Tratamento natural para a talalgia (dor no calcanhar)

22 Novembro, 2019
Apesar de o repouso ser importante para não sobrecarregar a região, também podemos fazer massagens localizadas para aliviar a tensão e aplicar óleos essenciais com propriedades anti-inflamatórias.
 

Talalgia é o nome dado à dor no calcanhar do pé. É uma patologia muito comum em alguns atletas, pois é a parte que amortece o impacto durante um exercício.

A causa desse problema comum é muitas vezes na fascite plantar ou no esporão do calcâneo. Por isso, é sempre apropriado avaliar essas condições com um especialista que possa aconselhá-lo sobre o seu tratamento.

Por nossa parte, nós recomendamos tratamentos naturais simples com os quais você pode encontrar algum alívio. Nós te convidamos a tomar nota!

Talalgia, um problema muito comum

Sem dúvidas isso já aconteceu com você alguma vez: você se levantou pela manhã e, ao colocar o pé no chão, notou uma dor muito intensa na região do calcanhar.

É comum sentir este problema depois ter feito algum tipo de esforço, de ter andado durante muito tempo ou de ter dado um “passo em falso”. A isso somamos ocasiões em que usamos um sapato inadequado.

De acordo com este relatório da Biblioteca Nacional de Medicina dos Estados Unidos, a talalgia pode ser causada por uma inflamação da fáscia, a musculatura que vai do calcanhar aos metatarsianos.

Nesta região sempre é exercida uma alta tensão, mas se além disso, a anatomia dos pés for um pouco diferente, como por exemplo com os pés planos, isso fará com que tenhamos uma tendência maior a desenvolver fascite plantar ou esporões.

O uso de sapatos muito planos ou, ao contrário, saltos muito altos, fará com que mais cedo ou mais tarde soframos de talalgia.

 

As crianças também podem sofrer talalgia. A origem está em uma musculatura que cresce em menor velocidade do que o osso, e por isso causa dor. Nestes casos, o mais adequado é usar palmilhas para compensar essas pequenas desigualdades.

Leia mais para saber como tratar o esporão calcâneo

Tratamento natural para a talalgia

Primeiramente, devemos ter claro que este tipo de doença demora muito para se resolver. Em algumas ocasiões, como pode ser o caso do esporão, vamos precisar inclusive de uma intervenção cirúrgica para aliviar o problema.

Agora, caso a sua talalgia seja algo pontual, por ter pisado mal, por exemplo, não deixe de colocar em prática algumas dicas simples. Confira:

Massagem na planta do pé

pes

É necessário reabilitar a musculatura dessa região do pé e, para isso, algo tão simples como fazer pequenas massagens na região plantar pode ajudar a aliviar a tensão.

  • Pegue uma bola de tênis ou de plástico mais resistente que, além de tudo, ajudará a estimular a circulação.
  • Coloque-a na planta do pé e faça-a rodar pouco a pouco, assim como aparece na imagem acima.
  • Faça séries de dez minutos, entre 4 e 5 vezes por dia, sentado e sobre uma toalha ou esteira.
 

Banhos de contraste para os pés

Do que precisaremos?

  • Uma bacia com água quente e outra com água fria.
  • Em ambas colocaremos 5 colheres de sopa de sal grosso (50 g) e 3 ramos de alecrim.

Preparo

  • O tratamento frio-calor é um dos mais efetivos para reduzir a dor da talalgia, como este estudo da Universidade das Américas (Chile) assegura. Para esse tratamento é preciso dispor de tempo e um espaço adequado para poder deixar as duas bacias de água no chão e ir alternando a aplicação.
  • O ideal seria passar dois minutos em cada recipiente. Introduzir raminhos de alecrim na água também pode ajudar. Esta planta medicinal é muito adequada para desinflar e tonificar os músculos.

Curativo para a fáscia plantar

curativo-nos-pes

O curativo plantar ou “taping”, por meio de tiras de esparadrapo adesivas, também é uma técnica muito eficaz. Atenuará a dor e reduzirá a inflamação. É recomendável, é claro, que o tratamento seja realizado por um médico. Se você não puder ir até um especialista, siga essas orientações:

  • Para usá-la, basta se guiar pela imagem acima, de forma que exerça uma leve pressão no pé. A seguir, cruze a fita passando pela parte central do pé. Nesta região é preciso reforçar colocando 3 tiras de esparadrapo.
 
  • Mantenha o “curativo” durante o dia todo e verá como proporcionará alívio.

Recomendamos o seguinte artigo: 9 relaxantes musculares naturais 

Priorize o descanso

Toda talalgia requer, como já dissemos antes, algum tempo para se resolver. Assim, sempre que possível, procure manter um repouso adequado para evitar piorar o problema, seja a fascite ou o esporão.

O melhor óleo essencial para aliviar a talalgia

Como-preparar-um-bálsamo-de-arnica-

Existem óleos essenciais muito úteis para tratar as lesões musculares, assim como os problemas com as articulações ou tendões.

  • O óleo de arnica é o mais adequado para tratar a talalgia. De acordo com este estudo realizado pelo Hospital Militar Central Dr. Carlos J. Finlay (Cuba), ele funciona como um bom anti-inflamatório e vasodilatador. Ao exercitar uma massagem suave na área plantar, produz calor e melhora a circulação. Além disso, reduz a dor causada por luxações, entorses ou fasciíte.

Você também vai gostar de saber que o óleo de arnica é o preferido pelos atletas toda vez que eles sofrem uma lesão.

E então, você se anima a experimentar?

Você pode encontrar o óleo de arnica em lojas naturais, além de cremes já preparados em farmácias. É um dos melhores tratamentos que você pode usar, e ideal se você fizer duas massagens com esse óleo duas vezes por dia.

 

Alvarez-Nemegyei, J., & Canoso, J. J. (2004). Evidence-based soft tissue rheumatology. V: Plantar talalgia. Journal of Clinical Rheumatology. https://doi.org/10.1097/01.rhu.0000141506.15255.ca

Bravo Acosta, T., López Pérez, Y. M., Hernández Tápanes, S., Martín Cordero, J. E., Gómez Lotti, A., & Blanco Aliaga, S. (2008). Talalgia. Revisión bibliográfica. Revista Iberoamericana de Fisioterapia y Kinesiologia. https://doi.org/10.1016/S1138-6045(08)71833-1

Jiménez Leal, R. (2010). Tratamiento de la fascitis plantar. J. Sport Health Res. https://doi.org/10.1016/S0211-5638(07)74421-8