Mejor con Salud
 

5 remédios para a síndrome dos olhos secos

A síndrome dos olhos secos pode ter muitas causas. Portanto, devemos procurar um profissional e solicitar os testes de diagnóstico relevantes. Em casos leves, alguns remédios naturais podem ajudar.
5 remédios para a síndrome dos olhos secos

Última atualização: 25 Setembro, 2020

A síndrome dos olhos secos aparece quando deixamos de produzir secreção lacrimal suficiente para umidificar nossos olhos. É algo que pode acontecer com todos em um dado momento. Porém, também pode estar associado com determinadas doenças como a diabetes ou até mesmo com a condição de “fumante passivo”.

O olho é um órgão muito sensível em geral. É afetado por fatores externos, como a poluição. E, se partirmos da premissa de que o organismo funciona como um todo, pode-se entender que nossa saúde também o influencia. Sendo assim, um sistema imunológico enfraquecido pode levar ao aparecimento dessa síndrome.

Dados os múltiplos fatores associados, é importante recorrer ao oftalmologista para fazer um exame adequado e, após o diagnóstico, fazer um tratamento. Se for algo leve, alguns cuidados básicos e remédios naturais podem ajudar a acalmá-lo. Neste espaço, damos mais detalhes.

Síndrome dos olhos secos: causas e sintomas

Na maioria dos casos, a síndrome do olho seco ocorre em pessoas que, apesar disso, estão com uma boa saúde. Torna-se mais comum com o passar dos anos, principalmente ao chegar à terceira idade. Isso pode ocorrer, em grande medida, devido a alterações hormonais que ocorrem ao longo do tempo.

Fatores de risco

  • Trabalhar em ambientes secos (devido a ventos fortes ou ar condicionado).
  • Ter que se expor constantemente ao sol.
  • Fumar ou ser fumante passivo.
  • Tomar remédio para resfriado ou alergia.
  • Usar lentes de contato.
  • Sofrer queimaduras químicas.
  • Ter realizado uma cirurgia ocular.
  • Usar colírios para outras doenças oculares.
  • Apresentar distúrbios do sistema imunológico, pois causam a deterioração das glândulas que produzem lágrimas.

Leia também os melhores conselhos para reduzir as bolsas nos olhos

Sintomas da síndrome dos olhos secos

Antes de falar sobre quais sintomas costuma apresentar, é importante insistir na necessidade de diferenciar essa síndrome de outros problemas. Por exemplo, uma reação alérgica ou uma infecção ocular.

De acordo com informações publicadas em American Academy of Ophthalmology, alguns dos sintomas dessa síndrome incluem:

  • Visão embaçada.
  • Coceira e ardência nos olhos.
  • Sensação de estar com areia nos olhos.
  • Sentir incômodo pela luz do sol.
  • Dor de cabeça.
  • Linhas de muco no interior ou ao redor dos olhos.
  • Dor ao usar lentes de contato

Segundo dados dessa mesma instituição, o oftalmologista pode sugerir o uso de lágrimas artificiais e medicamentos prescritos em gotas para os olhos. Isso depende em grande parte da causa do olho seco. Portanto, embora alguns remédios caseiros ajudem a aliviar os incômodos, o ideal é procurar cuidados profissionais.

Além do ressecamento, essa síndrome causa irritação nos olhos, visão embaçada e dores de cabeça.

Remédios para tratar a síndrome dos olhos secos

Os remédios para tratar a síndrome dos olhos secos são soluções de origem natural que têm um efeito calmante contra desconfortos, como a irritação e a coceira. No entanto, é importante ter em mente que muitos provêm da cultura popular e não há evidências científicas suficientes para respaldar sua segurança e eficácia.

Apesar disso, pessoas que os experimentaram sugerem que são seguros e têm um efeito positivo. Vejamos algumas opções que você pode tentar em casa como um tratamento adjuvante.

1. Saquinhos de chá preto

Não existem estudos que comprovem que o chá preto possa combater a síndrome dos olhos secos. No entanto, aplicado externamente pode ser benéfico. Segundo dados publicados em Journal of Advanced Pharmaceutical Technology and Research, esse chá é rico em polifenóis e tem um efeito anti-inflamatório.

  • Você só precisa preparar uma infusão.
  • Quando tiver esfriado, coloque os saquinhos sobre os olhos fechados e deixe por, aproximadamente, 20 minutos.

Descubra como ter uma visão saudável

2. Camomila

Conforme uma publicação em Molecular Medicine Reports, a camomila é uma planta com importantes aplicações medicinais. De acordo com esses dados, seu teor de flavonoides lhe confere um leve efeito anti-inflamatório que ajuda a melhorar a saúde ocular sob condições de irritação e ressecamento.

Nesse caso, devemos seguir as mesmas indicações da solução anterior:

  • Coloque duas colheres de camomila (20 g) e um copo de água (200 ml) para ferver.
  • Assim que a infusão estiver pronta e a água morna, use um chumaço de algodão para aplicar o chá sobre os olhos.
  • Feche as pálpebras e coloque os algodões empapados na infusão de camomila sobre os olhos.
  • Deixe agir por 10 a 20 minutos.

Experiências pessoais sugerem que a camomila tem efeitos calmantes na irritação dos olhos.

3. Suplementos vitamínicos

Além dos remédios naturais que comentamos anteriormente, é necessário seguir uma dieta que inclua alimentos adequados. Assim como indicamos no início, uma das causas da síndrome dos olhos secos pode ser um sistema imune debilitado.

Consumir alimentos ricos em óleos essenciais ômega 3 ajuda a amenizar os incômodos, de acordo com um teste controlado aleatório publicado em International Journal of Ophthalmology Press.

Explicamos o motivo:

4. Descansar a vista

Você pode complementar o tratamento prescrito pelo seu médico com estratégias caseiras adequadas. Além de fazer uso de lágrimas artificiais, você pode seguir estes conselhos:

  • Reduza o uso de aparelhos eletrônicos como o computador ou o celular.
  • Durma, pelo menos, 7 horas.
  • Pisque frequentemente.
  • Umedeça suas pálpebras de tempos em tempos. Para isso, você pode aplicar compressas com camomila ou fazer uso dos saquinhos de chá negro.

Estratégias para descansar os olhos são determinantes para aliviar os sintomas da síndrome do olho seco.

5. Pepino para lubrificar e refrescar os olhos

Aqui está um dos remédios mais populares: coloque uma fatia de pepino sobre cada olho. O efeito calmante se deve ao seu alto teor de água, antioxidantes e compostos anti-inflamatórios. Aqui vale mencionar que não há evidências que apoiem ​​seus efeitos na síndrome do olho seco. Seus supostos benefícios vêm de informações baseadas em relatos pessoais.

  • Corte as rodelas de pepinos e aplique-as sobre os olhos.
  • Repita o procedimento até duas vezes por dia.

Síndrome do olho seco: a consulta é importante

Os remédios discutidos parecem ajudar a aliviar temporariamente os sintomas da síndrome do olho seco. No entanto, para evitar complicações e ter acesso a outros tratamentos, o ideal é consultar um profissional. O oftalmologista, após fazer os exames pertinentes, vai determinar como proceder para aliviar o desconforto. Lembre-se disso!

7 cuidados básicos para a higiene dos olhos

7 cuidados básicos para a higiene dos olhos

Embora nem todos tenham sensibilidades ou problemas que indiquem uma deterioração da visão, é essencial cuidar da higiene dos olhos.



  • Kaufman P.L., and Alm, A. (2004). Adler: Fisiología del ojo: aplicación clínica. Madrid: Elsevier.
  • Peters, E., and Colby, K. (2013). “The tear film”. In: Tasman, W. ; Jaeger, E.A. (eds.), Foundations of Clinical Ophthalmology. Philadelphia, PA: Lippincott Williams & Wilkins.
  • Rao, N.K.; Goldstein, M.H.; Tu, E.Y. (2014). “Dry eye”. In: Yanoff, M., and Duker, J.S. (eds.), Ophthalmology. 4th ed. Philadelphia, PA: Elsevier.
  • Chatterjee P, Chandra S, Dey P, Bhattacharya S. Evaluation of anti-inflammatory effects of green tea and black tea: A comparative in vitro study. J Adv Pharm Technol Res. 2012;3(2):136–138. doi:10.4103/2231-4040.97298
  • Srivastava, J. K., Shankar, E., & Gupta, S. (2010, November). Chamomile: A herbal medicine of the past with a bright future (review). Molecular Medicine Reports. https://doi.org/10.3892/mmr.2010.377
  • Bhargava R, Kumar P, Kumar M, Mehra N, Mishra A. A randomized controlled trial of omega-3 fatty acids in dry eye syndrome. Int J Ophthalmol. 2013;6(6):811–816. Published 2013 Dec 18. doi:10.3980/j.issn.2222-3959.2013.06.13
  • Mukherjee, P. K., Nema, N. K., Maity, N., & Sarkar, B. K. (2013, January). Phytochemical and therapeutic potential of cucumber. Fitoterapia. https://doi.org/10.1016/j.fitote.2012.10.003