5 remédios caseiros para controlar o odor e o corrimento vaginal excessivo

26 de fevereiro de 2016
Higiene e hábitos saudáveis ​​são muito importantes, mas às vezes não são suficientes quando há um aumento na secreção vaginal ou o seu odor é muito forte. Esses remédios irão ajudar a pôr um fim a estes problemas.

O corrimento vaginal é muito normal em mulheres e, sobretudo, necessário. Em vez de se preocupar por ele manchar um pouco a roupa íntima, é preciso estar alerta quando a vagina está completamente seca. Caso contrário, o que fazer quando houver excesso de corrimento vaginal ou corrimento vaginal anormal?

A principal razão pela qual todas devem mantê-lo equilibrado é porque o corrimento vaginal atua como um protetor da zona íntima, impedindo o desenvolvimento de infecções ou fungos.

Além disso, ele também é um lubrificante necessário para desfrutar de relações íntimas.

As secreções comuns são de cor transparente que podem variar entre tons brancos ou amarelados; normalmente eles não têm um odor forte e não representam um grande incômodo.

No entanto, por vezes, esse fluxo aumenta de repente, muda de cor e seu cheiro se torna tão forte que você pode perceber sem muito esforço.

Neste último caso, é muito provável que se trate de uma infecção fúngica, que é causada por um distúrbio no pH natural da vagina.

A boa notícia é que existem vários tratamentos naturais que podem ajudar a reduzir ou neutralizar todos esses desconfortos. Não se esqueça que eles devem ser complementares ao tratamento prescrito pelo ginecologista.

Neste artigo, queremos compartilhar as melhores soluções para o excesso de corrimento vaginal e mau cheiro na área íntima.

Soluções caseiras contra odores e excesso de corrimento vaginal

1. Infusão de feno-grego para controlar o odor e o corrimento vaginalFeno-grego para controlar o odor e o corrimento vaginal

O feno-grego é uma erva com propriedades medicinais incríveis. Sendo assim, ele é altamente recomendado para as mulheres, pois acredita-se que ele promove o equilíbrio hormonal e o ciclo menstrual.

Ver também: Remédios naturais para a transpiração na menopausa

Ingredientes

  • 1 colher de sopa de sementes de feno-grego (10 g)
  • 1 xícara de água (200 ml)

Preparação

  • Amasse bem uma colher de sopa de sementes de feno-grego, tanto quanto possível com a ajuda de um almofariz.
  • Coloque para ferver uma xícara de água e, em seguida, despeje-a sobre as sementes.
  • Cubra com uma tampa e, então, deixe descansar por 15 minutos.
  • Consuma duas vezes por dia, durante 10 dias.
  • Ao mesmo tempo, também pode ser usada para a lavagem vaginal.

2. Iogurte natural

iogurte é um dos melhores remédios naturais para combater os fungos e bactérias que causam as infecções vaginais.

Afinal de contas, sua elevada concentração de lactobacilos, uma bactéria saudável, tem a capacidade de regular a flora vaginal com o fim de alterar o ambiente que os patógenos necessitam.

Para afastar as infecções e fungos, a melhor maneira é beber pelo menos meio copo de iogurte todos os dias.

Se você preferir usá-lo topicamente, consulte o seu médico primeiro. Se ele aprovar, passe o iogurte na área íntima e deixe agir por cerca de 10 minutos e depois enxágue. Você pode aplicá-lo até três vezes ao dia, durante o tempo necessário para que a infecção desapareça.

3. AlhoAlho para tratar o corrimento vaginal

O alho é considerado o antibiótico natural mais poderoso. Seus compostos ativos são antibacterianos. Mesmo assim, não há evidências de que a sua ingestão funcione para eliminar o mau cheiro. Você pode tentar incluí-lo em sua alimentação, de qualquer maneira:

Ingredientes

  • 1 dente de alho
  • 1 copo de água (200 ml)

Preparação

  • Amasse bem o dente de alho cru e adicione-o a uma xícara de água quente.
  • Em seguida, deixe descansar por 10 minutos e consuma a infusão.
  • Se possível, faça o tratamento de estômago vazio por pelo menos duas semanas para que funcione.

4. Leite e açafrão

Acredita-se que a combinação de leite e açafrão formaria um remédio antibacteriano simples que eliminaria os fungos e manteria a área vaginal protegida. No entanto, não há evidências suficientes para apoiar a sua segurança em relação a essas reivindicações. De fato, o uso do açafrão pode irritar a pele.

Ingredientes

  • 1 colher de chá de açafrão em pó (5 g)
  • 1 xícara de leite

Preparação

  • Coloque o copo de leite para aquece e, em seguida, adicione a colher de chá de açafrão em pó.
  • Em seguida, sirva quente e repita o seu consumo todos os dias com o fim de aliviar o fluxo.

5. Chá de folhas de goiabaFolhas de goiaba para tratar o corrimento vaginal

As folhas de goiaba contêm propriedades anti-inflamatórias, antioxidantes e antibacterianas, por isso têm sido usadas desde os tempos antigos a nível medicinal.

Elas são ideais para combater cólicas menstruais em mulheres, assim como também atuam como uma excelente solução para os problemas decorrentes da secreção vaginal excessiva.

No entanto, não há evidências desses casos específicos, por isso é recomendável consultar um médico primeiro.

Ingredientes

  • 10 folhas de goiaba.
  • 1 litro de água.

Preparação

  • Coloque as folhas de goiaba em uma panela com um litro de água e, então, deixe em fogo baixo até que seja reduzido pela metade.
  • Retire do fogo, deixe repousar e, em seguida, use o líquido para lavar a área vaginal.
  • Repita o tratamento duas vezes por dia, durante uma semana.

Para concluir, lembre-se de que se aconselha escolher apenas um dos remédios mencionados aqui, pois a combinação pode causar vários efeitos indesejáveis. Além disso, você pode complementar o uso destas opções com uma boa higiene e a adoção de hábitos de vida saudáveis para diminuir o corrimento vaginal.