3 hábitos simples para perder peso sem passar fome

· 19 de março de 2018
Aprender a combinar os alimentos de forma adequada pode ser fundamental para conseguir perder peso e, o que é mais importante, não voltar a ganhá-lo no futuro.

Existem muitos tipos de dietas, algumas delas contraditórias, e nem todas funcionam com a mesma eficácia para cada pessoa. No entanto, há alguns conselhos muito úteis e gerais que podem nos ajudar a perder peso sem passar fome.

Se você se propôs a perder alguns quilos para conseguir atingir um peso equilibrado, é possível que tenha algumas dúvidas.

Conheça neste artigo 3 hábitos simples que facilitam a perda de peso saudável.

É possível perder peso sem passar fome

Temos um conceito equivocado a respeito do emagrecimento. Nós o associamos a uma restrição de gorduras e calorias, uma diminuição das porções e aumento do exercício.

Embora estas sejam pautas gerais, a verdade é que há muitos fatores que influenciam a perda de peso.

O mais recomendável é perder peso de forma gradual e saudável, e adotar bons hábitos que possam ser mantidos a longo prazo. Desta forma, embora demore um pouco mais para conseguir chegar ao peso adequado, o resultado será mais duradouro e evitaremos o efeito rebote.

Passar fome nunca será uma boa opção. As pessoas que fazem este sacrifício desnecessário ignoram que o corpo é inteligente e que este ato só consegue favorecer a reserva de gordura e os ataques de fome.

3 hábitos emagrecedores

Entre os diferentes fatores que facilitam a perda de peso, recomendamos estes 3 simples hábitos com resultados surpreendentes para emagrecer e também para prevenir problemas de saúde.

1. Água com vinagre

Água com vinagre

A simples combinação de água com vinagre de maçã tem efeitos milagrosos para nos ajudar a perder peso sem passar fome e com mais facilidade.

Em primeiro lugar, esta bebida medicinal acelera o metabolismo. Isso leva a um maior gasto energético e a um aumento na queima de calorias.

A água com vinagre também reduz os níveis de açúcar no sangue. Este benefício, além de prevenir problemas de saúde, acalma a vontade de comer doces e facilita a digestão.

Por último, o vinagre de maçã facilita a eliminação de gorduras e toxinas de nosso organismo.

Ingredientes

  • 1 colher de sopa de vinagre de maçã (15 ml)
  • 1 copo de água (200 ml)

Como tomar?

  • Beba esta mistura três vezes ao dia, meia hora antes de cada uma das refeições principais.

2. Combinação de alimentos

Carne vermelha

Aprender a combinar os alimentos é uma chave muito eficaz para perder peso comendo a mesma quantidade de antes.

O importante é descobrir quais são os alimentos que, combinados, engordam muito mais do que se fossem consumidos em outro momento.

Além disso, graças a esta mudança, podemos melhorar muitos transtornos digestivos e, inclusive, combater a retenção de líquidos e o inchaço.

Alimentos que não devemos misturar:

  • Diferentes tipos de proteínas em uma mesma refeição: carne, peixe, ovo, leguminosas. Uma porção de proteína por refeição é suficiente, e devemos alternar as de origem animal com as de fontes vegetais.
  • Os laticínios não devem ser consumidos sozinhos. Eles não combinam bem com nenhum outro tipo de alimento.
  • É melhor consumir as sobremesas no lanche: tanto as frutas quanto os doces engordam mais e dificultam a digestão se forem consumidos junto com as refeições.
  • É melhor combinar as proteínas com vegetais: a carne com batata não engorda apenas pelas calorias que contém, mas também pela má combinação de proteínas e carboidratos.

Sempre que comermos carne devemos combiná-la com uma porção de vegetais.

3. Jantares inteligentes

Salada para o jantar

A refeição mais importante do dia para perder peso sem passar fome é o jantar. O que comemos à noite costuma se converter em reservas de gordura em nosso corpo.

É preciso levar em conta duas questões:

  • Jantar cedo: não recomendamos comer nada durante as duas horas antes de dormir. O ideal é jantar, sempre que possível, antes das 8 horas da noite.
    • Para evitar a fome, tente reforçar as outras duas refeições principais: o café da manhã e o almoço.
  • Jantar leve: à noite devemos reduzir o consumo de carboidratos (pão, pizza, macarrão, batata), já que eles nos proporcionam energia demais. Uma boa opção é combinar proteína e vegetais.
    • Em todo caso, podemos acrescentar uma pequena porção de cereais, como a quinoa, a aveia e o painço, que são ricos em proteínas.
    • A farinha de grão-de-bico também é uma excelente alternativa às farinhas refinadas para preparar crepes e outros tipos de massas.