4 motivos pelos quais nos sentimos sozinhos e como superá-los

· 24 de julho de 2018
Estar sozinho não é a mesma coisa que se sentir sozinho, e ainda que muitas vezes fazemos confusão com estes dois termos, costumamos nos sentir e acreditar que estamos sozinhos quando na verdade não estamos.

São muitos os motivos pelos quais nos sentimos sozinhos em determinadas circunstâncias e situações. No entanto, se olharmos de verdade em um espelho e observarmos ao nosso redor, perceberemos que, na realidade, não estamos sozinhos.

Cada vez que nos sentimos sozinhos um vazio se apodera de nós. Temos medo de não ter ninguém ao nosso lado. Isso nos leva a agir de determinadas formas que, ao invés de resolver a situação, a agravam. Por isso hoje iremos descobrir 4 razões que explicam por que isso acontece.

Motivos pelos quais nos sentimos sozinhos

1. Não temos um parceiro

Ter um parceiro parece ser imprescindível na sociedade na qual vivemos hoje. Esta situação faz com que os demais digam à amiga ou amigo solteiro que ele ou ela tem que sair mais, que tem que se arrumar mais… Dão conselhos para que resolva sua “solterice”.

Mas, e se em seu interior você não quer ter um parceiro? É necessário se sentir mal por isso? A verdade é que estar solteiro não deveria fazê-lo se sentir sozinho.

Se é assim que você se sente, é porque as crenças que afirmam que “sem parceiro não sou nada”, “vou ficar para titia” ou “ficarei sozinho para o resto da vida” estão agindo em você.

Mulher meditando sozinha

A sensação de solidão por não ter um parceiro nos leva a depender de alguém para poder ser felizes. Isso nos deixará muito infelizes, já que devemos aprender a estar bem e em paz sem ninguém ao nosso lado. Nossa felicidade não depende de outras pessoas.

Leia também: Contato zero: o bálsamo da dependência emocional

2. Não seguimos o caminho dos demais

Isso está bastante ligado ao ponto anterior: quando não seguimos o caminho estabelecido, quando não queremos ter um parceiro, mas a maioria dos nossos amigos têm, nos sentimos sozinhos. Aliás, mais do que sozinhos, nos sentimos incompreendidos e sem o apoio dos demais.

Não seguir o mesmo caminho que os demais nos faz sentir sozinhos. No entanto, não estamos. A confiança em nós mesmos, assim como aumentar a autoestima e a segurança, serão condições indispensáveis para nos sentirmos bem.

Nossa vida é um papel em branco. Não importa que tenhamos nascido em uma cultura e sociedade onde a maioria das pessoas agem ou seguem um caminho determinado. Nós temos que viver a vida que queremos, a que nos fará felizes, ainda que não corresponda com a que os demais costumam escolher.

3. Os amigos que estão em um relacionamento desaparecem

O que costuma ocorrer quando um amigo encontra um parceiro? Costuma desaparecer e deixa as amizades de lado. Até que a relação com aquela pessoa termine, você raramente pode estar ao seu lado. Esta situação acontece com mais frequência do que você imagina.

Para levar isso da melhor maneira, principalmente se temos poucos amigos, devemos nos animar a fazer aquilo que fazíamos com os amigos, mas sem eles. Podemos ir tomar um café sozinhos! Podemos ir ao cinema sozinhos! Não temos motivo para nos sentirmos sozinhos neste caso. Temos a melhor companhia: nós mesmos. 

Mulher deitada na grama com pássaros

Muitas vezes, a sociedade nos condiciona a realizar diversas atividades com outras pessoas. No entanto, também podemos desfrutá-las sem ninguém além da nossa própria companhia. Isso permitirá nos conhecer melhor e aprender a desfrutar da vida sem depender dos outros.

4. Queremos que os outros cubram nossas carências

Quando nos sentimos sozinhos por algumas da razões anteriores, o mais provável é buscar estar com os outros porque temos algum tipo de carência. Por exemplo, se nossos pais não nos deram afeto, faltarão aquelas carícias e aquele amor.

Por isso, na vida adulta, teremos uma falta de carinho que tentaremos suprir estando com pessoas que retribuirão o amor. No entanto, se estas pessoas se vão de nossas vidas, voltaremos a nos sentir sozinhos. Por isso, não funciona.

Quando nos sentimos sozinhos porque buscamos que os demais cubram partes de nós que não somos capazes de preencher, é importante fazer um trabalho para aumentar a autoestima.

É necessário procurar um profissional que nos ajude a conhecer quais são as coisas que nos preenchem, e que nos guie para que consigamos nos dar todo esse amor ou afeto que tanto nos falta. Desta forma, não teremos nunca mais que buscá-lo nos outros.

Entender isso tudo para evitar se sentir sozinho é um processo longo até que começa a ser seguido. No entanto, é o único caminho para que possamos ser realmente felizes sem depender e sem nos prender a ninguém.