Primeiros auxílios para queimaduras com água quente

· 23 de julho de 2017
As queimaduras com água quente são muito comuns. Se forem graves, é preciso procurar um médico. Caso sejam superficiais, ensinaremos a como tratá-las neste artigo.

Estamos preparando o jantar ou querendo desfrutar de um chá quente, ou abrimos um chuveiro ou torneira e a água sai muito mais quente do que esperamos. Na cozinha, as queimaduras com água quente são muito frequentes. Neste artigo, explicaremos os primeiros auxílios nestes casos.

Tipos de queimaduras com água quente

Antes de decidir qual tratamento vamos usar para as queimaduras com água quente é preciso saber que existem três graus ou três tipos de queimadura:

Primeiro grau

Afeta a capa exterior ou superficial da pele. Os sintomas são vermelhidão, inchaço e um pouco de dor. A região começa a descascar em 7 dias e em duas semanas retoma seu aspecto normal.

Quer saber mais? Leia: Máscaras à base de tangerina para rejuvenescer a pele

Segundo grau

queimaduras com água quente

Também queima a segunda camada da derme. Causa bolhas e inflamação. A dor é mais forte. As bolhas desaparecem sozinhas em uma semana.

A cura completa ocorre depois de 3 semanas e, em alguns casos, a pele fica com uma cor mais clara ou mais sombreada após a cicatrização.

Terceiro grau

São as mais severas e se trata de uma emergência que precisa de tratamento médico urgente. A queimadura ultrapassa todas as camadas da pele e é realmente dolorosa.

Queimaduras com água fervendo

Água fervendo que pode provocar queimaduras

 

São muito frequentes na vida doméstica. Colocar uma panela com água no fogo pode se transformar em um perigo e inclusive em uma tragédia se tivermos crianças em casa.

Os casos de crianças queimadas com água fervendo que sofrem lesões graves não são isolados. É preciso ter muito cuidado e colocar as panelas o mais afastadas possível da borda.

Se apenas um pouco de água quente atingir a pele ou o contato com a pele for ínfimo, só causará um pouco de dor no momento e provavelmente desaparecerá em seguida.

Uma boa ideia para aliviar o ardor das queimaduras com água quente é colocar a região debaixo de água fria, seja em um recipiente ou deixando a água da torneira correr por pelo menos 5 minutos para refrescar.

Se a queimadura for um pouco mais grave, podemos fazer o mesmo, mas o que muda é o tempo de permanência debaixo da água. Caso a queimadura seja de segundo grau, o tempo será de no mínimo 15 minutos. 

De acordo com a região queimada, escolheremos o tratamento. Por exemplo, envolver a área com uma toalha molhada ou aplicar um pouco de gelo em uma bolsa plástica (nunca diretamente sobre a pele).

Tratamentos para as queimaduras com água quente

Criança se arriscando a sofrer de queimaduras por água na chaleira

Enquanto estiver refrescando a lesão, aproveite para avaliar os danos na pele. Se depois de alguns minutos a dor não parar e você se der conta de que a vermelhidão é maior ou, inclusive, estiver formando bolhas, analise a possibilidade de ir a um pronto-socorro.

Do contrário, se os sintomas começarem a diminuir, você pode continuar o tratamento caseiro. Pegue uma gaze e umedeça com água. Envolva a região afetada e deixe entre 30 minutos a 1 hora. Se for preciso, mude e coloque uma nova. Assim, evitará que a queimadura entre em contato com objetos, superfícies ou agentes prejudiciais.

A babosa é um dos melhores remédios para as queimaduras superficiais da pele, seja com água quente, com azeite ou inclusive com o sol. Essa planta não pode faltar em sua casa. Simplesmente extraia o gel de dentro.

Esse líquido viscoso tem muitas propriedades para devolver à sua pele a hidratação original.

Aplique em cima da área afetada e deixe que atue até que seja completamente absorvido. Se você desejar, pode envolver com uma gaze estéril, ainda que seja melhor que a ferida “respire”.

Queimaduras graves: quando ir ao hospital

Àgua fervendo que pode provocar queimaduras

Suponhamos que um recipiente com água fervente caia em você. Pode ser que a roupa fique colada em sua pele. Não tente retirá-la. Molhe com água fria e procure imediatamente uma emergência.

Se por causa da queimadura com água quente se formar uma bolha na região, jamais a estoure, pois isso causará uma lesão mais grave, uma cicatriz ou inclusive uma infecção.

Você pode cobri-la durante o dia para que não exploda, e deixá-la ao ar livre em alguns momentos. Mas atenção, se a bolha for grande, recomendamos ir ao médico para que ele cuide dela.

Se a bolha for muito dolorosa e produzir uma grande pressão que não permite a sua movimentação, você pode fazer uma incisão para eliminar o líquido acumulado no interior.

Sempre com muito cuidado, com uma agulha desinfetada, faça um furo em uma das laterais da bolha (nunca no centro), para que ela possa drenar.

Não se esqueça de ler: Babosa, planta medicinal refrescante e cicatrizante

Passos para tratar uma queimadura em casa

Estamos falando de uma queimadura superficial de até segundo grau. Após ter molhado ou mergulhado a região em água fria para os primeiros auxílios, recomenda-se que:

  • Aplique um pouco de vaselina e cubra com uma gaze esterilizada.
  • Tome um remédio para dor (como um ibuprofeno, por exemplo).
  • Mude as bandagens à noite e deixe respirar pela manhã.
  • Umedeça as bandagens antes de retirá-las para que não colem na pele.
  • A cada 7 dias, pelo menos, limpe e retire a pele morta usando uma gaze molhada com água isotônica (sem forçar, já que sairá sozinha).