4 situações em que é uma boa ideia voltar para o ex

Você está considerando a ideia de voltar com um ex-parceiro, mas não sabe se realmente é uma boa ideia? Oferecemos alguns conselhos neste artigo.

Será que as coisas com o seu companheiro chegaram a um ponto em que não era possível continuar sem se machucarem mutuamente? Você está a pensando em voltar com um ex-parceiro? Quando é uma boa ideia voltar para o ex?

Essas dúvidas são normais e muito comuns. Afinal, se o seu relacionamento acabou, foi por uma razão. Geralmente dar uma segunda oportunidade é uma má ideia, porque podemos cair em um círculo vicioso, ou em um relacionamento tóxico.

No entanto, há alguns casos em que dar essa oportunidade pode funcionar. Neste artigo, você vai saber em que casos vale a pena voltar para o ex. Isso não significa que você deve perdoar e esquecer tudo cada vez que essa pessoa erra, mas deverá analisar se você está interessado em retomar essa relação.

Quando vale a pena voltar para o ex

1. Há muito mais do que amor

Casal abraçado

O primeiro fator que você deve considerar ao querer voltar com um ex é se essa pessoa lhe oferece aquilo que você deseja para a sua vida. Não falamos de coisas materiais, mas de bem-estar psíquico e emocional.

Um exemplo comum disso é aquela relação que terminou porque um dos dois teve que deixar a cidade e não queriam um relacionamento à distância. Se agora essa pessoa voltou e você percebe que continua a oferecer-lhe segurança, carinho, diversão, lealdade e amizade, talvez possam achar que se amam de verdade.

Pode parecer que estamos falamos de conforto e do medo de conhecer pessoas novas, mas vale a pena se perguntar se você gostaria de retomar o que ficou pendente. Afinal, você pode descobrir que esse tempo separados serviu para que ambos saíssem com outras pessoas e vissem que esta relação tinha muitos pontos a favor.

As relações reatadas após uma separação pela distância
costumam voltar com muita força e empenho por parte dos dois.

2. Quando o problema não é maior que o amor

A decisão de voltar para o ex depende inteiramente de você e da importância que dá ao que levou ao fim do relacionamento. Também depende de quanto as duas pessoas tenham evoluído, da responsabilidade que tenham assumido sobre seus atos, e até que ponto tenham trabalhado em seu crescimento pessoal.

É importante avaliar a situação e colocar as coisas em perspectiva. Não há por que se sujeitar a preconceitos e melodramas. Existem questões que são pouco relevantes, mas que no momento nos parecem um grande problema, pois estamos de mau humor ou porque tivemos um dia difícil, e algo pequeno pode sair das proporções.

Também pode acontecer que a situação já não tenha relevância, porque as condições mudaram, ou porque já não nos afetam mais.

Aqui, você tem que colocar na balança se a relação era boa e se o problema poderia ou não ser superado. Se vocês decidirem dar outra oportunidade à relação, esclareçam o tema e coloquem um ponto final no que levou ao rompimento. O mais importante é superá-lo definitivamente e não trazer mais o assunto à tona, pois isso não trará nada de bom.

3. As ações são realmente significativas

Casal discutindo

Antes de voltar com um ex, analise se as suas ações realmente vão na mesma direção que suas palavras, ou seja, se ele ou ela faz o que diz. Todos nós sabemos que as palavras podem ser bonitas, mas isso não significa que sejam sinceras. É preciso ter coerência.

Por exemplo, se vocês terminaram porque ele era muito ciumento e agora afirma que aprendeu a controlar essa atitude, talvez você possa se sentir interessada. Antes de aceitar continuar com a relação, analise bem o seu comportamento para detectar sinais que possam indicar o contrário:

  • Ele pergunta o tempo todo onde você está e com quem?
  • Pega seu celular sem pedir e lê suas mensagens?

Você precisa confiar em seu instinto e não se deixar envolver pelas palavras que quer ouvir. Há situações, como a infidelidade ou os ciúmes, em que é preciso ter muito cuidado antes de retomar a relação, pois não são questões simples de mudar.

4. Os dois estão comprometidos com a melhoria da relação

Outro fator a considerar antes de voltar com um ex é o compromisso que a pessoa demonstra para melhorar a relação. Dar uma segunda chance implica que ambos trabalhem com amor e de forma responsável. A sinceridade deve prevalecer na comunicação.

Algumas pessoas trabalham muito para manter a relação até que, de repente, se cansam e preferem terminar. Nesse ponto, a outra pessoa se dá conta do que perdeu e tenta retomar o compromisso.

O problema aparece quando a pessoa que se esforçou por muito tempo não está mais disposta a seguir em frente. Se você pode dar a oportunidade, mas espera que, desta vez, seja ele quem te conquiste e trabalhe o tempo todo para melhorar a situação, talvez não funcione e a situação só piore.

Uma boa opção neste caso seria refletir profundamente sobre como agir e, em função disso, estabelecer novos parâmetros para fortalecer o compromisso e fazer com que tudo flua corretamente.

Voltar para o ex pode funcionar quando ambos se comprometem

Casal com as testas unidas

Há quem diga que, após terminar com alguém, você deve virar essa página por completo. Isso é válido, mas nem sempre é o melhor a fazer. O importante é que ambos estejam confortáveis.

A decisão só pode ser tomada por você e deve se basear em suas emoções, expectativas e compromissos pessoais. Seus argumentos têm que ser sólidos. Em seguida, converse com a outra pessoa e, se estiverem na mesma sintonia, podem se dar uma nova oportunidade. Mas sempre é preciso cuidar da saúde emocional de ambos.

Recomendados para você