Remédios fitoterápicos para combater a infecção por H. Pylori

07 Janeiro, 2020
A presença do H. pylori pode ser detectada através de testes respiratórios e análise de amostras de fezes. Agora, o tratamento dos sintomas deve ser prescrito pelo médico.
 

Como a bactéria H. pylori é transmitida?

As possíveis vias de transmissão de uma pessoa infectada para outra são a saliva, matéria fecal e instrumentos médicos infectados.

As pessoas infectadas podem ter as bactérias na placa dentária, por isso são transmitidas através da saliva ao fazer contato com pessoas saudáveis.

Também é encontrada na matéria fecal e, se não houver uma higiene adequada, pode contaminar alimentos e água para o consumo humano. Por isso, é sempre recomendável lavar muito bem os alimentos e filtrar a água.

Instrumentos médicos, como tubos nasogástricos infectados, também são um meio de transporte para a bactéria.

Leia também: Problemas de gastrite? Conheça os melhores remédios para tratá-la

Doenças do estômago ou manifestações causadas por bactérias

Dor abdominal pode ser um sintoma de infecção por H. Pylori

Existem muitos problemas que podem causar a infecção por Helicobacter pylori. Entre eles podemos destacar o seguinte:

  • Gastrite crônica.
  • Linfoma gástrico.
  • Dispepsia ou má digestão.
  • Úlceras pépticas duodenais e gástricas, entre outras.

Remédios de ervas para combater infecções por H. pylori

De acordo com a sabedoria popular, os seguintes remédios à base de plantas e ervas podem ajudar a aliviar alguns sintomas causados ​​pela H. pylori no corpo.

1. Infusão de gengibre

gengibre é uma raiz recomendada para tratar condições de estômago tais como a gastrite. Possui propriedades anti-inflamatórias, antioxidantes e bactericidas. Além disso, é dito que atua como um bom antiácido.

Ingredientes

  • 2 xícaras de água (500 ml)
  • 2 colheres de sopa de gengibre, cortados em pequenos pedaços (30 g)

Preparação

  • Ferva meio litro de água, e junte os pedaços de gengibre.
  • Deixe no fogo por alguns minutos, depois desligue, e deixe a infusão descansar.
  • Você pode tomá-la 3 vezes ao dia.

2. Infusão de alecrim

Infusão de alecrim para combater a infecção por H. Pylori

alecrim é uma planta aromática às quais são atribuídas diferentes propriedades medicinais. As infusões de alecrim seriam então adequadas para aliviar um leve desconforto do sistema digestivo, uma vez que melhora o processo de digestão e elimina os gases.

Ingredientes

  • 2 xícaras de água (500 ml)
  • 2 colheres de sopa de folhas de alecrim (30 g)

Preparação

  • Ferva a água em uma panela e quando atingir o ponto de ebulição, adicione as folhas de alecrim.
  • Deixe no fogo por 4 minutos, retire as folhas, e beba a infusão.
  • Beba com moderação.

3. Chá de açafrão e gengibre

Como o açafrão contém substâncias antioxidantes e lhe são atribuídas propriedades antibacterianas e anti-inflamatórias, acredita-se que seu consumo possa ajudar a reduzir a inflamação do estômago e equilibrar a flora intestinal. Além disso, estimula os sucos gástricos, reduz a flatulência e protege a mucosa do estômago.

No entanto, seu consumo excessivo não é recomendado.

O gengibre, como vimos, tem muitas propriedades benéficas que complementam as do açafrão.

Ingredientes

  • Mel (a gosto).
  • Gengibre (a gosto).
  • 1 xícara de água (250 ml).
  • 1 pitada de açafrão em pó.

Preparação

  • Ferva a água em uma panela e adicione uma pitada de açafrão e gengibre.
  • Deixe ferver por alguns minutos e adicione o mel para adoçar.
  • Retire a panela do fogo e deixe o chá descansar. Finalmente, coe e consuma.

Veja também: Chá de gengibre e camomila para tratar a síndrome do intestino irritável

4. Óleo essencial de lúcia-lima

No campo popular, diz-se que lúcia-lima é uma das melhores plantas para combater a infecção por Helicobacter pylori. Até agora, a bactéria não mostrou resistência aos componentes da planta.

Ingredientes

  • 1 xícara de água (250 ml)
  • 20 ou 30 gotas de óleo essencial de lúcia-lima

Preparação

  • Dilua 20 ou 30 gotas do óleo no copo de água.
  • Você pode beber essa bebida depois de cada refeição.
  • Você também pode fazer uma infusão com folhas de lúcia-lima.

Aspectos a se considerar

  • Antes de iniciar um tratamento à base de plantas medicinais (infusões, etc.), é importante consultar o médico assistente. Lembre-se de que, para que os tratamentos fitoterapêuticos sejam úteis, é essencial seguir as instruções do profissional. Além disso, deve-se lembrar que existem plantas, ervas, especiarias e produtos relacionados que são contraindicados em alguns casos.
  • Os seguintes remédios caseiros NÃO substituem o tratamento que o médico pode prescrever. É melhor consumi-los como tratamento auxiliar (desde que o profissional de saúde o autorize).
 
  • Lynch, A. S., & Robertson, G. T. (2007). Bacterial and Fungal Biofilm Infections. Annual Review of Medicine. https://doi.org/10.1146/annurev.med.59.110106.132000
  • Backert, S., Neddermann, M., Maubach, G., & Naumann, M. (2016). Pathogenesis of Helicobacter pylori infection. Helicobacter. https://doi.org/10.1111/hel.12335
  • Mentis, A., Lehours, P., & Mégraud, F. (2015). Epidemiology and Diagnosis of Helicobacter pylori infection. Helicobacter. https://doi.org/10.1111/hel.12250