele. Este tipo é benigno e não significa um grande perigo. Há também a tromboflebite, que consiste em uma inflamação por coágulos sanguíneos.

A flebite profunda ou tromboflebite é complicada, pois existe o risco de que os coágulos se movam para o resto do corpo. Isso faria com que o fluxo sanguíneo fosse obstruído e os tecidos morressem, podendo até mesmo causar a morte.

O que causa a flebite?

A flebite é causada por coágulos sanguíneos que inflamam as veias. Isso, por sua vez, gera desconforto como dor, dormência, ardor, vermelhidão da pele e febre. Quando esses sintomas ocorrem, é preciso ir ao médico com urgência para iniciar um tratamento que corresponda à complicação.

A origem da flebite pode variar. Em muitos casos, os fatores genéticos desempenham um papel muito importante. O sedentarismo é outra causa, já que as pessoas que trabalham muitas horas sentadas tendem a apresentar essa patologia. Isto é devido à falta de circulação de sangue nas veias.

O sangue espesso, produto das toxinas acumuladas no sangue, também é uma das causas da flebite. Os hematomas, infecções ou excesso de peso contribuem da mesma forma para a obstrução das veias.

Como evitar a flebite?

  • Beber pelo menos 1,5 ou 2 litros de água diariamente é extremamente benéfico para o corpo, pois o mantém hidratado e previne doenças como a flebite.
  • Uma nutrição boa e equilibrada é fundamental. Recomenda-se incluir com mais frequência os alimentos que ajudam a melhorar a circulação, como fibras e antioxidantes.

Alimentos ricos em gorduras transbebidas alcoólicas e cigarros sempre prejudicam o corpo. Evitar seu consumo pode ajudar a prevenir a doença.

Isso, juntamente com uma rotina de exercícios e caminhadas regulares, reduz o risco e melhora a circulação sanguínea.

 5 soluções naturais para tratar a flebite

Para cada doença, uma solução pode ser alcançada na natureza, e a flebite não é exceção. Entre muitas outras opções, apresentamos 5 das soluções mais eficazes:

1. Compressas quentes ou frias

Este tratamento é aplicado quando a flebite é superficial. Se você tiver compressas em casa para aliviar dores de cabeça ou dores musculares, elas também podem ser usadas para combater a flebite. Um banho de água quente também ajuda a aliviar os sintomas.

Do que você precisa?

  • Compressas de água fria ou quente

O que fazer?

  • Coloque compressas de gaze ou panos de algodão em água fria ou quente e aplique-os na área para aliviar o inchaço.
  • Fique trocando a compressa durante ao menos 10 minutos.

2. Arnica

Homeopatia

A arnica é uma planta floral que possui propriedades analgésicas e anti-inflamatórias. Além disso, é capaz de reativar o fluxo de sangue. A partir dela, você pode obter um óleo muito útil, ideal para o tratamento da flebite.

Do que você precisa?

  • Óleo de arnica (quantidade necessária)
  • 1 colher de sopa de vinagre (15 ml)

O que fazer?

  • Pegue a quantidade que você deseja aplicar do óleo de arnica e adicione uma colher de sopa de vinagre.
  • Aplique a mistura nas áreas afetadas por 5 ou 10 minutos e depois remova com água.

Nota: Evite esta aplicação se a pele tiver uma ferida aberta.

3. Infusão de ginkgo biloba

O alto teor de flavonoides e antioxidantes do ginkgo biloba o torna uma solução perfeita para melhorar a circulação sanguínea. Ele também previne a formação de coágulos.

Do que você precisa?

  • 2 colheres de sopa de folhas de ginkgo biloba ou saquinhos de chá preparados (30 g)
  • 1 xícara de água quente (250 ml)
  • Adoçante (a gosto)

O que fazer?

  • Ferva as folhas ou saquinhos em água quente até que fazer a infusão. Adicione mel ou outro adoçante caso queira um sabor mais doce.
  • Recomenda-se beber o chá das folhas desta planta pelo menos 2 vezes por dia.

4. Infusão de cavalinha

A ação anti-inflamatória desta planta traz múltiplos benefícios para o corpo humano. Entre eles, evita o endurecimento das artérias, melhorando a circulação sanguínea.

Do que você precisa?

  • 2 colheres de sopa de cavalinha (30 g)
  • 2 xícaras de água (500 ml)
  • Mel (a gosto)

O que fazer?

  • Pegue as folhas da planta de cavalinha e deixe ferver em água quente. Se você for beber, pode adicionar um toque de mel.
  • Recomenda-se beber duas xícaras diárias do seu chá ou tomar um banho quente e relaxante com a infusão de cavalinha.

5. Coma abacaxi

Abacaxi

O abacaxi tem uma enzima chamada bromelina que pode quebrar as proteínas. Além disso, entre seus muitos benefícios, provou ser um anti-inflamatório natural muito benéfico.

Ele tem sido usado até mesmo em tratamentos pós-operatórios, pois além de evitar o inchaço, também diminui a dor.

Ingredientes

  • 4 fatias de abacaxi
  • Água ou suco natural

O que fazer?

Retire a casca da fruta e corte em fatias. Coma cerca de 4 fatias e acompanhe-o com água ou qualquer outro suco de sua escolha. Em geral, recomenda-se comer abacaxi com o estômago vazio e incluí-lo na alimentação diária.

Como você pode ver, essa patologia pode ser tratada tirando proveito de diferentes produtos naturais. Isso ajudará a controlar a flebite ou até mesmo a fazê-la desaparecer completamente.