Os benefícios de ter plantas em casa

· 25 de março de 2019
Ter uma quantidade suficiente de plantas em casa pode beneficiar muito a sua saúde, não só por purificar o ambiente, mas também no plano psicológico.

Muitas pessoas têm muitas dúvidas sobre ter plantas em casa, principalmente quando falamos de ter plantas no quarto, muitas acreditam que isso é sumamente nocivo. Porém, esta é uma crença incorreta. Ter plantas em casa e nos quartos é muito benéfico.Mas claro, não estamos querendo dizer com isso que é preciso encher a casa de plantas. É necessário que exista uma quantidade adequada e que no quarto onde vamos dormir haja só uma planta. Isso não é perigoso para a nossa saúde.

Por que as pessoas acreditam que as plantas são ruins dentro de casa e principalmente dos quartos? Porque durante a noite as plantas respiram e “expulsam” dióxido de carbono. Porém, com uma quantidade prudente de plantas os benefícios que oferecem durante o dia compensam o processo que ocorre a noite.

As plantas purificam e revitalizam o ambiente

Ter plantas em casa nos ajuda a purificar e revitalizar o ambiente. O motivo está em que, durante o dia, as plantas absorvem os gases contaminantes que existem no ar que respiramos. Ainda, também ajudam a incrementar a umidade no ar.

Você sabia que as plantas podem refrescar o ambiente no verão e fazer com que fique mais quente no inverno? Pois agora já conhece outra de suas características que as tornam tão especiais e necessárias dentro de casa.

Ter plantas em casa, purifica o ambiente

Nos ajudam a trabalhar e estudar

Ter plantas em casa pode ajudar a melhorar o ambiente para trabalhar e estudar. O motivo está no fato de que as plantas são grandiosas aliadas para reduzir o ruído tanto externo quanto interno. Isso se nota, principalmente, em lugares pequenos e fechados.

As plantas abafam o ruído, favorecendo que, se você trabalha em casa, por exemplo, todos os sons que possam vir de fora e afetar a sua concentração te incomodem muito menos. O mesmo acontece se estudamos dentro de casa.

Este grande benefício que as plantas nos proporcionam vai nos ajudar a nos sentirmos muito mais tranquilos e relaxados. Poderemos trabalhar com uma eficácia maior e reduzir de forma drástica o estresse. Sem dúvidas, é uma ótima ideia ter plantas em casa.

Não perca: 7 conselhos práticos para reduzir o estresse

Reduzem a poeira em casa

Você já se surpreendeu alguma vez com a velocidade com que a poeira se instala em sua casa? Dependendo do lugar onde vive ou de determinadas circunstâncias que desconhecemos agora, pode ser que sua casa se encha de poeira com uma assiduidade relativa. Isso faz com que tenha que limpá-la mais vezes.

O fato de tirar a poeira hoje e no dia seguinte ela se acumular de novo pode ser frustrante e gerar mau humor. Por isso, as plantas podem ajudar muito nestes casos. Mas como?

Ter plantas em casa, reduz o pó

Como vimos anteriormente, as plantas absorvem os gases contaminantes que existem no ar, purificando o ambiente, reduzindo a poluição e ajudando a poeira a reduzir em até 20%. Se você é alérgico à poeira, isso é muito importante para você!

Melhoram a autoestima

Você sabia que ter plantas em casa pode melhorar sua autoestima? Isso devido ao efeito visual que causam. Uma casa com plantas é uma casa muito mais agradável à vista, acolhedora e bonita. Isso melhora o humor e nossa própria autoestima.

Porém, as plantas precisam de cuidados. Devemos regá-las, mudá-las de lugar quando necessário, tratar e evitar as pragas… Ou seja, devemos ser responsáveis, constantes e pensar no bem-estar de alguém além de nós.

Descubra: 7 razões para ter plantas em casa

Por isso, se temos uma autoestima baixa, cuidemos das plantas, vejamos o quão bonitas estão, como melhoram se ficarem doentes… Tudo isso nos dará muito mais alegria e fará com que nos sintamos muito melhor. De fato, cuidando delas estaremos, de alguma maneira, cuidando de nós mesmos. Pode ser uma boa terapia para aumentar a autoestima.

Se você tiver dúvidas sobre ter a sua primeira planta em casa, peça conselhos onde comprar para saber o que é preciso fazer para cuidar dela adequadamente. Pois, se não o fizer, pode ser que ela morra e que você se sinta incapaz de cuidar de mais plantas.

  • Aguilar-Støen, M., Moe, S. R., & Camargo-Ricalde, S. L. (2009). Home gardens sustain crop diversity and improve farm resilience in Candelaria Loxicha, Oaxaca, Mexico. Human Ecology. https://doi.org/10.1007/s10745-008-9197-y
  • Díaz, S., Kattge, J., Cornelissen, J. H. C., Wright, I. J., Lavorel, S., Dray, S., … Gorné, L. D. (2016). The global spectrum of plant form and function. Nature. https://doi.org/10.1038/nature16489
  • Medeiros, P. M. De, Soldati, G. T., Alencar, N. L., Vandebroek, I., Pieroni, A., Hanazaki, N., & De Albuquerque, U. P. (2012). The use of medicinal plants by migrant people: Adaptation, maintenance, and replacement. Evidence-Based Complementary and Alternative Medicine. https://doi.org/10.1155/2012/807452