O que é um reumatologista e quando preciso da ajuda dele?

A consulta com um reumatologista é a mais indicada quando há dores articulares ou musculares que não somem em poucos dias ou somem apenas parcialmente. Iniciar o tratamento o quanto antes é muito importante.
O que é um reumatologista e quando preciso da ajuda dele?

Última atualização: 23 Julho, 2021

Os problemas musculoesqueléticos podem ser tratados por vários especialistas, dependendo da natureza da condição. Muitas vezes é um reumatologista que cuida disso, mas também é possível que o tratamento fique nas mãos de outros profissionais.

Um reumatologista é um profissional médico que trata doenças relacionadas aos ossos, músculos, ligamentos, tendões e articulações. Existem outras especialidades que também lidam com problemas relacionados a essas áreas do corpo, como artrologia, osteologia e neurologia, entre outras.

Além disso, quando os problemas musculoesqueléticos resultam de lesões, eles geralmente são tratados por um traumatologista ou fisiatra e, às vezes, por um ortopedista. A seguir, vamos falar especificamente sobre a atuação do reumatologista.

O que é um reumatologista?

Exame ósseo
Um reumatologista é um médico especializado em doenças relacionadas aos ossos, músculos, ligamentos, tendões e articulações.

Um reumatologista é um médico especializado no tratamento de doenças musculoesqueléticas, articulares, e nas chamadas doenças reumáticas, que compreendem doenças autoimunes sistêmicas como a artrite reumatoide.

As condições reumáticas podem causar dor, inchaço, rigidez e deformidades nas articulações, ossos ou músculos de suporte. Um reumatologista é capaz de diagnosticar e tratar esses problemas, mas não realiza cirurgias.

Normalmente, o reumatologista trabalha com pacientes ambulatoriais. Às vezes eles são encaminhados por outros médicos, mas também há quem busque uma consulta direta. Frequentemente, trabalham em hospitais com uma equipe interdisciplinar em condições que são da sua competência.

Qual é a sua formação?

Um reumatologista completa sua formação como clínico geral e, em seguida, deve se especializar como pediatra ou internista. Depois de completar esses estudos, ele se especializa em reumatologia por dois a três anos.

Em alguns países, os reumatologistas devem fazer um exame ao final do treinamento para se tornarem certificados como especialistas nessa área. É necessário que eles repitam o exame a cada 10 anos para verificar a validade dos seus conhecimentos.

Que condições ele pode tratar?

O reumatologista trata uma ampla gama de doenças que têm em comum o fato de serem inflamatórias ou autoimunes. Elas devem afetar as articulações, tendões, ligamentos, músculos, ossos e vasos sanguíneos.

Entre as doenças que esses especialistas tratam, estão as seguintes:

  • Artrite idiopática inflamatória, reumatoide, psoriática ou juvenil idiopática.
  • Dor nas costas.
  • Osteoartrite e osteoporose.
  • Lúpus eritematoso sistêmico.
  • Fibromialgia.
  • Vasculite.
  • Tendinite e miosite.
  • Bursite.
  • Espondilite anquilosante.
  • Artrite reativa.
  • Gota.
  • Sarcoidose.
  • Arterite de células gigantes.
  • Esclerodermia
  • Polimialgia reumática e polimiosite.
  • Doença de Behçet.
  • Doença de Paget.
  • Síndrome de Reiter.
  • Síndrome de Sjogren.

No total, os reumatologistas tratam até 120 doenças diferentes. Eles costumam coletar informações do histórico médico do paciente e da família, realizam exames diagnósticos e, em seguida, desenvolvem um plano de tratamento. Ele pode incluir medicamentos, injeções nas áreas afetadas e, às vezes, encaminhamento para um fisioterapeuta ou outro especialista.

Quando você deve marcar uma consulta com um reumatologista?

É comum que as pessoas tenham dores nas articulações ou nos músculos em algum momento da vida. Se elas persistirem por vários dias, é recomendável consultar o seu clínico geral para avaliar a situação.

Se as medidas adotadas pelo clínico geral não funcionarem ou funcionarem apenas parcialmente, o indicado é consultar um reumatologista. Isso também deve ser feito quando uma ou mais das seguintes condições estiverem presentes:

  • Dor em várias articulações.
  • Dor em uma articulação não relacionada a uma lesão conhecida.
  • Dores musculares ou articulares que ocorrem junto com sintomas como febre, fadiga, rigidez matinal, erupção cutânea ou dor no peito.
  • Dor muscular sem causa aparente.
  • Pessoas com mais de 50 anos e dores musculares ou de cabeça recorrentes.

A consulta deve ser feita mais rapidamente se houver histórico familiar de doenças autoimunes ou se os sintomas piorarem em pouco tempo. Se a dor nas articulações não for tratada a tempo, podem ocorrer danos nas articulações que podem ser permanentes.

O que esperar da consulta?

Radiografia do braço
O diagnóstico de uma doença reumática é complexo e, portanto, requer uma investigação completa e a realização de vários exames.

As doenças reumáticas são complexas e difíceis de diagnosticar. Portanto, é melhor não esperar respostas conclusivas na primeira consulta. O comum é que seja feito um exame clínico em busca de sinais e sintomas de inflamação, e também que seja investigado o histórico familiar.

Um reumatologista revisará os resultados dos exames que foram feitos até agora e quase sempre solicitará outros. Isso pode incluir raios X, tomografias computadorizadas, ressonâncias magnéticas e ultrassom. Através deles, são detectadas anormalidades musculoesqueléticas.

É importante levar para a primeira consulta:

  • Exames laboratoriais, raios X, ultrassons e ressonâncias magnéticas que foram realizados anteriormente e associados ao problema pelo qual você está se consultando.
  • Uma lista atualizada de medicamentos que são ingeridos com suas dosagens exatas, bem como aqueles que já foram experimentados para tratar a condição que está te levando à consulta.
  • Lista de alergias a medicamentos.
  • Referência clara a doenças autoimunes ou reumatológicas sofridas por familiares.

Com base nas informações coletadas e sua análise, o reumatologista estabelecerá um plano de tratamento. Às vezes, várias consultas são necessárias antes de estabelecer o diagnóstico definitivo.

Diante de dor nas articulações, você deve consultar um reumatologista

Muitas vezes as pessoas são encaminhadas ao ortopedista, e não ao reumatologista. Como regra geral, se você não teve uma lesão traumática que cause desconforto, é indicado consultar primeiro o reumatologista.

Não é aconselhável adiar a consulta por achar que as dores nas articulações não estão incômodas o suficiente. Se houver rigidez e inflamação, mesmo que haja pouca dor, é aconselhável consultar um reumatologista para que ele avalie a situação.

Pode interessar a você...
5 alimentos que aliviam a dor do reumatismo
Melhor Com SaúdeLeia em Melhor Com Saúde
5 alimentos que aliviam a dor do reumatismo

A dieta para tratar o reumatismo não cura a doença, mas pode fornecer os nutrientes necessários para aliviar os sintomas e prevenir complicações.



  • Solis Cartas, U., Morejón Gómez, J. A., & de Armas Hernández, A. (2014). Espondilitis anquilosante y enfermedad de Von Recklinhausen. Una asociación infrecuente. Revista Cubana de Reumatología, 16(2), 240-244.
  • López Palma, A. E., Martínez Gutiérrez, J. A., Cevallos Morejón, P. G., & Castro Mangui, F. A. (2018). La polimialgia reumática. Un desafío diagnóstico. Revista Cubana de Reumatología, 20(1), 1-7.
  • Pujol, J. C. D. (2010). Reumatología clínica. Content Repository Only!