Plantas medicinais que podem ajudar a cuidar e regular a tireoide

· 5 de novembro de 2015
Tanto o gengibre como o pepino podem nos ajudar a lidar com o hipotireoidismo, pois são ingredientes ideais para preparar uma bebida natural que pode ser tomada ao longo do dia.

A tireoide é uma glândula situada na região do pescoço, envolvendo a traqueia. Seus hormônios são fundamentais para vários processos do corpo, inclusive para o crescimento e liberação de energia para as funções vitais. Por isso, é muito importante regular a tireoide.

Quais os distúrbios que a tireoide pode desenvolver?

Se a glândula tireoide estiver muito ativa, podemos sofrer de hipertireoidismo, uma doença que provoca agitação, nervosismo, olhos “esbugalhados” e magreza excessiva. Além disso, também provoca insônia, dificuldades de concentração e de assimilação de nutrientes.

Já se a glândula tireoide estiver funcionando de maneira insuficiente, é comum sentir cansaço crônico, sonolência, ter tendência à obesidade, metabolismo lento e outros sintomas do hipotireoidismo.

Disfunções na tireoide são graves e, por isso, requerem acompanhamento médico. No entanto, é possível utilizar benefícios naturais para complementar seu tratamento. Seja como for, sempre converse com o seu médico antes de consumir qualquer planta medicinal.

Plantas medicinais para tratar o hipotireoidismo

Quando a tireoide não está funcionando bem, seja por deficiência de iodo ou por outras razões, o corpo começa a diminuir o metabolismo basal, a consumir menos energia e a engordar, mesmo que o paciente coma muito pouco.

A pessoa que sofre com hipotireoidismo também pode apresentar movimentos e fala mais lentos, bem como sonolência e cansaço ao menor esforço realizado.

Se acaso não for tratada, esta condição pode evoluir para uma depressão grave e demência, desaceleração do ritmo cardíaco e outros problemas.

Sendo assim, conheça alguns tratamentos naturais que podem ajudar o paciente:

1. Erva-de-são-joão ou Hipérico

Chá de erva-de-são-joão para regular a tireoide

A erva-de-são-joão é uma das mais conhecidas no tratamento da depressão leve, que geralmente atinge as pessoas que sofrem com o hipotireoidismo.

No entanto, é preciso conversar com o seu médico antes de consumi-la, pois de acordo com uma pesquisa realizada pela revista Clinical and Experimental Pharmacology and Physiology, ela pode interagir com alguns medicamentos de farmácia.

Entretanto, esta erva também é boa para combater a falta de energia e o cansaço de forma natural. Sendo assim, veja como regular a tireoide ao consumir a planta:

Ingredientes

  • ½ colher de chá de folhas de erva-de-são-joão
  • 200 ml de água

Como fazer:

Pelas manhãs, faça um chá com meia colher de chá de folhas da erva-de-são-joão em 200 ml de água. Beba no café da manhã ou em pequenos goles ao longo do dia.

Leia também: 5 ervas medicinais para tratar a depressão

2. Chá de pimenta caiena

O chá de pimenta caiena é usado para quem quer acelerar o metabolismo e emagrecer, pois é altamente estimulante. Neste caso, pode ser muito eficaz para quem sofre com o hipotireoidismo. Dessa forma, basta tomar um chá de pimenta caiena com mel antes do almoço, todos os dias.

Ingredientes

  • 1 colher de chá de pimenta caiena em pó
  • 200 ml de água
  • 1 colher de chá de mel

Como fazer:

Ferva a água, desligue o fogo e adicione a pimenta e o mel. Então, deixe repousar e consuma todos os dias antes do almoço.

3. Água de pepino e gengibre

Água de pepino para regular a tireoide

O gengibre é um alimento energético, já que termogênico e acelera o metabolismo, e o pepino é um purificador natural do organismo. Juntos, eles ajudam o corpo a eliminar toxinas que aumentam o cansaço causado pelo funcionamento incorreto da tireoide.

Além disso, também são ótimos para combater a obesidade. Veja como fazer:

Ingredientes

  • 1 colher de chá de gengibre ralado
  • 1 colher de chá de hortelã poejo
  • ½ pepino
  • ½ colher de chá de spirulina
  • 1 litro de água

Como fazer:

Antes de tudo, lave bem o pepino. Em seguida, corte-o em cubos e bata no liquidificador para obter um suco. Ao mesmo tempo, leve um copo de água ao fogo para preparar um chá de gengibre e hortelã.

Por fim, pegue uma garrafa de vidro com capacidade para um litro, coloque os quatro copos de água restantes, mais o chá de gengibre e hortelã, o suco de pepino e a spirulina. Beba essa água ao longo do dia, pelo menos três vezes por semana.

Rabanete para tratar o hipertireoidismo

Uma vez que a tireoide está trabalhando em excesso, o corpo desenvolve o hipertireoidismo. Seus sintomas são opostos ao hipotireoidismo, com magreza e fome excessiva, agitação, insônia, taquicardia, tremores e olhar “saltado” ou “esbugalhado”, como se os olhos quisessem sair das órbitas.

Leia também: Hipertireoidismo em mulheres, sintomas e alimentos recomendados

Para completar o tratamento médico, você pode consumir água de rabanete. O rabanete é muito eficaz para regular a tireoide, no sentido da produção excessiva de hormônios, pois contém enxofre e raphanina. Sendo assim, saiba como preparar esta bebida:

Agua-de-rabanete-para-tireoide

Suco de rabanete para regular a tireoide

Ingredientes

  • 2 rabanetes
  • Suco de ½ limão
  • 200 ml de água

Como fazer:

Antes de tudo, limpe bem os rabanetes, corte-os em pedaços pequenos e bata no liquidificador com um pouco de água para obter um suco. Misture o suco de meio limão a 200 ml de água e com o suco de rabanete. O sabor será forte e picante, mas a bebida é muito boa para regular a tireoide.

Beba todas as manhãs durante uma semana. Interrompa o tratamento por uma semana e repita na próxima.