Jovem com dor nas costas descobre tumor do “tamanho da cabeça de um bebê”

Veja a surpreendente história de uma jovem que, depois de muito investigar uma forte dor nas costas, descobriu um tumor do “tamanho da cabeça de um bebê”
Jovem com dor nas costas descobre tumor do “tamanho da cabeça de um bebê”

Última atualização: 17 maio, 2022

A jovem americana Ellie Chandler, de 25 anos, viralizou recentemente nas redes sociais após relatar um acontecimento bastante incomum em sua vida: ela contou que há anos sofria com uma dor intensa nas costas e atribuía o problema ao fato de ter uma má postura durante suas horas de trabalho em home office. O que deixou tanto ela quanto os internautas bastante surpresos foi o motivo real dessa dor: um tumor que, segundo ela, é “do tamanho da cabeça de um bebê”.

De acordo com Ellie, ela começou a experimentar esse problema após o nascimento de seus filhos gêmeos, em dezembro de 2019. Quando decidiu procurar ajuda médica por causa da intensidade da dor, ela foi orientada a tomar analgésicos e comprar travesseiros para melhorar sua postura durante o trabalho.

Ela procurou médicos de diversas especialidades, chegando por fim a um ortopedista que solicitou uma radiografia. Nesse exame, foi possível identificar uma massa enorme na base da coluna. Com isso, foram feitos mais exames que confirmaram a presença de um tumor raro, de células grandes de 12,7cm, entre a região inferior da coluna e o cóccix.

“Quando fui fazer um exame de pelve, a médica me disse que estava sentindo algo lá dentro. Em outro teste, ela confirmou que realmente havia algo dentro de mim, era uma massa bastante grande. Fui fazer um ultrassom no mesmo dia e uma tomografia computadorizada no dia seguinte e detectaram o tumor”.

Como o tumor estava crescendo, os médicos precisaram colocar um cateter. “A dor era tão forte naquele momento que eu não conseguia dormir, não conseguia sentar ou dirigir meu carro. Alguns dias chorava bastante porque sentia muitas dores”.

Ela comentou que está em um intenso processo de tratamento, inclusive tomando injeções mensais para diminuir o tamanho do tumor e possibilitar a cirurgia de retirada. Ellie explica que, mesmo que esse procedimento seja arriscado, ainda é a melhor solução para seu caso.

“A partir daí, fiquei internada no hospital por cerca de uma semana, e foi feita uma biópsia. Os médicos disseram que este tumor de células gigantes não é cancerígeno”, comentou. “Esse tipo de tumor é bastante comum em jovens na faixa dos vinte, trinta e quarenta anos. No meu caso, era do tamanho da cabeça de um bebê quando o encontraram. As medidas estavam todas entre 10 cm e 14cm”.

Ellie também faz um alerta: “A dor nas costas é tão normalizada, especialmente entre pessoas que trabalham em casa hoje em dia. Mas realmente não é algo pequeno, todos devem levar a sério se estiver afetando a vida diária. Especialmente os jovens, não deixem de ir ao médico. Não deixem o problema se tornar tão grave a ponto de vocês não conseguirem fazer nada. Se estiverem tendo outros sintomas junto com dor nas costas, pode ser um sinal de que existe um tumor na coluna.”

This might interest you...
Tumor maligno e benigno: quais são as diferenças?
Melhor Com Saúde
Leia em Melhor Com Saúde
Tumor maligno e benigno: quais são as diferenças?

Atualmente, a possibilidade de vir a ter um tumor maligno é uma preocupação que assombra muitas pessoas. Saiba mais detalhes neste artigo.