Por que sou alérgico? Quais são os sintomas da alergia?

8 de novembro de 2019
Os alérgenos mais comuns são aqueles que atuam no nível respiratório, como o pólen ou os ácaros. Aprenda neste artigo quais os sintomas da alergia!

Ser alérgico a alguma coisa, seja pólen, ácaros, glúten ou qualquer outra coisa, é uma situação muito comum que afeta grande parte da população. Hoje, é quase estranho encontrar uma pessoa que nunca teve sintomas da alergia ou não tenha alergia a nada. 

Alergia refere-se a uma sensibilidade do nosso sistema imunológico em relação à alguma substância, que produz alterações respiratórias, digestivas, nervosas ou cutâneas. Ou seja, é uma reação anormal do nosso sistema imunológico à uma substância que normalmente não ativaria essa reação. Na verdade, você pode ser alérgico a praticamente qualquer substância.

No entanto, você sabe por que isso ocorre? Neste artigo, explicamos por que a alergia ocorre, como é diagnosticada, e alguns conselhos sobre ela.

O que significa ser alérgico?

Nosso sistema imunológico trabalha continuamente reconhecendo e eliminando os germes do nosso corpo para nos proteger de doenças. No entanto, às vezes, seus mecanismos de defesa são alterados.

Quando isso ocorre, o sistema é ativado fortemente contra certos elementos que são, de fato, inofensivos para nós. Ou seja, aciona muitos mecanismos de defesa, como espirros, contra uma substância que não causa nenhuma doença, como o pólen, por exemplo.

Dependendo da substância a qual você é alérgico, os sintomas que ocorrem podem ser diferentes. No caso de um alérgico ao pó, o mais comum é que sintomas respiratórios apareçam. É típico que haja tosse, espirros, lacrimejamento, e assim por diante.

Moça com alergia

Você pode estar interessado também em ler: Você sabe quantos ácaros vivem na sua cama? Descubra como eliminá-los

Quais são os sintomas da alergia que geralmente uma pessoa pode apresentar?

Como já mencionamos, os sintomas da alergia em uma pessoa dependem do tipo de alérgeno. Da mesma forma, também variam de acordo com “a porta de entrada”. Ou seja, os sintomas serão diferentes se você tiver contato com essa substância ao comer, tocar ou inalar.

As alergias mais frequentes são as relacionadas ao sistema respiratório. Por isso, os sintomas mais comuns são geralmente a rinite e a conjuntivite alérgica. A rinite causa comichão no nariz, espirros, obstrução nasal e gotejamento constante pelo nariz (rinorreia).

A conjuntivite alérgica consiste em uma coceira intensa nos olhos, acompanhada por uma lacrimejamento constante. Além disso, as pessoas que sofrem com isso também têm a sensação de ter areia nos olhos.

Por outro lado, é importante notar que os processos alérgicos são frequentemente associados à asma. Os asmáticos costumam ter tosse, sibilos e dificuldades respiratórias.

Você pode gostar também: Alergia ao pólen: causas e remédios naturais

Sintomas da alergia a um alimento

Quando alguém é alérgico a um alimento os sintomas mais comuns são: formigamento na boca ou coceira, que pode atingir a garganta. Além disso, é típico o inchaço dos lábios, língua ou todo o rosto.

A urticária também pode ocorrer depois de comer tal alimento. É comum que também ocorra diarreia, vômito ou flatulência constante. Os alimentos que mais frequentemente produzem alergia são o leite, as nozes e os ovos.

Teste de alergia

Alergia a um medicamento

Ser alérgico a um medicamento é uma situação muito comum. De fato, os médicos, na consulta, devem perguntar se você é alérgico à alguma substância. Este tipo de alergia geralmente é acompanhado de reações na pele, como urticária, erupções cutâneas e coceira.

Anafilaxia 

A anafilaxia ocorre quando a reação alérgica é muito grave. O que acontece é que o sistema imunológico libera substâncias que causam uma queda súbita da pressão arterial. Além disso, as vias aéreas se estreitam e torna-se cada vez mais difícil respirar.

Pode ocorrer muito rapidamente após o contato com a substância à qual você é alérgico. Por exemplo, é algo relativamente comum em pessoas alérgicas a picadas de abelha.

Quando alguém sofre uma reação de anafilaxia, o pulso acelera e fica mais fraco. Da mesma forma, geralmente aparece uma erupção cutânea, além de náusea ou vômito. Nesses casos, é importante ir ao pronto-socorro para um atendimento de emergência.

Concluindo

Ser alérgico é muito comum. Por isso, é importante conhecermos os sintomas mais frequentemente associados à essa situação. Então, podemos orientar o médico para que possa detectar o que produz em nós essa reação, e poder evitar o alérgeno em questão no futuro.

  • ¿Qué es la alergia? (n.d.). Retrieved October 6, 2019, from https://www.sanitas.es/sanitas/seguros/es/particulares/biblioteca-de-salud/prevencion-salud/que-es-alergia.html
  • ¿Qué es la alergia? | SEICAP – Pacientes. (n.d.). Retrieved October 6, 2019, from http://pacientes.seicap.es/es/-qué-es-la-alergia-_23832
  • Alergia alimentaria. (n.d.). Retrieved from http://www.ampap.es/wp-content/uploads/2014/05/Alergia_alimentaria_2008.pdf