10 efeitos negativos que o estresse provoca em sua aparência

13 de setembro de 2016
Sabia que muitos dos fatores que afetam sua beleza estão relacionadas ao estresse? Procure controlar seus possíveis desencadeantes para que não deteriorem sua imagem.

O estresse é um sentimento de tensão física ou emocional que aparece em situações de frustração, fúria ou tensão, entre outras.

Em pequenos episódios ele é normal e positivo, pois algumas vezes ajuda a evitar o perigo ou as más decisões.

No entanto, na maior parte do tempo, ele resulta em efeitos negativos porque se produz de forma descontrolada e sob circunstâncias que prejudicam nossa boa qualidade de vida.

Ainda que possa se manifestar através de uma série de emoções negativas, está comprovado que também provoca sintomas físicos notórios e difíceis de tratar.

Devido ao aumento dos níveis de hormônios como o cortisol e a adrenalina, o organismo passa por algumas mudanças que podem ser sentidas tanto na saúde quanto na beleza.

Entre eles, a pele desenvolve uma série de alterações que podem afetar a imagem do rosto e do corpo. Conheça-as a seguir.

Consequências do estresse em nossa aparência

1. Bolsas sob os olhos

efeitos-estresse-bolsas-sob-os-olhos

O estresse, a insônia e as alterações no rosto têm uma relação bastante forte entre si.

As preocupações, os problemas financeiros e de relacionamento, além de uma lista infindável de tarefas, diminuem a qualidade do sono e levam ao aparecimento dessas bolsas.

Isso faz com que a pele e os olhos pareçam cansados, envelhecidos e com um evidente problema de retenção de líquidos.

Leia também: Conselhos para se livrar das bolsas sob os olhos

2. Pele seca

A tensão causada por este problema também interrompe a hidratação adequada da derme. Sua falta de controle diminui o desejo de ingerir água e aumenta a tendência de consumir mais café ou refrigerante.

O principal inconveniente é que o corpo precisa de fontes saudáveis de água para poder se hidratar e manter a boa oxigenação da pele.

3. Acne

efeitos-estresse-acne

Está provado que o estresse tem muito a ver com o desenvolvimento da acne, da psoríase, do eczema e de outros problemas de pele comuns.

A liberação de cortisol cria um desequilíbrio hormonal que se manifesta em surtos do problema e alterações tanto no rosto quanto em outras áreas do corpo.

Isso também causa um desequilíbrio na flora microbiana do intestino, que desempenha um papel importante para a saúde da pele.

4. Brotoejas e urticária

As brotoejas e a urticária são causados por um desequilíbrio nos intestinos conhecido como disbiose.

O problema surge quando as bactérias colonizam este órgão e inibem o funcionamento das bactérias benéficas, que protegem a saúde.

5. Perda excessiva de cabelos

efeitos-estresse-queda-de-cabelo

Às vezes, a perda excessiva de cabelo é o resultado da constante exposição a situações estressantes.

Este transtorno interrompe o crescimento do folículo piloso e causa um enfraquecimento que conduz à queda dos fios.

6. Rugas precoces

Quando não prestamos atenção a esse problema, o cortisol se desequilibra de forma significativa e provoca consequências como o ganho de peso, a elevação da pressão arterial e a perda de colágeno.

Isso faz com que a pele perca sua elasticidade e desenvolva rugas precoces em áreas como o rosto, o pescoço e as mãos.

7. Cabelos brancos precoces

efeitos-estresse-cabelos-brancos

O cabelo também pode ficar branco antes do tempo por causa desse problema. Se você tem fatores genéticos que levam ao surgimento de fios brancos, o estresse diminui facilmente a produção de melanina, aumentando o número de fios grisalhos ou brancos.

Se aumentarmos a ingestão de biotina, proteínas e vitamina E, podemos diminuir esses efeitos negativos para conservar s cabelos fortes e jovens.

8. Linhas nas unhas

O surgimento de linhas verticais nas unhas é algo comum e tem a ver com o processo normal de envelhecimento e algumas deficiências nutricionais.

No entanto, quando surgem de um extremo a outro da cutícula são um sinal evidente de que o estresse está afetando o organismo.

Visite este artigo: O que roer as unhas fala da sua personalidade

9. Bolhas nas mãos

efeitos-estresse-bolha-nas-mãos

Às vezes aparecem bolhas nas mãos que se confundem com a micose e com outros problemas causados por fungos.

No entanto, trata-se de uma doença de pele chamada disidrose, bastante relacionada com períodos mais longos de estresse.

10. Pele desprotegida

A pele estressada é mais suscetível aos agentes irritantes e infecciosos que afetam sua saúde. A falta de controle emocional abre caminho para a ação de fungos, queimaduras superficiais, manchas e outros sinais que fazem a pessoa aparentar mais idade.

Como você pode ver, o estresse vai muito além de um estado emocional e pode influenciar até o que menos imaginamos.

Ainda que muitos produtos cosméticos possam acalmar e reverter esses efeitos, é importante frear este problema e tentar relaxar sempre que possível.