4 motivos pelos quais nos sentimos sozinhos e como superá-los

Estar sozinho não é a mesma coisa que se sentir sozinho, e ainda que muitas vezes façamos confusão com estes dois termos, são totalmente diferentes.
4 motivos pelos quais nos sentimos sozinhos e como superá-los

Última atualização: 08 Março, 2021

Nos sentimos sozinhos em certas circunstâncias e situações. Às vezes, os nossos sentimentos têm uma razão de ser e estão baseados em eventos reais e tangíveis. No entanto, em outras ocasiões é uma emoção sem sentido, que não corresponde à realidade e que pode influenciar as nossas vidas e nossas relações com outras pessoas.

Motivos pelos quais nos sentimos sozinhos

São vários os motivos que podem nos levar a nos sentirmos sozinhos, como já falamos anteriormente. Porém, é preciso analisar as causas mais comuns e parar para refletir sobre elas.

1. Não temos um parceiro

Ter um parceiro parece ser imprescindível na sociedade na qual vivemos hoje. Esta situação faz com que os demais nos digam que precisamos sair mais, conhecer novas pessoas… Dão conselhos para que resolvamos a nossa “solteirice”.

Mas, e se você não quer ter um parceiro? É necessário se sentir mal por isso? A verdade é que estar solteiro não deveria fazê-lo se sentir sozinho. Temos amigos, família, animal de estimação…

Sentir-se isolado por não ter um companheiro nos leva a depender de alguém para sermos felizes. Isso vai nos deixar muito tristes, pois precisaremos constantemente de outra pessoa para “seguir em frente”.

Leia também: Contato zero: o bálsamo da dependência emocional

2. Não seguimos o caminho dos demais

Isso está intimamente ligado ao ponto anterior, quando não seguimos o caminho estabelecido (seja por não querer um parceiro estável, correr riscos por um trabalho em outro país, ou simplesmente não ter filhos), podemos nos sentir sem apoio e incompreendidos.

A solução está na autoconfiança: temos que aumentar a autoestima e a segurança. A nossa vida é um papel em branco. Não importa se nascemos em uma cultura e sociedade onde a maioria das pessoas age ou segue um determinado caminho.

Temos que viver a vida que queremos, aquela que nos fará felizes, mesmo que não corresponda ao que os outros costumam escolher.

3. Os amigos que estão em um relacionamento desaparecem

O que costuma ocorrer quando um amigo encontra um parceiro? Costuma desaparecer e deixar as amizades de lado. Até que a relação com aquela pessoa termine, você raramente pode estar ao seu lado. Esta situação acontece com mais frequência do que você imagina.

Para levar isso da melhor maneira, principalmente se temos poucos amigos, devemos nos animar a fazer aquilo que fazíamos com os amigos, mas sem eles.

Temos a melhor companhia possível: nós mesmos. Usar esse tempo para nos conhecermos melhor pode ser muito enriquecedor. Além disso, você tem que deixar algo claro: um amigo que só se lembra de nós quando está solteiro não vale a pena.

4. Por viver muito tempo na internet

Na era da tecnologia, muitos interagem com as pessoas mais pelas redes sociais do que pessoalmente. Isso, em certas situações pode ser benéfico, mas pode acabar gerando problemas relacionados à solidão.

É aconselhável tentar encontrar pessoas que nos façam sentir bem em locais físicos. Não importa se é um bar, uma cafeteria ou uma biblioteca, o que importa é a interação cara a cara.

Com isso, se procura gerar um sentimento de intimidade e proximidade que, por mais que tentemos, não nos é fornecido por um computador ou um celular. Dessa forma, podemos nos sentir menos sozinhos.

Pode lhe interessar: O uso adequado da internet para melhorar o seu bem-estar

É preciso trabalhar o próprio bem-estar

Quando nos sentimos sozinhos por algumas das razões anteriores, o mais provável é que buscamos estar com os outros porque temos algum tipo de carência. O problema é que, no momento em que eles vão embora, caímos novamente naquele buraco de isolamento, escuridão e tristeza.

Portanto, o mais importante nesses casos é focar em si mesmo e cultivar o amor próprio e a autoestima. Se não nos amarmos o suficiente, nunca nos sentiremos completos ou felizes com o que já temos.

Da mesma forma, você também pode consultar um psicólogo. Fazer terapia pode ser muito benéfico para descobrir de onde vêm essas carências afetivas. Seja como for, você não precisa ficar parado. O bem-estar está em nossas mãos.

Pode interessar a você...
Melhor Com SaúdeLeia em Melhor Com Saúde
Estar sozinho dói, mas através da dor você pode se curar

Embora possamos sentir um pouco de medo e dor, ao estar sozinho, você pode aprender muito sobre si mesmo e apostar no seu bem-estar e crescimento.