Como saber se a madeira tem caruncho?

06 Outubro, 2020
Nem sempre é fácil detectar os carunchos, ainda que eles possam viver dentro da madeira por anos. Quando finalmente conseguimos verificar que estão presentes, a estrutura pode ter sido seriamente danificada.

O caruncho é um dos principais inimigos da madeira. Além disso, como os buracos e túneis criados pelos carunchos não são perceptíveis até que tenham causado danos significativos, é necessário ter cuidado para preveni-los e detectá-los o mais rápido possível. Neste artigo, explicaremos o que é o caruncho e como detectá-lo o quanto antes.

Caruncho

Caruncho é o nome dado às larvas de várias espécies de besouros, especialmente conhecidas por roer, perfurar e deteriorar a madeira. Essas larvas são xilófagas, ou seja, se alimentam de madeira.

Ao se alimentar, ele rói e cria túneis e galerias dentro da madeira, danificando seriamente a sua estrutura. Por esse motivo, é essencial estar vigilante e tentar impedir a sua instalação.

Qual madeira o caruncho prefere?

Móveis de madeira
O caruncho costuma estar associado à madeira manuseada por seres humanos, pois as temperaturas são mais agradáveis ​​e a presença de umidade é menor.

O caruncho é um inseto ligado ao ser humano, ou seja, geralmente aparece onde existem estruturas de madeira construídas pelo homem, de modo que sua presença na natureza é escassa.

Este verme prefere madeiras pouco úmidas, em locais longe do calor e do frio excessivos e também da água. Por esse motivo, é realmente estranho encontrá-lo em árvores vivas ou em florestas.

Assim, é mais provável que você encontre os carunchos em:

  • Móveis de madeira ou estruturas antigas.
  • Onde existe uma temperatura de aproximadamente 20 – 24º C.
  • As madeiras mais suscetíveis e vulneráveis ​​são a madeira de faia, a madeira do bordo e a madeira da castanheira.

Talvez você possa se interessar: 6 remédios caseiros para manter os insetos longe de casa

Como detectar o caruncho na madeira?

Os carunchos não são facilmente detectáveis ​​nos estágios iniciais, uma vez que os buracos que eles criam mal atingem três milímetros. No entanto, pouco a pouco o tamanho dos furos aumentará, chegando a 10 milímetros.

Além disso, o ruído característico dos insetos ao mastigar é difícil de ouvir, quase imperceptível. Portanto, a praga normalmente é detectável apenas quando é observada serragem ao redor do móvel e os furos característicos criados pelos insetos são visíveis. Infelizmente, quando finalmente conseguimos reconhecer a sua presença dessa forma, o caruncho já se espalhou bastante.

Os carunchos colonizam a madeira e a deterioram quando ainda estão no estágio larval. Alimentam-se da madeira por anos e, posteriormente, passam por um processo de metamorfose para se tornarem coleópteros capazes de voar. Quando saem, vivem poucos dias: depositam seus ovos em outras madeiras e depois morrem.

Como saber se a praga ainda existe?

Buracos feitos por carunchos
Após uma infestação de carunchos, buracos e serragem aparecem ao lado da madeira.

Como explicamos anteriormente, para detectar uma praga de carunchos, devemos levar em consideração a existência de:

  • Serragem ou pó de madeira ao redor de móveis ou estruturas.
  • Pequenos orifícios.

No entanto, a existência desses sinais não significa que o caruncho ainda esteja dentro da madeira. Na verdade, ele pode não estar mais presente e ser uma infestação antiga. Como os carunchos podem viver na madeira e se alimentar por anos, quando observamos a serragem e os buracos, devemos levar em consideração:

  • A cor de serragem. Se for branca, certamente a infestação é recente e ainda pode haver carunchos no interior. Se for marrom, pode ser uma praga que já desapareceu.
  • O tamanho dos furos. Lembremo-nos de que o caruncho passa por um processo de metamorfose, tornando-se um coleóptero que posteriormente sairá da madeira. Portanto, se os buracos forem grandes, isso pode indicar que ele já saiu e que a praga não está mais na madeira.
  • O som de larvas roendo. Obviamente, se formos capazes de ouvir o som característico desses insetos mastigando o alburno da madeira, estaremos diante de uma indicação de que ele ainda está dentro da madeira.

Não deixe de ler: 5 venenos para exterminar as pragas

Como combater a presença de carunchos na madeira?

Existem vários métodos para remover o caruncho da madeira:

  • CongelamentoComo essas larvas não suportam o frio, os objetos infestados podem ser armazenados por um tempo em câmaras frigoríficas para erradicá-los. No entanto, este é um método que deve ser aplicado por profissionais, pois o resfriamento pode afetar a madeira.
  • Gás. Alguns restauradores usam câmaras herméticas e aplicam gás.
  • Aplicação de calor ou anóxia (privação de oxigênio).
  • Tratamentos químicos. Trata-se da aplicação de géis e injeções de produtos químicos específicos que eliminam a praga em poucos dias.

Por outro lado, também existem remédios caseiros que podem ser eficazes:

  • Em móveis ou objetos não muito grandes, podemos aplicar o calor de um secador de cabelo para evitar a umidade. Em seguida, podemos aplicar um inseticida específico contra essas pragas e envolver o objeto em plástico até que elas morram.
  • Aplicação de frio. Eles não gostam do calor, mas também não gostam do frio. Por esse motivo, uma boa ideia seria deixar os móveis fora de casa se as temperaturas estiverem baixas. Desta forma, o caruncho pode desaparecer.

Como evitá-los?

Passar verniz na madeira
O envernizamento da madeira é uma das técnicas mais utilizadas para evitar o aparecimento de carunchos e outras pragas.

Para evitar o aparecimento de carunchos, podemos levar as seguintes dicas em consideração:

  • Arejar. É algo essencial. O acúmulo de umidade na madeira a torna mais suave e, portanto, mais palatável para os vermes da madeira.
  • Verniz. Embora não seja um remédio que garanta que o caruncho não penetrará a madeira, uma boa camada de verniz funciona como uma barreira de segurança contra essa praga. Inclusive, existem vernizes específicos no mercado para impedir a entrada de certas pragas.
  • Estar atentos. Nada melhor do que prestar atenção aos nossos móveis e estruturas de madeira para poder detectar a presença dos carunchos o mais rápido possível.

De qualquer forma, devemos estar sempre vigilantes. Como explicado acima, quando somos capazes de detectar os rastros dos carunchos, talvez seja tarde demais e a praga tenha causado sérios danos à estrutura. Por esse motivo, é melhor prevenir do que remediar e, se for o caso, contar com a ajuda de profissionais.

  • Zahradník, J., 1990. Guía de los Coleópteros de España y de Europa. Omega, Barcelona
  • Hickin, N.E. (1963), The woodworm problem.
  • D. B. Pinniger, R.E. Child (19996), “Woodworm: A necessary case for tratment? New techniques for the detection and control of furniture beetle”, Proceedings of the Second International Conference on Urban Pests.