5 hábitos alimentares que podem destruir o seu rosto

· 19 de novembro de 2016
Nosso rosto pode experimentar problemas que são fruto de nossas más escolhas na hora de comer. Por isso, devemos avaliar se nossa alimentação é a mais adequada para gozar de uma cútis saudável.

Uma má alimentação pode ser fatal para o nosso corpo por muitas razões, mas também para a nossa pele e o nosso rosto.

Há uma série de alimentos que não são nada recomendáveis para o cuidado de nossa derme e, quando consumidos em excesso, podem causar danos ao rosto. Fique atento e evite-os para conseguir uma pele suave e bem cuidada.

A acne aparece por problemas como o excesso de açúcar no sangue, uma possível inflamação crônica, por estresse oxidativo ou por motivos hormonais.

Essas são as razões principais. Mas a verdade é que existem alguns alimentos que pioram todas essas circunstâncias. Saiba quais são eles a seguir.

Hábitos alimentares que podem prejudicar a saúde e aparência do rosto

1. Exagerar no consumo de açúcar

o seu rosto

Abusar da quantidade de açúcar consumida tem um impacto no rosto, já que o corpo nos avisa através da pele a respeito dos maus hábitos que às vezes praticamos.

Pois bem, isso se traduz em um tom branco acinzentado na pele. Você observará também uma espécie de emagrecimento da derme, manchas pustulosas com dor, mais flacidez na região inferior dos olhos, assim como rugas na testa.

Além disso, o açúcar reduz a elasticidade da pele. Esse sintoma é fruto, principalmente, do excesso de produtos processados açucarados.

Trata-se de uma série de alimentos que você deve tentar evitar uma vez que, além da pele, também são prejudiciais para o seu corpo e a sua saúde em geral.

2. Abusar do glúten

o seu rosto

Se você tem manchas na região do queixo, com pigmentação mais escura, e as bochechas vermelhas e inchadas, e costuma consumir produtos ricos em glúten, seu corpo dando avisos. Essa é a pele típica que delata um consumo excessivo de glúten.

Por isso, se você notar sintomas como pigmentação escura ou manchas ao redor dos órgãos reprodutores, então deve avaliar a hipótese de reduzir o glúten de sua alimentação, já que talvez você seja intolerante ao glúten e não saiba.

Se for o caso, você notará grandes melhoras e a solução passa por substituí-lo por muita fibras e beber grande quantidades de água, de tal modo que proporcione a recuperação do equilíbrio da pele.

3. Intolerância à lactose

o seu rosto

A lactose também gera intolerâncias em um número elevado de pessoas.

Leia mais: Como preparar flan de queijo fresco sem lactose

Um bom modo de saber se os laticínios realmente não lhe caem bem é através de sua própria pele e, é claro, do seu próprio estômago.

Os sintomas no rosto que podem apontar uma reação à lactose são: inchaço no queixo, pequenas manchas brancas, círculos escuros debaixo dos olhos e pálpebras inchadas.

Isso é algo bastante comum, já que, com o transcorrer do tempo, muitas pessoas perdem a capacidade de digerir adequadamente os alimentos derivados do leite.

A intolerância se manifesta, especialmente, na forma de cravos no queixo. Para conseguir solucionar isso, é preciso eliminar os laticínios de sua dieta durante uns 20 dias.

Assim, você poderá saber se este era o motivo, e com certeza notará sua pele muito mais saudável, além de ter digestões mais leves.

4. Alimentos muito gordurosos

o seu rosto

Os alimentos que contêm alto níveis de gordura também causam problemas na pele.

A gordura está diretamente relacionada aos problemas de açúcar no sangue, já que faz com que aumente o nível de gordura no mesmo. Isso fará com que os poros fiquem obstruídos.

Se isso parece pouco, a gordura no sangue impede o transporte adequado de nutrientes e oxigênio, o que se traduz em uma pele menos brilhante e sem vida.

5. Café na medida certa

o seu rosto

Não é recomendável tomar mais de duas xícaras de café por dia, já que a cafeína fará com que você libere adrenalina, que em excesso pode acabar causando sintomas de estresse. Isso certamente é ruim para a saúde da sua pele.

Além disso, a cafeína não nos deixa dormir bem, o que faz com que se anule a etapa de desintoxicação da pele que ocorre durante o sono e contribui para que ela pareça sem brilho.

Leia mais: Dicas para diminuir o consumo excessivo de café

Cabe ressaltar que essas recomendações não significam que é necessário evitar por completo os alimentos ou substâncias citados.

O segredo é consumi-los com moderação, substituindo-os por alimentos mais saudáveis, como frutas e grãos integrais, sucos, etc. O corpo fala através da pele, não se esqueça!

  • Bott, R. (2014). Nutrition for Healthy Skin. Igarss 2014. https://doi.org/10.1007/s13398-014-0173-7.2
  • Pappas, A., Liakou, A., & Zouboulis, C. C. (2016). Nutrition and skin. Reviews in Endocrine and Metabolic Disorders. https://doi.org/10.1007/s11154-016-9374-z