Sintomas de intoxicação por consumo de peixes

05 Novembro, 2020
Os peixes que contêm determinadas toxinas prejudiciais não apresentam uma aparência, cheiro ou sabor desagradável. Cozinhá-los, mariná-los, congelá-los e fervê-los não resolve o problema.

Vômitos, diarreia, febre, dor abdominal e cansaço são os sintomas que podem indicar que estamos enfrentando uma intoxicação devido ao consumo de peixes, entre outros alimentos. Provavelmente, a intoxicação pode ter sua origem no consumo de peixes e frutos do mar contaminados, seja por bactérias ou toxinas.

Esses quadros de intoxicação podem comprometer a vida do paciente se não forem submetidos ao tratamento, devido à desidratação e aos distúrbios eletrolíticos que causam. A população infantil e os idosos são os mais suscetíveis a essas complicações.

A intoxicação devido ao consumo de peixes

Em certas épocas do ano, várias espécies de peixes e frutos do mar contêm biotoxinas venenosas, que se mantêm presentes até mesmo se o peixe for bem cozido. De acordo com os Centros de Controle e Prevenção de Doenças (CDC), a intoxicação é considerada um risco pouco reconhecido pelos viajantes, principalmente para aqueles que viajam para países tropicais e subtropicais.

Os peixes que apresentam essas toxinas não têm uma aparência ruim, odor fétido ou sabor desagradável. Cozinhá-los, mariná-los, congelá-los ou assá-los não destrói a toxina, de modo que a intoxicação devido ao consumo de peixes ocorre inevitavelmente.

1. Intoxicação por ciguatera

A intoxicação devido ao consumo de peixes
Muitas dessas biotoxinas são produzidas normalmente no animal; portanto, não há sinais de alerta.

Os peixes de recife das águas tropicais e subtropicais das Índias Ocidentais, do Oceano Pacífico e do Oceano Índico representam a maior ameaça. Foram relatados casos nos Estados Unidos, no Havaí, Guam, Porto Rico, Ilhas Virgens e Flórida.

Acredita-se que mais de 400 espécies de peixes, principalmente peixes de recife, contenham a toxina que causa a intoxicação por ciguatera.

Quais são os sintomas da ciguatera?

Os sintomas da intoxicação por ciguatera geralmente aparecem dentro de minutos até seis horas após a ingestão do peixe contaminado. Os sintomas incluem uma variedade de anormalidades gastrointestinais, neurológicas e cardiovasculares. Eles podem incluir o seguinte:

  • Náusea
  • Vômito
  • Diarreia aquosa
  • Dor de cabeça
  • Dormência e formigamento ao redor da boca e extremidades

Em casos mais graves, a pessoa sofre de dores musculares, tonturas e sensação de mudança de temperatura, ou seja, coisas quentes parecem frias e coisas frias parecem quentes. Você também pode experimentar um ritmo cardíaco irregular e pressão arterial baixa. Geralmente, os sintomas desaparecerem depois de vários dias, e o quadro pode durar até quatro semanas.

2. Intoxicação por escombrídeos

A escombrotoxina, também conhecida como intoxicação por histaminaocorre após a ingestão de peixes que contêm altos níveis de histamina devido ao manuseio inadequado dos alimentos.

Esses peixes, que incluem peixes-golfinho, albacora, atum-rabilho, cavala, sardinha, anchova, arenque, espadinha, serviola e abalone, têm grandes quantidades de histidina. Como consequência da preservação inadequada, a bactéria converte histidina em histamina, causando a intoxicação.

Quais são os sintomas da intoxicação por escombrídeos?

Os sintomas geralmente aparecem de alguns minutos a uma hora após a ingestão do peixe. Eles costumam durar até três horas, mas podem persistir por vários dias. Os sintomas podem incluir o seguinte:

  • Sensação de formigamento ou queimação na boca
  • Erupção cutânea na face e parte superior do corpo
  • Falta de ar
  • Queda da pressão sanguínea
  • Dor de cabeça latejante
  • Urticária e coceira na pele
  • Náusea
  • Vômito
  • Diarreia

Os sintomas podem se assemelhar a outras condições ou problemas de saúde. Muitos casos de “alergia a peixes” são na verdade escombroidose. Sempre converse com seu médico para obter um diagnóstico preciso.

3. Intoxicação por tetrodotoxina, também chamada de intoxicação por baiacu

Intoxicação por tetrodotoxina
O baiacu é um alimento da cultura gastronômica dos países asiáticos.

A tetrodotoxina, também chamada de intoxicação por baiacu, é uma forma muito mais rara de intoxicação devido ao consumo de peixes. No entanto, é potencialmente muito séria. É quase exclusivamente associada ao consumo de baiacus das águas das regiões do Indo-Pacífico.

Também foram relatados casos de envenenamento por baiacu, incluindo mortes, no Oceano Atlântico, Golfo do México e Golfo da Califórnia.

Quais são os sintomas da intoxicação por baiacu?

Os sintomas geralmente aparecem dentro de 20 minutos a 3 horas após a ingestão do baiacu venenoso. A seguir, apresentaremos os sintomas mais comuns da intoxicação por baiacu:

  • Dormência dos lábios e língua
  • Dormência da face e extremidades
  • Sensação de estar flutuando
  • Dor de cabeça
  • Náusea e vômito
  • Dor abdominal
  • Diarreia
  • Dificuldade em falar
  • Fraqueza muscular generalizada
  • Convulsões
  • Insuficiência respiratória
  • Arritmia cardíaca

Nos casos mais graves, a morte pode ocorrer dentro de quatro a seis horas após o envenenamento. Portanto, é essencial buscar atendimento médico imediato.

Como evitar a intoxicação devido ao consumo de peixes?

Para evitar a intoxicação por ciguatera, evite comer os peixes que a transmitem. Estes incluem âmbar, garoupa, caranga, esturjão, cavala, barracuda e enguia-marrom. O veneno fica mais concentrado nos órgãos internos do peixe, portanto, você nunca deve comer essas partes do animal.

Para evitar a intoxicação por escombrídeos, não coma peixe que não tenha sido refrigerado adequadamente. Tome um cuidado especial ao comer peixes como atum, sardinha, cavala, dourado ou anchova.

  • Stratta, P., & Badino, G. (2012). Scombroid poisoning. CMAJ : Canadian Medical Association journal = journal de l’Association medicale canadienne184(6), 674. doi:10.1503/cmaj.111031
  • Friedman, M. A., Fleming, L. E., Fernandez, M., Bienfang, P., Schrank, K., Dickey, R., … Reich, A. (2008). Ciguatera fish poisoning: treatment, prevention and management. Marine drugs6(3), 456–479. doi:10.3390/md20080022
  • Centers for Disease Control and Prevention (CDC). Fish Poisoning in Travelers: Ciguatera and Scombroid. 2014. https://wwwnc.cdc.gov/travel/page/fish-poisoning-ciguatera-scombroid