Quais são as causas de muco nas fezes?

Se você estiver tendo episódios nos quais distingue muco nas fezes, provavelmente esteja sofrendo alguma afecção digestiva. Descubra quais são as causas mais frequentes e determine do que se trata.

O sistema digestivo conta com várias membranas ao longo do intestino encarregadas de secretar muco com a finalidade de manter os intestinos completamente lubrificados e fazer com que todo o alimento tenha um trânsito mais fácil.

Com o muco em quantidades normais, o estômago funciona bem e existe uma constante absorção dos nutrientes e a eliminação dos resíduos através das fezes.

Mas tudo muda quando a presença de muco nas fezes é mais abundante do que o normal e se torna mais notável, pois pode estar representando um processo infeccioso ou alguma doença que significa que algo vai mal dentro de seu sistema digestivo.

O que pode causar a presença de muco de forma abundante nas fezes? 

  • Amebose
  • Invaginação intestinal
  • Colite ulcerosa
  • Hemorroidas
  • Pólipos colônicos
  • Diverticulite

Conheça as doenças causadoras de muco nas fezes 

Colite ulcerativa

Homem com mal-estar

Nesta situação, a mucosa completa do cólon inflama de maneira progressiva até chegar a desenvolver úlceras.

Isso se deve à constante irritação que o intestino apresenta sem a proteção dos ácidos, o que leva não só aos incômodos, como também aos sintomas característicos como o muco nas fezes de forma abundante.

Infecções bacterianas

São muitas as bactérias que se encontram em condições normais no cólon e em diferentes partes do intestino, ajudando no processo de digestão.

No entanto, quando o equilíbrio das bactérias se descontrola, estas podem acarretar na aparição de infecções com sintomas que acompanham não só a diarreia, como outro sintomas como a presença de muco nas fezes ou, em alguns casos, de faixas de sangue, requerendo tratamento médico imediato.

Obstrução intestinal

Mulher com dor de barriga

Quando não ingerimos a quantidade suficiente de água, com o tempo pode ocorrer um descontrole na secreção de hormônios gástricos, assim como a possibilidade de que sejam formadas infecções por fungos.

A consequência são os períodos frequentes de prisão de ventre, que com o tempo obstruem o trânsito intestinal a partir da constante produção de muco nas fezes, muitas vezes requer intervenção cirúrgica.

Hemorroidas

São principalmente as hemorroidas internas que podem originar a presença de muco nas fezes. Estas se inflamam a partir do esforço durante as necessidades fisiológicas.

Esta lesão irrita as membranas produtoras de muco e leva a uma secreção ainda maior do mesmo, gerando assim um indicativo de que precisamos prestar atenção para melhorar as condições destas veias com sua dilatação.

Diverticulite

Homem com problemas digestivos

Dentro do cólon se encontram pequenas bolsas anatômicas, conhecidas como divertículos. Ao se inflamarem provocam uma condição irritativa denominada diverticulite, que a longo prazo, provoca o aparecimento de muco nas fezes além de outros sintomas que o acompanham, muitas vezes a dor abdominal e o aparecimento também de sangue no material fecal.

Pólipos no cólon

Os pólipos em qualquer zona do cólon provocam uma irritação que lesiona as membranas secretoras de muco, fazendo com que excretem diretamente nas fezes e, ainda, indica que por trás do muco pode estar presente um cisto colônico com consequências.

Doença de Crohn

Imagem de colonoscopia

Esta, por ser uma doença crônica, significa que sempre irá apresentar uma sintomatologia, pois sendo a Doença de Crohn de causa imunológica, somente poderão ser aliviadas algumas de suas manifestações clínicas, sem poder ter uma cura definitiva.

Um dos sinais que a doença de Crohn traz é o muco nas fezes como consequência da inflamação frequente do cólon e das glândulas secretoras em toda a sua extensão requerendo um tratamento paliativo.

Depois de conhecer muitas das causas da presença de muco nas fezes, será muito mais simples determinar qual é a sua, se sofre com o problema.

Se você souber o motivo, pode decidir qual tipo de tratamento guiado pelo médico será melhor com a condição que está enfrentando para manter a saúde do intestino grosso em sua máxima capacidade e sem nenhum tipo de alterações no meio.

Recomendados para você