O que desencadeia acne nas mulheres?

21 de outubro de 2019
A acne nas mulheres responde principalmente a problemas de origem hormonal. É importante procurar um especialista para examinar nosso caso específico para obter uma solução adequada.

A acne nas mulheres é mais comum do que nos homens. Isso responde principalmente a alterações hormonais e agentes externos aos quais o sexo feminino é frequentemente exposto.

A adolescência não é a única etapa da vida das mulheres em que devem combater a acne. Há também a chamada acne adulta ou acne tardia. Seu surgimento ocorre após os 25 anos de idade ou se mantém desde a adolescência até a idade adulta.

Quais são as causas da acne nas mulheres?

A acne nas mulheres pode aparecer na idade adulta

Existem várias causas para o surgimento da acne nas mulheres. As mudanças hormonais que ocorrem durante a adolescência são algumas delas. No entanto, se a acne persistir após essa fase ou não desaparecer com tratamentos tópicos, as causas podem ser diferentes.

É necessário ir a um dermatologista para determinar o que desencadeia esse problema. Somente um especialista pode reconhecer o tipo de acne e prescrever um tratamento. Um médico endocrinologista também ajudará a controlar os surtos se a acne for hormonal.

Se você tem acne constantemente e os tratamentos tópicos não funcionam, então, considere estas possíveis causas. Claro que é sempre necessário consultar um especialista para ter certeza do seu diagnóstico.

Descubra: Dieta para controlar a acne: que alimentos devo evitar?

Distúrbios hormonais

Eles são os principais desencadeantes da acne nas mulheres. O distúrbio hormonal mais comum é o excesso de hormônios masculinos ou hiperandrogenismo. Isso acontece principalmente nos casos de síndrome do ovário policístico (SOP).

O excesso de andrógenos se manifesta com sintomas específicos aos quais você deve prestar atenção. Se você tiver pele oleosa, acne, excesso de pelos ou perda de cabelo, provavelmente isso ocorra devido ao hiperandrogenismo.

Tanto nos casos de hiperandrogenismo como na síndrome do ovário policístico, um médico endócrino pode prescrever tratamentos à base de espironolactona. Uma vez que os distúrbios hormonais são controlados, a acne pode desaparecer.

Estresse

Você já reparou que, quando você está sob situações estressantes, sua acne é acentuada? O estresse não só piora a acne, como também favorece seu surgimento. Isso ocorre porque seu corpo também sofre alterações depois de muita pressão e estresse.

Quando você está estressada, suas glândulas sebáceas ficam inflamadas, aumentando a produção de gordura ou sebo no rosto. O excesso de gordura faz com que seus poros entupam e, portanto, a acne aparece.

Cosméticos inadequados para o seu tipo de pele

Cosméticos inadequados prejudicam a pele

Maquiagem, cremes e produtos de beleza às vezes podem ser os melhores amigos de uma mulher, mas também seus inimigos. Se você quiser ficar bonita e destacar seus atributos com a ajuda de cosméticos, saiba como escolhê-los.

Existem muitos tipos de pele e cosméticos adequados a cada uma delas. Isso ocorre porque um único produto pode não ser bom para todos os tipos de derme. Cada rosto tem necessidades diferentes.

Por exemplo, se sua pele for oleosa, você deve usar maquiagem não comedogênica e sem gordura. Caso contrário, seus poros ficarão obstruídos e surgirão cravos e espinhas ou piorarão. O mesmo vale para as máscaras e cremes que você usa em seu rosto.

Leia este artigo: Por que a rotina de limpeza facial é importante?

Gravidez e acne nas mulheres

A gravidez pode desencadear acne nas mulheres

A gravidez pode ser uma das melhores e mais belas fases das mulheres, mas algumas vezes algumas mudanças podem ocasionar muita insegurança. Acne, manchas e estrias são parceiros comuns durante a gravidez.

Os níveis de progesterona aumentam consideravelmente nesta fase. Isso faz com que as glândulas sebáceas produzam mais gordura. Além disso, as alterações hormonais tornam as mulheres mais irritadas e, portanto, estressadas. Como você sabe, isso também provoca o surgimento de acne.

Após o parto, a acne diminui ou desaparece completamente. Portanto, não se preocupe, porque não será algo permanente. É importante que você cuide bem do seu rosto usando hidratantes e protetor solar diariamente. Você também deve limpar o rosto pelo menos duas vezes por dia.

A acne é um problema que pode causar baixa autoestima, insegurança e depressão. É por isso que prestar os cuidados necessários ao seu rosto será essencial para deixar de sofrer com a acne ou reduzi-la bastante.

Se aparecerem espinhas no rosto, no peito e nas costas, consulte um médico especialista, porque somente ele poderá lhe dizer o que desencadeou sua condição e como tratá-la. Lembre-se de que cada tratamento deve ser específico para ser realmente eficaz.

  • Aguirre, M., et al. “Calidad de vida en mujeres con síndrome de ovario poliquístico.” Revista chilena de obstetricia y ginecología70.2 (2005): 103-107.
  • Alomar, Agustín, et al. “Desarrollo de un cuestionario de evaluación de la satisfacción con el tratamiento en paciente con acné.” Actas Dermo-Sifiliográficas 95.8 (2004): 491-495.
  • De Hoyos López, M. C., and J. M. Pascual Pérez. “Acné: orientación diagnóstico-terapéutica.” Pediatr Integral 8.3 (2004): 235-242.
  • Rivera, R., and A. Guerra. “Manejo del acné en mujeres mayores de 25 años.” Actas Dermo-Sifiliográficas 100.1 (2009): 33-37.