O que fazer se as crianças tiverem vermes

Os vermes costumam causar sintomas desconfortáveis, como incômodo ao dormir e coceira na área próxima ao ânus. Vamos te contar como lidar com esse problema, que também pode afetar os idosos da casa.
O que fazer se as crianças tiverem vermes

Última atualização: 08 Janeiro, 2021

Lombrigas são infecções parasitárias intestinais que afetam um número considerável de crianças em todo o mundo. Os parasitas intestinais mais frequentes no meio ambiente são produzidos por oxiúros. Você quer saber mais? Continue lendo tudo o que vamos contar a seguir e, claro, o que fazer se as crianças tiverem vermes.

As crianças podem desenvolver vermes em qualquer fase da infância. No entanto, a maioria dos casos dessa condição – denominada enterobíase ou oxiuríase – é registrada em menores de 15 anos, conforme indica estudo publicado na Revista Chilena de Cirugía.

Se você perceber que seu filho fica inquieto à noite e sente desconforto nos órgãos genitais, é preciso ter atenção, pois esse é o sintoma mais comum dessa patologia, de acordo com publicação especializada da Mayo Clinic.

Essa mesma fonte detalha que a oxiuríase é adquirida quando são ingeridos involuntariamente os ovos de vermes, de tamanho microscópico, encontrados nas mãos das pessoas – especialmente nas unhas – ou em objetos que possam ter tocado.

Descubra o que fazer se as crianças tiverem vermes

O segredo para saber se uma criança ou membro da família tem parasitas intestinais é examinar a área próxima ao ânus. Isso pode ser feito, por exemplo, colando uma fita adesiva nessa parte do corpo imediatamente após acordar.

Após a remoção, a fita deve ser levada ao médico para ser examinada. Se esse teste for feito por dois ou mais dias, melhor, pois a probabilidade de detectar os ovos no microscópio será maior.

1. Em primeiro lugar, leve seu filho ao médico

Para saber o que fazer se as crianças tiverem vermes, você deve ir ao médico. É completamente falsa a ideia de que os vermes sejam difíceis de eliminar, pois são muito mais comuns do que parecem.

No entanto, você deve tomar os cuidados necessários e executar o tratamento ao pé da letra, para evitar seu reaparecimento. Além disso, o profissional de saúde saberá avaliar cada caso e explicar as ações preventivas que você pode tomar.

Leve seu filho ao médico se você suspeitar de vermes

Frequentemente, o pediatra pode prescrever um medicamento por via oral. No entanto, nenhum dos medicamentos elimina os ovos que podem infectar novamente a criança. Por esse motivo, é comum que seja recomendado repetir a dose duas semanas depois.

Você deveria ler: Combata parasitas intestinais com estes 5 tratamentos caseiros

2. Cuide da sua dieta

Um mito sobre a causa dos vermes é a ingestão de doces. Certamente você já ouviu falar que as crianças têm vermes “por comer muitos doces”. Contudo, não há evidências científicas que relacionem o consumo desses alimentos com o aparecimento de vermes.

No entanto, isso não quer dizer que você não deva monitorar a dieta de seu filho. O fato de os doces não produzirem vermes não significa que eles não sejam prejudiciais à sua saúde. De fato, um artigo médico argumenta que os controles sobre seu consumo devem ser “rígidos” durante a infância.

Cuide da dieta de seu filho para que não tenha vermes

Felizmente, como indica uma publicação do Manual MSD, é possível tomar medidas preventivas para evitar esses problemas. Uma delas é lavar os alimentos com água livre de germes ou bactérias.

Além disso, é muito importante que você ensine hábitos de limpeza pessoal à criança. A areia dos parques, as áreas de lazer, a piscina, o banheiro, os brinquedos e, principalmente, as unhas e as mãos, são os locais mais frequentes de localização dos vermes.

3. Supervisione suas horas de sono

Os ovos dos parasitas intestinais entram na boca e passam pelo sistema digestivo, quebrando-se dentro do intestino delgado. As larvas dos vermes avançam até serem depositadas no intestino grosso.

Algumas semanas depois, os vermes fêmeas avançam até o final do sistema digestivo e começam a sair do corpo para realizar a postura de ovos. Esse processo ocorre, geralmente, à noite.

Troque a roupa de cama para que seu filho não tenha vermes

Isso produz sonhos inquietos, irritabilidade, pesadelos e coceira na região perianal, que por sua vez pode causar comichão e escoriações. Por essa razão você deve supervisionar quando seu filho estiver dormindo.

Se você observar algum desses sintomas, a melhor medida seria levar a criança para um consulta médica. Observe que os ovos só podem ser vistos com um microscópio. No entanto, também é provável encontrar vermes nas fezes. Eles têm o formato de pequenos fios brancos e finos que se movem.

Conselhos para toda a família

Quando as crianças estão com vermes, é provável que toda a família também os tenha. Por esse motivo, de acordo com as fontes citadas acima, essas dicas podem ser muito úteis para a prevenção ou o tratamento desse problema em outros moradores da casa:

  • Todos os membros da família devem tomar banho pela manhã: dessa forma, um grande número de ovos colocados pelas fêmeas durante a noite será eliminado.
  • Troque frequentemente a roupa íntima e de cama: isso ajuda a reduzir a contaminação e o risco de reinfecção.
  • As unhas devem estar curtas e limpas: lave-as com uma escova para que fiquem bem higienizadas.
  • Cada membro da família deve lavar as mãos com frequência: especialmente depois de ir ao banheiro e antes de comer.

Claro, todas essas medidas devem ser acompanhadas por uma consulta médica pertinente e pelo tratamento com medicamentos recomendados pelo profissional.

Reveja: Faça um higienizador de aloe vera e lavanda para mãos

Os vermes, um problema comum que tem solução

Se essa condição não for tratada corretamente e você não levar seu filho ao médico, os vermes podem reaparecer a qualquer momento. Fique tranquilo, as fontes médicas citadas neste artigo afirmam que complicações graves raramente ocorrem.

Deve-se levar em consideração que não só as crianças têm vermes, porque uma vez infectadas, há grandes possibilidades de que todas as pessoas que convivam com elas sejam infectadas. Felizmente, é um tópico rápido de tratar, se as medidas adequadas forem tomadas.

Por fim, lembre-se de que, após a cura da infecção, é importante que a higiene prevaleça em casa. Dessa forma, você não só evitará os vermes, mas também outras doenças que podem afetar toda a família.