5 ervas para combater a hipertensão

7 de janeiro de 2020
Com bons hábitos de vida, é possível manter a hipertensão sob controle. Agora, e os suplementos naturais? Falaremos mais abaixo.

Combater a hipertensão é uma meta que milhões de pessoas em todo o mundo têm. Isso ocorre porque é uma doença muito comum, que coloca a saúde em risco e é conveniente manter o controle assim que o diagnóstico for recebido.

Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), a hipertensão afeta milhões de pessoas em todo o mundo. E, de acordo com os especialistas da Fundação Espanhola do Coração, essa doença pode passar despercebida, pois não produz sintomas.

Quando é preciso combater a hipertensão

Chá de ervas para reduzir a pressão sanguínea

Os níveis altos de insulina, leptina e ácido úrico estão associados ao surgimento da hipertensão. Estes elementos aumentam quando se tem uma dieta rica em açúcares e alimentos processados.

Se, além disso, houver excesso de peso, aterosclerose (rigidez arterial) e estresse, a hipertensão começa a afetar silenciosamente a saúde do indivíduo.

Todo tratamento para combater a hipertensão arterial exige que se adote uma alimentação rica em alimentos frescos, equilibrar o consumo de sal e potássio, elevar o consumo de magnésio e gorduras saudáveis. Também é necessário fazer exercícios e levar uma vida mais tranquila.

Considera-se como pré-hipertensão quando a pessoa apresenta uma pressão arterial sistólica entre 120 e 139, e a pressão diastólica encontra-se entre 80 a 89.

Esse estado pré-hipertensivo não deve ser tratado com medicamentos, mas com a mudança necessária na dieta e exercícios diários.

Quando a pressão está entre 140/90 e 159/99, é chamada de hipertensão primária. É o que afeta 90 ou 95% das pessoas e está associado a vários fatores.

Ervas e plantas para combater a hipertensão

Para manter os níveis normais da pressão, o mais importante é levar um estilo de vida saudável. Agora, é verdade que, de maneira complementar, você pode recorrer ao consumo de algumas bebidas preparadas com plantas e ervas.

Nós vamos falar mais sobre o assunto abaixo.

1. Infusão de folhas de oliveira

A oliveira não só é a fonte do azeite de oliva, uma das gorduras mais saudáveis que podemos consumir para evitar a aterosclerose.

A infusão das suas folhas também pode contribuir para a normalização da pressão arterial.

Ingredientes

  • 2 xícaras de água (500 ml).
  • 1 colher de chá de folhas secas de oliveira (5 g).

Preparação

  • Ferva a água e adicione as folhas de oliveira.
  • Retire a água do fogo e deixe repousar por cerca de dez minutos. A água ficará com uma cor âmbar quando o chá estiver pronto.
  • Coe e beba com moderação.

2. Chá de camomila e cavalinha

Chá de camomila e cavalinha

Um chá que combina as propriedades da camomila e da cavalinha é excelente para combater a hipertensão. A camomila é amplamente reconhecida por suas propriedades relaxantes e diuréticas. Da mesma forma, a cavalinha também tem essas propriedades diuréticas, o que ajuda a controlar a pressão arterial.

Ingredientes

  • 2 xícaras de água (500 ml).
  • 1 colher de sopa de folhas de cavalinha (15 g).
  • 1 colher de sopa de flores de camomila secas (15 g).

Preparação

  • Aqueça a água e, depois que ferver, adicione as ervas.
  • Aguarde 3 minutos, coe e consuma.
  • Além de saudável, este chá é delicioso e excelente para começar o dia ou para terminar a jornada após um dia extenuante.

3. Alecrime alh

O alecrim tem grandes propriedades hipotensivas e diuréticas. Também é rico em flavonoides, o que ajuda a melhorar a circulação do sangue e prevenir a rigidez arterial.

Ingredientes

  • 4 xícaras de água (1 litro).
  • 1 colher de sopa de folhas de alecrim secas (15 g).

Preparação

  • Aqueça a água até ferver. Adicione as folhas de alecrim e deixe ferver por 5 minutos.
  • Retire do fogo e deixe descansar por 15 minutos antes de coar.
  • Beba com moderação ao longo do dia.

Descubra como preparar um azeite aromatizado de alecrim e alho

4. Romã

A romã é uma fruta que contém antioxidantes e potássio, substâncias que contribuem para a saúde de todo o corpo e que, de certa forma, podem ajudar a regular a pressão sanguínea.

Ingredientes

  • 1 xícara de água (250 ml).
  • 1 colher de sopa de sementes de romã (15 g).

Preparação

  • Misture as sementes de romã com um copo de água e consuma. Não precisa coar.
  • Outra opção é extrair o suco com um espremedor de laranja.

Leia este artigo: Descubra os 2 melhores chás naturais ricos em magnésio

5. Louro

Chá de louro

O louro não é apenas um tempero básico na cozinha mediterrânea. Contém potássio e magnésio, dois minerais essenciais para a saúde cardiovascular e, portanto, para a pressão arterial.

Ingredientes

  • 2 folhas de louro
  • 1 copo de água (250 ml)

Preparação

  • Adicione a folha de louro em um copo de água fervente e deixe repousar por 10 minutos antes de coar e beber.
  • Beba com moderação.

Nota final

  • Antes de começar a consumir bebidas feitas de ervas e plantas medicinais, é importante consultar o médico. Lembre-se de que, para que os tratamentos fitoterapêuticos sejam úteis, é essencial usá-los com cautela.
  • Os seguintes remédios caseiros NÃO substituem o tratamento médico. Portanto, é melhor consumi-los como tratamento adjuvante (desde que o médico autorize).