Remédios naturais para tratar o mau cheiro corporal

30 de dezembro de 2018
O calor, a transpiração excessiva, sair de casa muito agasalhado, andar de lá para cá o dia inteiro, usar meias que não sejam de algodão. Tudo isso (e muito mais) pode causar mau cheiro em qualquer parte do corpo. A boa notícia é que existem remédios naturais que você não pode perder. Conheça-os neste artigo!

Mesmo que o mau cheiro corporal possa aparecer em qualquer lugar, existem áreas críticas onde mais se concentra: axilas, pés e genitais. O mau cheiro é causado pela ação de certos microrganismos que “adoram” viver em lugares úmidos, como os citados anteriormente.

Quando o local escolhido está suado, e a temperatura também aumenta, estes conseguem se reproduzir. É neste momento que o mau cheiro é produzido, já que as bactérias desprendem certos gases.

Mau cheiro corporal: onde, como e por quê?

Os pés exalam mau cheiro
As axilas e os pés são áreas onde se concentram uma maior quantidade de glândulas sudoríparas. Quando faz muito calor ou fazemos exercícios físicos, o trabalho destas glândulas é expulsar água (suor) para reduzir a temperatura e evitar problemas. Por isso, quando temos febre, tendemos a transpirar muito.

Mas atenção, porque a transpiração também apresenta outra função: eliminar as toxinas do organismo. É um processo natural onde pequenas gotas de água salgada saem pelos poros transportando, por sua vez, as toxinas que se acumulam no corpo. Pode-se dizer que é uma maneira de “respirar” que o corpo e a pele possuem.

O suor e o mau cheiro corporal

O mau cheiro corporal e as axilas

Quando transpiramos, produzimos mau cheiro. Não existe outra equação possível, devido aos fatores que já explicamos. Suamos, principalmente, quando faz calor ou por mudanças hormonais. Nas mulheres, por exemplo, durante a menopausa ou em certas etapas do ciclo menstrual e, em ambos os sexos, na puberdade.

O estresse e o mau cheiro corporal

Pressões ou preocupações, medo, ansiedade ou nervos também provocam mau odor. O excesso de peso é outra causa do aumento da transpiração.

Usar sapatos que não sejam de boa qualidade, sem uma boa ventilação ou feitos com materiais sintéticos, pioram o quadro. Esse tipo de calçados não permite que os pés liberem a transpiração e os transforma em caldos de cultivo perfeitos para a proliferação de fungos e bactérias.

Se a isto somarmos o fato de usarmos meias que não sejam de algodão (por exemplo, as de lycra) iremos sofrer, certamente, de mau cheiro em nossos pés.

O estresse e o mau cheiro corporal

O que acontece com as meias, também ocorre com as roupas. Se a roupa for fabricada com materiais sintéticos poderá aumentar a transpiração nas axilas e genitais. Escolha peças de algodão ou de qualquer outra fibra natural.

A alimentação influencia muito o odor corporal

Você sabia disso? Açúcares refinados, frituras, gorduras de origem animal, embutidos ou alimentos processados possuem grande quantidade de toxinas. Portanto, o corpo terá que eliminar essas substâncias acumuladas.

O melhor é evitar tais alimentos e seguir uma dieta rica em vegetais, frutas (crus, em ambos os casos), cereais integrais, sementes e legumes. Além disso, os sempre recomendados dois litros de água por dia.

Isso também pode interessar você: Quando a comida nos faz ter mau odor

Uma solução natural para evitar ou reduzir o mau cheiro corporal é aumentar a higiene pessoal. Tome pelo menos um banho por dia, mas no verão, procure tomar dois.

Você também pode lavar as áreas problemáticas com água e sabão, primeiro neutro e depois com perfume (caso não produza nenhuma irritação).

Os próprios desodorantes podem causar mau cheiro corporal

Tente não usar desodorantes com aerossol ou creme nas axilas, já que apresentam a capacidade de obstruir os poros desta zona e piorar o mau cheiro corporal. Deste modo, cria-se uma espécie de círculo vicioso onde cada vez colocamos mais desodorante, as axilas ficam obstruídas e outra vez aparece o mau cheiro.

Escolha opções naturais ou caseiras. Uma receita que não falha é misturar:

  • 5 folhas de menta
  • 5 folhas de alecrim
  • 1 xícara de água fervendo (250 ml)

Deixe esfriar, coe e passe para um frasco. Todos os dias, embeba um algodão neste líquido e passe pelas axilas ou pés.

Você também pode ter sempre em mãos uma muda de roupa para trocar, caso fique várias horas fora de casa. Os óleos essenciais (por exemplo, o de lavanda) podem ajudar a evitar o odor corporal.

2 receitas contra o mau cheiro corporal

Dois remédios caseiros que nunca falham são a clorofila e o chá verde. O primeiro serve para limpar o corpo e eliminar as toxinas. Você pode conseguir cápsulas nas lojas de produtos naturais.

Uma opção mais natural ainda é semear trigo em uma bandeja, cortar a grama e fazer um suco.

O chá verde é um excelente depurativo que não só ajuda a aumentar a temperatura do corpo e queimar gorduras, mas também favorece a eliminação do excesso de toxinas. Beba uma ou duas xícaras por dia.

Não deixe de ler também: Mau odor das axilas: descubra 7 produtos naturais para tratá-lo

Se o mau cheiro for nas axilas e a razão for o excesso de desodorante, você pode esfoliar a pele da área com uma mistura de bicarbonato de sódio e limão. Entretanto, cuidado com o limão, e não saia ao sol após o uso. Você também pode misturar o bicarbonato com água para formar uma pasta e usar como desodorante natural e efetivo. Também serve para os pés.

As dicas foram úteis pra você? Sendo assim, continue antenado na nossa página sempre com orientações para o seu bem-estar.

Mao, G. Y., Yang, S. L., & Zheng, J. H. (2008). Etiology and management of axillary bromidrosis: A brief review. International Journal of Dermatology. https://doi.org/10.1111/j.1365-4632.2008.03735.x

Guillet, G., Zampetti, A., & Aballain-Colloc, M. L. (2000). Correlation between bacterial population and axillary and plantar bromidrosis. European Journal of Dermatology.