Mejor con Salud
 

Quais são as 5 doenças sexualmente transmissíveis mais comuns?

Para prevenir as doenças sexualmente transmissíveis, o uso de preservativos é essencial, mesmo durante o sexo oral. Só assim poderemos nos certificar de reduzir as chances de infecção.
Quais são as 5 doenças sexualmente transmissíveis mais comuns?

Última atualização: 12 Agosto, 2020

O sexo é uma das atividades mais agradáveis ​​e prazerosas ​​que podemos realizar. No entanto há um grande problema quando praticamos sexo sem cuidado: as doenças sexualmente transmissíveis (DSTs).

Estas são infecções que se espalham através do contato sexual, independentemente de ser oral, anal ou vaginal.

Embora algumas dessas doenças sejam fáceis de lidar e desaparecer em pouco tempo, outras podem causar problemas sérios para a vida toda.

Aqui vamos falar sobre os sintomas mais comuns. Tome nota deles e fique alerta para qualquer sinal.

1. A clamídia é uma das doenças sexualmente transmissíveis

Mulher com febre por doença sexualmente transmissível

A clamídia é uma doença sexualmente transmissível causada por bactérias. Geralmente não apresenta sintomas graves, por isso pode ser confundida com vários tipos de infecção.

O principal problema com a clamídia é que, se não for tratada a tempo, gera infertilidade e danos aos órgãos reprodutores femininos.

Sintomas da clamídia em mulheres

  • Febre
  • Náusea
  • Queimação ao urinar
  • Dor durante a relação sexual
  • Secreção anormal
  • Dor no abdômen inferior ou nas costas
  • Sangramento vaginal após a relação sexual ou entre os períodos menstruais

Sintomas da clamídia nos homens

  • Secreção anormal
  • Dor ao urinar
  • Queimação ou comichão ao redor do orifício do pênis

2. Herpes genital

O herpes genital é uma DST causada pelo vírus do herpes simples. Uma vez que este vírus é contraído, ele permanece em seu corpo para sempre.

Ocasionalmente aparecerão brotos que causam bolhas e feridas na área dos órgãos genitais e do reto.

Com o passar do tempo, os surtos ocorrem com menos frequência. Os sintomas são os mesmos tanto para os homens como para as mulheres:

  • Sintomas gripais como febre e glândulas inchadas
  • Bolinhas e feridas aparecem nos órgãos genitais e reto

3. Gonorreia

O papanicolau serve para detectar uma doença sexualmente transmissível

A gonorreia é outra das doenças bacterianas sexualmente transmissíveis, sendo bastante frequente.

Esta bactéria se reproduz em lugares úmidos e quentes, de modo que os ginecologistas geralmente a encontram no colo do útero e nas trompas de Falópio nas mulheres.

Nos homens, geralmente se desenvolve na uretra.

Outros lugares onde essa doença pode se desenvolver são: boca, olhos, garganta e ânus.

Se não for tratada a tempo, a gonorreia pode causar problemas permanentes tanto nas mulheres como nos homens.

Sintomas da gonorreia em mulheres

Nos homens

  • Queimação ao urinar
  • Dor, inchaço e sensibilidade nos testículos
  • Fluxo esbranquiçado, amarelado ou esverdeado saindo do pênis

4. HIV e AIDS

O HIV é o vírus da imunodeficiência humana e pode causar o desenvolvimento da AIDS.

O HIV ataca o sistema imunológico até que seja destruído, por isso é extremamente importante evitá-lo, ou tratá-lo caso já tenha sido contraído.

É importante levar em conta que tanto o HIV quanto a AIDS são doenças sexualmente transmissíveis que podem ser tratadas com medicamentos para controlá-las. No entanto, não existe uma cura definitiva.

O que torna o HIV e a AIDS tão perigosos é que você pode estar infectado sem sintomas até 10 anos após contraí-lo.

A única maneira de verificar o contágio de sua condição é através dos exames médicos correspondentes. Estes são muito simples, porque consistem apenas em um exame de sangue que é praticamente indolor.

Os sintomas do HIV e AIDS são

  • Aftas
  • Dor de garganta
  • Dores de cabeça
  • Erupções cutâneas
  • Súbita perda de peso
  • Infecções graves recorrentes
  • Cansaço, tonturas e desmaios
  • Diarreia, febre e suores noturnos
  • Manchas roxas na pele ou na boca
  • Formação de hematomas com mais frequência do que o normal

Veja também: Qual a causa dos sangramentos vaginais fora dos ciclos menstruais?

5. Papiloma do vírus humano (HPV)

Dor na região pélvica pode ser cusada por uma doença sexualmente transmissível

O vírus do papiloma humano (HPV) é a última das doenças sexualmente transmissíveis que queremos mencionar.

Embora muitos considerem o HIV como a mais grave, algumas cepas de HPV são impossíveis de tratar, e outras podem causar câncer na área que atacam quando não são tratadas a tempo.

Por sorte, podem ser vacinados:

  • Mulheres com idade entre 11 e 26 anos
  • Homens com idade entre 9 e 26 anos

Se você estiver fora dessas faixas etárias, a vacina já não faz muito sentido.

Se for o seu caso, será vital que você use sempre métodos contraceptivos de barreira, mesmo durante o sexo oral.

Sintomas do vírus do papiloma humano

  • Verrugas genitais
  • Verrugas na garganta

Reduza suas possibilidades de contágio de qualquer doença sexualmente transmissível

As doenças sexualmente transmissíveis começam sem sintomas, por isso qualquer pessoa pode contraí-la sem sequer imaginar.

A melhor opção para evitá-las é a abstinência, mas é muito provável que você não desista do sexo. Portanto, nesse caso, recomendamos o seguinte:

  • Use preservativos sempre que tiver relações sexuais.

Muitas pessoas acreditam que só é necessário fazê-lo durante o sexo anal ou vaginal, mas o sexo oral representa o mesmo risco.

  • Faça exames pelo menos uma vez por ano. Vá ao seu ginecologista ou urologista pelo menos uma vez todos os anos.
  • Fale com honestidade com o seu parceiro. Por mais que você goste do seu novo parceiro, é importante perguntar diretamente se ele tem ou já teve uma DST.
Como as mulheres podem se proteger de uma DST?

Como as mulheres podem se proteger de uma DST?

Para não contrair uma DST o mais indicado é não manter relações, mas, para desfrutar de uma sexualidade plena pode realizar exames com o seu parceiro.