5 razões para consumir gelatina na dieta

A gelatina é um alimento com açúcar que podemos aproveitar para obter energia e, assim, permanecer ativos durante o dia.
5 razões para consumir gelatina na dieta

Última atualização: 07 Fevereiro, 2021

A gelatina tornou-se popular como uma das sobremesas saudáveis ​​que podem ser incorporadas na dieta quando se deseja perder peso de forma saudável. É um alimento que contém, sobretudo, proteínas e, por isso, pode contribuir para a saúde do organismo.

Durante muito tempo, pensou-se que não era conveniente consumi-la, uma vez que se considerava que suas propriedades seriam perdidas por ter corantes, açúcar e outros aditivos.

Hoje, no entanto, sabe-se que o consumo moderado de gelatina, dentro de uma dieta equilibrada, não é prejudicial. No entanto, é aconselhável escolher as variedades sem adição de açúcar.

Além disso, é aconselhável aproveitar para comer essa sobremesa nos momentos em que você sente muita ansiedade por comer, pois é quando você pode acabar ingerindo mais facilmente produtos industriais, como frituras e doces.

Entre outras coisas, a gelatina contém água e açúcar e, em certa medida, proteínas que, uma vez assimiladas no corpo, podem favorecer a formação de massa muscular e outros processos envolvidos no peso.

Por que se recomenda incluir a gelatina na dieta? Descubra!

O que é a gelatina?

Antes de conhecer os benefícios da gelatina na dieta para perder peso, é conveniente rever o que é esse alimento e do que ele é feito.

Também chamado de grenetina, é um espessante de origem animal que é obtido pelo processamento dos tecidos conjuntivos de bovinos e suínos.

No mercado, é possível encontrar gelatina sem sabor em pó ou em lâminas, que é normalmente usada na preparação de sobremesas, e outras interessantes variedades de receitas. É composta principalmente de colágeno, mas também fornece carboidratos, antioxidantes e água.

Razões para incluir gelatina na dieta

Existem várias razões pelas quais consumir gelatina na dieta ajuda a perder peso. Claro, tudo depende das formas como é preparada.

Em geral, se combinada com ingredientes saudáveis ​​e naturais, é uma sobremesa ideal para qualquer dieta equilibrada. Vamos ver seus benefícios:

1. Acalma a ansiedade

A gelatina tira o desejo por doce
Incluir a gelatina na dieta ajuda a reduzir a ansiedade por comida.

Um dos benefícios mais importantes de comer gelatina na dieta é que ela ajuda a acalmar a fome. Graças a isso, você pode desfrutar de um lanche baixo em calorias, que reduz os desejos contínuos que levam a comer em excessos.

2. Melhora o desempenho esportivo

Apesar de seu baixo teor calórico, a gelatina é uma fonte de proteínas e carboidratos que servem como fonte de energia. Juntamente com suas vitaminas e minerais, é um alimento completo que permite melhorar o desempenho esportivo.

Porém, não há nenhum artigo na literatura científica que relacione o consumo de gelatina com um melhor desempenho esportivo. A quantidade de proteína que fornece não é suficiente para melhorar a recuperação pós-exercício ou para estimular a síntese de proteínas no corpo. O estudo a seguir fala de uma quantidade mínima de proteína de 20 gramas – pós-treino – para melhorar a recuperação.

Efeitos da gelatina na síntese de colágeno

Uma das propriedades atribuídas à gelatina no campo esportivo era sua capacidade de estimular a síntese de colágeno. Esse efeito aceleraria a recuperação dos tendões lesados. No entanto, o estudo a seguir não encontrou essa relação usando uma combinação de gelatina enriquecida com vitamina C.

3. Ajuda a formar massa muscular

Mulher treinando
Podemos incluir a gelatina em nossa dieta se quisermos aumentar nossa massa muscular.

Um dos aminoácidos que a gelatina fornece é a arginina. Esta substância, quando absorvida no corpo, ajuda a obter creatina. Esse composto é determinante no processo de formação de massa muscular. Juntamente com outras proteínas, é ideal para um corpo forte e tonificado.

Embora a ingestão regular de gelatina possa melhorar a quantidade total de proteína ingerida, ela representa uma porção muito pequena da quantidade necessária. Para gerar hipertrofia muscular, são necessárias ingestões de proteínas de cerca de 1,8 g / kg peso / dia, de acordo com o Journal of the International Society of Sports Nutrition.

4. Melhora a digestão

Comer gelatina na dieta suporta os processos digestivos e melhora a assimilação de alguns nutrientes. Isto se deve ao seu conteúdo de um aminoácido chamado glicina, que estimula o ácido clorídrico no estômago. Também combate a constipação e reduz o refluxo ácido.

Em qualquer caso, não existem estudos que confirmem essas afirmações, por isso é um remédio natural baseado na crença popular.

5. É livre de gorduras e colesterol

Diferente de outras sobremesas dietéticas, a gelatina light não contém gordura nem colesterol. Se você evita preparações com adição de açúcares ou componentes artificiais, este é um lanche muito saudável, que não aumenta o peso.

Sabores diferentes
A forma mais saudável de consumi-la é criando nossas próprias sobremesas de gelatina.

A melhor maneira de aproveitar os benefícios da gelatina é incluí-la com moderação em uma dieta equilibrada.

Café da manhã

  • Frutas (1 peça, a gosto).
  • 1 xícara de chá ou café (250 ml).
  • 1 copo de suco de gelatina (250 ml).
  • 2 fatias de pão integral com requeijão.

Almoço

  • 1 tigela de salada mista.
  • 3 porções de vegetais cozidos no vapor.
  • 2 colheres de sopa de arroz integral (40 g).
  • 1 porção de frango ou peixe (100 g).
  • 1 porção de gelatina misturada com frutas.

Jantar

  • Porção de gelatina light.
  • 1 tigela de sopa de legumes.
  • 1 xícara de chá verde (250 ml).

Suco de gelatina

O suco de gelatina pode ser consumido como parte do café da manhã ou na hora do lanche. É uma alternativa rápida e fácil. No entanto, não deve ser tomado excessivamente, pois tem efeito laxante.

Ingredientes

  • Pedaços de fruta (a gosto).
  • 1 xícara de água quente (250 ml).
  • 1 colher de chá de gengibre ralado (5 g).
  • 3 colheres de sopa de gelatina sem sabor (45 g).
  • 1 colher de sopa de sementes de linhaça moídas (15 g).
  • Opcional: cubos de gelo.

Preparação

  • Dilua a gelatina sem sabor em uma xícara de água quente.
  • Transfira-a para o copo do liquidificador, e processe com os outros ingredientes.

Modo de consumo

  • Divida o suco para duas porções diárias: uma pela manhã e outra no meio da tarde.

Coma gelatina, mas sempre dentro de uma dieta balanceada

O menu proposto aqui é apenas um exemplo de como comer gelatina em uma dieta equilibrada. A dieta diária não deve se basear apenas nos alimentos mencionados.

Como a gelatina geralmente contém uma grande quantidade de açúcar adicionado, é importante manter um consumo moderado. Mesmo quando é uma versão light ou 0% de açúcar.

Pode interessar a você...
5 razões para incluir a gelatina em nossa alimentação
Melhor Com SaúdeLeia em Melhor Com Saúde
5 razões para incluir a gelatina em nossa alimentação

Estamos certos de que, em alguma ocasião, muitos já viram como nos cardápios infantis das escolas ou inclusive nos hospitais, é comum incluírem a g...



  • González, I. (2015). Gelatina. FEUM.
  • Salvador, A., Suay, F., & Martínez-Sanchís, S. (1995). Deporte y salud: efectos de la actividad deportiva sobre el bienestar psicológico y mecanismos hormonales subyacentes. Psicología General y ….
  • Coronado H, M., Vega y León, S., Gutiérrez T, R., Vázquez F, M., & Radilla V, C. (2015). Antioxidantes: perspectiva actual para la salud humana. Revista Chilena de Nutrición. https://doi.org/10.4067/S0717-75182015000200014