5 remédios naturais para tratar a esofagite

Embora esses remédios possam nos ajudar a aliviar os sintomas da esofagite em tempo hábil, se a doença se mantiver por um longo do tempo devemos ir ao especialista para obter um tratamento mais adequado
A esofagite é uma doença inflamatória que produz lesões nos tecidos do esôfago, o canal alimentar através do qual o alimento é transportado da boca para o estômago.

É produzida pelo retorno de sucos ácidos para a parte superior, quase sempre por debilitamento da válvula esofágica muscular, que regula a passagem desses fluidos.

Aqueles que sofrem com essa doença, sentem dor na parte superior do abdômen, descrita como uma sensação de queimação ou pressão. Além disso, também causa excesso de acidez, refluxo e dificuldade em engolir.

Seu tratamento depende da causa e nível de gravidade, já que muitas vezes se complica e requer a intervenção de um profissional.

No entanto, quando é leve, seus sintomas podem ser diminuídos com alguns ingredientes medicinais, preparados como remédios caseiros.

Você sofre com esse problema? Descubra as principais causas e vários tratamentos alternativos.

Causas comuns da esofagite

A maioria dos casos de esofagite é gerada ​​pelos efeitos do refluxo gastroesofágico.

Este fluido ácido sai do estômago para o esôfago, causando a irritação nos tecidos. Os fatores que afetam seu desenvolvimento incluem:

  • Consumo excessivo de bebidas alcoólicas e cigarros
  • Uso prolongado de drogas
  • Refeições abundantes e irritantes
  • Sobrepeso e obesidade
  • Vômito repetitivo
  • Hérnia hiatal
  • Cirurgia ou radiação no tórax

Além disso, entre suas causas encontramos a alta concentração de glóbulos brancos no esôfago, chamada de esofagite eosinofílica. Esta, em geral, ocorre devido a reações alérgicas.

Existe também um tipo de esofagite infecciosa, causada pelo ataque de vírus, bactérias ou parasitas nos tecidos deste órgão.

Você quer saber mais? Leia: Como controlar os sintomas das alergias com estes 6 óleos essenciais

Sintomas da esofagite

Mulher com dorpor causa da esofagite

Os sintomas da esofagite podem variar em cada paciente, dependendo do dano sofrido pelo tecido esofágico. Muitas vezes, as manifestações clínicas incluem:

  • Dor na boca do estômago
  • Dor no peito
  • Náuseas e vômitos
  • Tosse persistente
  • Arrotos repetitivos
  • Perda de apetite
  • Dificuldade para engolir comida

Complicações

  • Cicatrização ou estreitamento do esôfago
  • Ruptura do tecido que cobre o esôfago
  • Esôfago de Barrett, uma condição que produz alterações nas células do esôfago, e que aumenta o risco de câncer.

Remédios naturais para controlar a esofagite

Para o controle adequado da esofagite é importante seguir as recomendações médicas. No entanto, você pode levar em consideração alguns remédios naturais complementares, que promovem o sentimento de alívio.

1. Suco de aloe vera

Aloe vera para tratar a esofagite

O gel contido na planta de aloe vera contém vitamina B, mucilagem, e aminoácidos essenciais, que ajudam a reduzir a irritação no esôfago e no trato digestivo.

Seu consumo controla o excesso de produção de sucos ácidos e protege a mucosa gástrica contra a irritação que causa úlceras.

Ingredientes

  • 5 colheres de sopa de gel de aloe vera (75 g)
  • ½ xícara de água (125 ml)
  • 1 colher de sopa de mel (25 g)

Preparação

  • Adicione todos os ingredientes no liquidificador e processe até obter uma bebida homogênea.

Modo de consumo

  • Consuma o remédio uma vez por dia, até você notar uma melhoria.

2. Infusão de alcaçuz

Conhecido como um antiácido natural, o alcaçuz pode controlar o principal desconforto causado pela esofagite. Seus compostos acalmam a queimação abdominal e diminuem o retorno de conteúdo ácido.

Ingredientes

  • 1 colher de chá de raiz de alcaçuz (5 g)
  • 1 xícara de água (250 ml)
  • 1 colher de sopa de mel (25 g)

Preparação

  • Adicione a raiz de alcaçuz em uma xícara de água fervente e tampe a bebida.
  • Aguarde 10 minutos para descansar, coe e adoce com uma colher de mel.

Modo de consumo

  • Tome a infusão quando sentir azia, ou dor no estômago.
  • Repita seu consumo 2 vezes ao dia.

3. Bicarbonato de sódio

Bicarbonato de sódio para tratar a esofagite

O bicarbonato é um dos melhores produtos contra a esofagite. É antiácido, restaura o pH do estômago, e reduz a sensação de queimação na garganta.

Ingredientes

  • ½ colher de chá de bicarbonato de sódio (2 g)
  • ½ xícara de água (125 ml)

Preparação

  • Dilua o bicarbonato de sódio em meio copo de água.

Modo de consumo

  • Beba o remédio quando sentir os sintomas da esofagite.
  • Consuma 2 vezes ao dia.

4. Infusão de Marshmallow

Este remédio digestivo protege a mucosa gástrica contra a acidez, e diminui a irritação do esôfago, aliviando assim, a dor causada pela esofagite.

Ingredientes

  • 1 colher de chá de marshmallow (5 g)
  • 1 xícara de água (250 ml)

Preparação

  • Adicione uma colher de chá de marshmallow em uma xícara de água fervente.
  • Deixe a bebida descansar por 10 minutos e coe-a.

Modo de consumo

  • Tome a infusão duas vezes ao dia, até sentir uma melhora.

5. Chá de camomila

Chá de camomila para tratar a esofagite

Suas propriedades neutralizam o pH do estômago e diminuem o refluxo ácido. É ideal para reduzir a queimação no esôfago, e a sensação de acidez abdominal.

Ingredientes

  • 1 colher de chá de camomila (5 g)
  • 1 xícara de água (250 ml)

Preparação

  • Submerja camomila em uma xícara de água fervente, e deixe a bebida descansar por 10 minutos.

Modo de consumo

  • Coe a infusão, e consuma 2 ou 3 vezes ao dia.

Você foi diagnosticado com esofagite? Está apresentando algum sintoma? Escolha um desses remédios naturais e a combata, para não sofrer outras complicações.

Recomendados para você