Como tratar a flebite com 5 soluções naturais

Mantendo um estilo de vida saudável e ativo, é possível ter uma boa qualidade de vida, mesmo com flebite.
Como tratar a flebite com 5 soluções naturais

Última atualização: 04 Janeiro, 2021

A flebite superficial é uma doença muito comum que, felizmente, tem tratamento. Portanto, quem recebe o diagnóstico pode levar uma vida normal e gozar de bem-estar.

É claro que também devem ser mantidos bons hábitos de vida ao seguir o tratamento. Isso significa que é necessário alimentar-se de forma saudável, evitar excessos (até mesmo refrigerantes) e praticar exercícios diariamente.

Agora, você pode estar se perguntando: existem algumas soluções de origem natural que podem contribuir para o alívio dessa condição? Sim, e iremos discuti-las todas elas em detalhes abaixo. Não perca!

O que é a flebite?

A flebite é uma inflamação venosa que surge acompanhada de coágulos sanguíneos aderidos à parede da veia afetada. É frequente que apareça em pessoas da terceira idade, embora isso não signifique que não possa aparecer em pessoas de outras idades.

Soluções naturais para tratar a flebite

Especialistas do Texas Heart Institute esclarecem que existem dois tipos de flebite. A mais comum é a flebite superficial, ou seja, aquela que envolve o inchaço de uma veia que esteja próxima da superfície da pele da perna.

Para entender isso melhor:

  • Flebite superficial: é a mais comum e envolve o inchaço de uma veia próxima à superfície da pele, geralmente na perna.
  • Flebite profunda: é o inchaço das veias que estão dentro da perna. É menos comum, porém mais grave.

Por outro lado, ainda falta mencionar a tromboflebite, que consiste na inflamação venosa acompanhada pela formação de um trombo (coágulo aderido à parede). No caso de veias superficiais, geralmente não são graves.

Contudo, se atingir o sistema venoso profundo, a tromboflebite se complica. Isso porque nesse caso existe o risco de os coágulos se deslocarem para o resto do corpo e obstruírem as artérias em outros territórios com os consequentes danos. Assim, o fluxo de sangue seria bloqueado, os tecidos morreriam e até mesmo a vida da pessoa pode chegar ao fim.

Causas da flebite

A flebite é causada por coágulos sanguíneos que inflamam as veias. Isso, por sua vez, gera desconfortos como dor, dormência, ardor, vermelhidão da pele e febre. Quando esses sintomas se apresentam, é preciso ir ao médico com urgência para uma avaliação, um diagnóstico e receber um tratamento.

A origem da flebite pode variar. Em muitos casos, os fatores genéticos desempenham um papel muito importante.

O sedentarismo é outra causa, já que as pessoas que trabalham muitas horas sentadas tendem a apresentar essa patologia. Nesse caso, a causa seria a falta de circulação de sangue nas veias.

O sangue espesso, produto das toxinas acumuladas no sangue, também é uma das causas da flebite. Os hematomas, as infecções a obesidade e o sobrepeso também contribuem para a obstrução das veias.

Como evitar a flebite?

  • Manter um peso saudável.
  • Beber bastante água por dia, em função da sede.
  • Fazer uma alimentação balanceada de acordo com as necessidades do organismo. O prato de Harvard e a dieta mediterrânea podem ser boas referências.
  • Consumir alimentos ricos em fibras e antioxidantes regularmente.
  • Minimizando o consumo de junk food, ultraprocessados e bebidas industriais.
  • Além das famosas gorduras trans, as bebidas alcoólicas e o cigarro são prejudiciais, por isso é aconselhável eliminá-los por completo.
  • Praticar exercícios diariamente, pelo menos 30-40 minutos por dia. Isso favorece a circulação sanguínea e contribui para o bem-estar geral.

 5 soluções naturais para tratar a flebite

Aqui estão algumas soluções naturais para tratar a flebite. Lembre-se de que elas devem complementar um estilo de vida saudável e as orientações do médico.

1. Compressas quentes ou frias

dor no menisco

De acordo com o Dr. James D. Douketis: “em geral, a trombose venosa superficial desaparece por conta própria. A aplicação de compressas quentes e a administração de analgésicos, como aspirina (ácido acetilsalicílico) ou outro anti-inflamatório não esteroidal (AINE) costumar aliviar a dor".

Se você tiver em casa compressas para aliviar dores de cabeça ou musculares, elas também podem ser usadas para combater a flebite. Além disso, um banho quente ajuda a aliviar os sintomas.

  • Coloque compressas de gaze ou panos de algodão em água fria ou quente e aplique-as na área para aliviar o inchaço.
  • Fique trocando a compressa durante ao menos 10 minutos.

2. Arnica

A arnica é uma planta que possui propriedades analgésicas e anti-inflamatórias. Portanto, contribui para o alívio do desconforto. A partir dela, é possível obter um óleo que, acredita-se, pode ser muito útil no tratamento adjuvante da flebite.

Nota importante: evite aplicá-la se a pele apresentar qualquer ferida aberta.

3. Infusão de ginkgo biloba

O teor de flavonoides e antioxidantes do ginkgo biloba o torna uma solução perfeita para melhorar a circulação sanguínea. Também previne a formação de coágulos.

  • Coloque para ferver as folhas ou saquinhos de ginkgo biloba em uma xícara com água quente e deixe infusionar por 5 minutos.
  • Consumo no meio da tarde.
  • Evite beber mais do que duas xícaras por dia.

4. Infusão de cavalinha

A infusão de cavalinha é bem conhecida pelo seu efeito diurético, ideal para eliminar líquidos retidos e obter alívio quando há inchaço e outros desconfortos nas pernas.

Como também ajuda a reduzir a inflamação, é considerada uma bebida adequada para auxiliar no tratamento da flebite e de outros distúrbios da circulação sanguínea.

  • Recomenda-se beber duas xícaras diárias da infusão por dia, no máximo (ou a quantidade que o médico recomendar).
  • Você também pode tomar um banho relaxante com a infusão de cavalinha.

5. Comer abacaxi

O abacaxi tem uma enzima chamada bromelina que pode quebrar as proteínas. Além disso, entre seus muitos benefícios, provou ser um anti-inflamatório natural muito benéfico. Essa fruta tem sido usada até mesmo em tratamentos pós-operatórios, pois além de evitar o inchaço, também diminui a dor.

  • Retire a casca da fruta e corte em pedaços pequenos.
  • Coloque em um recipiente com água fervente e deixe infusionar por meia hora.
  • Consuma com moderação ao longo do dia.
  • Você também pode comer a fruta em seus lanches da manhã ou da tarde.

Sempre mantenha um estilo de vida saudável

Para encarar a flebite, é essencial que, acima de tudo, você siga as instruções do médico e mantenha bons hábitos de vida.

Lembre-se de que não é recomendável basear o seu bem-estar apenas no consumo de uma bebida, um medicamento ou um alimento, pois isso não trará benefícios significativos a curto ou longo prazo.

Pode interessar a você...
5 mudanças para ter saúde vascular nas pernas
Melhor Com SaúdeLeia em Melhor Com Saúde
5 mudanças para ter saúde vascular nas pernas

Caso queira melhorar sua saúde vascular, se sofre com varizes ou algum problema desse tipo, não deixe de ler esse artigo. Temos dicas muito úteis, confira.



  • Dziwenka, M., & Coppock, R. W. (2016). Ginkgo biloba. In Nutraceuticals: Efficacy, Safety and Toxicity. https://doi.org/10.1016/B978-0-12-802147-7.00049-8
  • Alves, R. S., Leite, N. S., & Fernandes, R. P. M. (2009). Estudos bioquímicos da enzima bromelina do Ananas comosus ( abacaxi ). Scientia Plena.
  • Wright, C. I., Van-Buren, L., Kroner, C. I., & Koning, M. M. G. (2007). Herbal medicines as diuretics: A review of the scientific evidence. Journal of Ethnopharmacology. https://doi.org/10.1016/j.jep.2007.07.023