6 tipos de doenças cardíacas e seus sintomas

A doença cardíaca é uma condição com risco de vida muito grave para aqueles que sofrem dela. É por isso que, hoje, mencionaremos 6 das mais comuns e seus principais sintomas, para que possam ser identificados em tempo hábil.
6 tipos de doenças cardíacas e seus sintomas

Última atualização: 17 Abril, 2021

Existem inúmeras patologias que afetam o coração ou os vasos sanguíneos; elas são classificadas como diferentes tipos de doenças cardíacas. São muito comuns e constituem a principal causa de morte em vários países.

Infelizmente, de acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS)30% das mortes registradas em 2017 foram devido a alterações cardiovasculares. Não é surpreendente que qualquer doença que altere o funcionamento do coração seja um motivo de grande preocupação. Por isso, vamos citar as mais comuns e seus principais sintomas a seguir.

1. Tipos de doenças cardíacas: hipertensão arterial

Um dos tipos mais comuns de doenças cardíacas é a hipertensão arterial ou pressão arterial alta. Em condições normais, o sangue exerce uma força específica nas paredes dos vasos sanguíneos, chamada de pressão arterial.

Em várias situações, essa pressão pode ser tão alta que pode danificar os órgãos do corpo. Isso pode ocorrer devido a um aumento no volume de sangue circulante ou a uma diminuição do diâmetro das artérias.

De acordo com dados da European Society of Cardiology, uma pessoa com pressão arterial sistólica maior que 140 mmHg, ou pressão arterial diastólica maior que 90 mmHg, sofre de hipertensão. Felizmente, essa patologia é fácil de diagnosticar e seu tratamento é bastante acessível.

Sintomas

Essa patologia não tem uma sintomatologia específica, então muitas pessoas podem sofrê-la sem saber. Porém, há pacientes que apresentam vários sintomas quando os valores atingem níveis elevados. Entre eles estão dores de cabeça, tontura, falta de ar e sangramento nasal.

No entanto, todos esses sintomas são inespecíficos e raramente são atribuídos a valores elevados da pressão arterial.

Senhor sofrendo um infarto
A dor no peito é um sinal de várias doenças cardíacas.

2. Cardiopatia coronariana

A doença coronariana é uma doença que afeta as artérias responsáveis ​​pelo fornecimento de sangue ao coração. O interior dos vasos sanguíneos se estreita por vários motivos, o que leva a um suprimento insuficiente de oxigênio para o músculo cardíaco.

As placas de ateroma são a principal causa da diminuição do diâmetro arterial. São formações de lipídios ou gorduras que se acumulam nas paredes das artérias, que podem se romper e bloquear completamente um vaso.

Uma das complicações mais frequentes dessa doença é o infarto agudo do miocárdio, que ocorre quando a artéria está completamente bloqueada, não havendo suprimento sanguíneo adequado. Isso faz com que as células não tenham oxigênio suficiente e morram em questão de minutos.

Sintomas

O principal sintoma da doença coronariana é a angina ou dor no peitoEla aparece, na maioria dos casos, após a atividade física intensa, fica localizada no centro do tórax, é constritiva por natureza e geralmente desaparece após alguns minutos de repouso.

Além da dor no peito, alguns pacientes podem apresentar os seguintes sintomas:

  • Fadiga.
  • Dificuldade para respirar.
  • Fraqueza no corpo.
  • Dor de cabeça.
  • Tontura.

3. Tipos de doenças cardíacas: insuficiência cardíaca

Entre os tipos mais graves de doenças cardíacas, podemos encontrar a insuficiência cardíaca. É uma síndrome clínica em que o coração não consegue realizar a sua função de bombear e há um baixo gasto cardíaco, ou seja, não há uma saída de sangue adequada.

Em termos gerais, quando há insuficiência cardíaca, o músculo ventricular fica muito fraco, por isso não se contrai corretamente. Isso pode ser causado por uma grande variedade de alterações estruturais ou funcionais, sendo, portanto, o estágio final de certas patologias cardiovasculares.

Esta doença pode afetar um único ventrículo ou todo o coração. Infelizmente, quando o paciente chega a esse ponto, não há como reverter o problema. Porém, a situação pode ser melhorada com o uso de medicamentos e mudanças no estilo de vida.

Sintomas deste tipo de doença cardíaca

Os sintomas da insuficiência cardíaca podem variar dependendo das cavidades afetadas. Nesse sentido, quando o ventrículo direito é afetado, os sinais serão respiratórios e poderemos observar o seguinte:

  • Dificuldade respiratória.
  • Incapacidade de respirar enquanto está deitado.
  • Tosse com expectoração rosa claro.
  • Dispneia paroxística noturna.

Por outro lado, se o ventrículo esquerdo for afetado, haverá sintomas sistêmicos, entre os quais se destacam:

  • Inflamação dos membros inferiores.
  • Fadiga.
  • Ingurgitamento jugular.
  • Ascites.

4. Um dos tipos de doença cardíaca infantil: cardiopatia congênita

Uma das causas mais comuns de problemas cardíacos em crianças é a doença cardíaca congênita. São defeitos estruturais que se originam na gravidez, durante a formação do coração do bebê. Esta não é uma alteração única, mas um conjunto delas.

Infelizmente, não é possível estabelecer uma causa específica para esta patologia, pois são muitas as situações que podem afetar a formação do coração. Graças aos avanços científicos, a sobrevivência de crianças com esse problema aumentou significativamente e quase todas chegam à idade adulta.

Sintomas

Os sintomas desses tipos de cardiopatias congênitas geralmente aparecem nos primeiros dias após o parto. Há respiração rápida, lábios roxos, dificuldade de alimentação e problemas de crescimento.

Por outro lado, algumas pessoas que nasceram com malformação congênita e chegam à idade adulta apresentam arritmias, dificuldade para respirar, coloração azulada da pele, cansaço e inflamação dos membros inferiores.

5. Cardiopatia reumática

Várias doenças sistêmicas podem afetar o coração; um exemplo disso é a febre reumática. Este é um tipo de doença cardíaca que surge como resultado de uma cepa de estafilococos que ataca o tecido conjuntivo, provocando uma reação autoimune.

Dessa forma, afeta o músculo e as válvulas cardíacas, provocando grandes danos em um quadro de cardiopatia reumática. Esses danos se tornam tão graves que podem causar insuficiência cardíaca e a morte do paciente.

Sintomas

O diagnóstico desta doença é difícil; é baseado nos sintomas do paciente e na presença de anticorpos específicos no sangue. Nesse sentido, os principais sinais de febre reumática são os seguintes:

  • Febre que não excede 38,5 °C.
  • Dores musculares e articulares.
  • Fraqueza geral.
  • Vômito.
  • Artrite.

6. Miocardiopatia

Cirurgia de coração aberto
Alguns tipos de doenças cardíacas são resolvidos cirurgicamente, como as doenças cardíacas congênitas.

As miocardiopatias são doenças cardíacas que afetam o músculo cardíaco. Elas modificam a forma e a distribuição das células que o compõem. Desta forma, o músculo é alterado.

Os 3 tipos mais comuns de miocardiopatias são a dilatada, a hipertrófica e a restritiva. No primeiro, os ventrículos estão aumentados, enquanto no segundo, a parede ventricular está espessada. Finalmente, no restritivo, o ventrículo fica rígido devido à infiltração do tecido conjuntivo.

Sintomas

Embora possa ser assintomática no início, na fase final haverá um baixo gasto cardíaco; portanto, os sintomas apresentados serão semelhantes. Entre eles, podemos encontrar o seguinte:

  • Falta de ar após a atividade física.
  • Inflamação dos membros inferiores.
  • Fadiga.
  • Palpitações.
  • Tonturas e desmaios.

Os tipos de doenças cardíacas pioram com o tempo

Como você pode ver, os principais sintomas dos distúrbios cardiovasculares são dificuldade respiratória, arritmias e inflamação nos membros inferiores. Portanto, é imperativo consultar um médico imediatamente após o surgimento de qualquer sintoma, principalmente se nenhuma causa provável for atribuída a ele.

Por outro lado, se você sofre de uma ou mais doenças cardíacas, deve realizar um controle médico constante. É importante lembrar que a maioria desses distúrbios é degenerativo e crônico; portanto, sua condição pode piorar com o tempo.

Pode interessar a você...
5 remédios caseiros para prevenir doenças cardíacas
Melhor Com SaúdeLeia em Melhor Com Saúde
5 remédios caseiros para prevenir doenças cardíacas

É importante saber como prevenir doenças cardíacas, pois esta é uma das principais causas de mortalidade nos países desenvolvidos.



  • American Heart Association. What is Cardiovascular Disease? [Internet]. www.heart.org. 2017. Available from: https://www.heart.org/en/health-topics/consumer-healthcare/what-is-cardiovascular-disease.
  • Mesa, Isis Laura Vázquez, et al. “Caracterización de la epistaxis.” Revista Cubana de Otorrinolaringología y Cirugía de Cabeza y Cuello 3.2 (2019).
  • Valentín Rodríguez, Aymara. “Cardiopatías congénitas en edad pediátrica, aspectos clínicos y epidemiológicos.” Revista Médica Electrónica 40.4 (2018): 1083-1099.
  • Castro, Sofía Teresa Valdez, Antonella Fanny Montenegro Villavicencio, and Lucía Andrea Jiménez Rivera. “Cardiopatía reumática diagnóstico y tratamiento.” RECIAMUC 3.4 (2019): 41-55.
  • Ciapponi, Agustín, et al. “Carga de enfermedad de la insuficiencia cardiaca en América Latina: revisión sistemática y metanálisis.” Revista Española de Cardiología 69.11 (2016): 1051-1060.
  • Williams B, Mancia G, Spiering W, Rosei E, Azizi M, Burnier M et al. Guía ESC/ESH 2018 sobre el diagnóstico y tratamiento de la hipertensión arterial. Revista Española de Cardiología. 2019;72(2):1-78.
  • Martínez-Paz, E., Gonzalo Barge-Caballero, and María Generosa Crespo-Leiro. “Protocolo diagnóstico de las miocardiopatías genéticas.” Medicine-Programa de Formación Médica Continuada Acreditado 12.43 (2017): 2585-2588.
  • Chen M. Coronary heart disease [Internet]. MedlinePlus Medical Encyclopedia. 2020. Available from: https://medlineplus.gov/ency/article/007115.htm.
  • Sionis A, Sionis Green A, Manito Lorite N, Bueno H, Coca Payeras A, Díaz Molina B et al. Comentarios a la guía ESC 2016 sobre el diagnóstico y tratamiento de la insuficiencia cardíaca aguda y crónica. Revista Española de Cardiología. 2016;69(12):1119-1125.
  • Personal de Mayo Clinic. Enfermedad cardíaca congénita en adultos [Internet]. Mayo Clinic. 2018. Available from: https://www.mayoclinic.org/es-es/diseases-conditions/adult-congenital-heart-disease/symptoms-causes/syc-20355456.
  • Cáceres G, Aceval S, Campos G, Ponce L, Echavarría M. Fiebre Reumática. Revista de Posgrado de la VIa Cátedra de Medicina. 2009;194:14-20.
  • Coll Muñoz, Yanier, Francisco Valladares Carvajal, and Claudio González Rodríguez. “Infarto agudo de miocardio. Actualización de la Guía de Práctica Clínica.” Revista Finlay 6.2 (2016): 170-190.
  • Suboc T. Introducción a la miocardiopatía – Trastornos del corazón y los vasos sanguíneos [Internet]. Manual MSD versión para público general. 2019. Available from: https://www.msdmanuals.com/es-ve/hogar/trastornos-del-coraz%C3%B3n-y-los-vasos-sangu%C3%ADneos/miocardiopat%C3%ADa/introducci%C3%B3n-a-la-miocardiopat%C3%ADa.
  • CURTO, SERGIO, Omar Prats, and MARIO ZELARAYAN. “Mortalidad por enfermedades cardiovasculares: Uruguay, 2009.” Revista Uruguaya de Cardiología 26.3 (2011): 189-196.