Após o fim do noivado, jovem faz festa de "descasamento"

O noivado terminou sete meses antes da data marcada para o casamento, previsto para 21 de maio deste ano.
Após o fim do noivado, jovem faz festa de "descasamento"

Última atualização: 06 junho, 2022

Depois do fim de um relacionamento de 13 anos, a servidora pública Kallynca Carvalho dos Santos se deparou com um problema: o cancelamento da sua festa de casamento. Ela disse que até tentou cancelar os serviços contratados, mas o valor das multas a fizeram mudar de ideia. Com isso, ela resolveu fazer uma festa de “descasamento”.

Kallynca, de 29 anos, desde criança sonhava em ter um casamento de princesa. Para a festa, havia convidado 200 pessoas. O evento seria em um salão de festas que simula um castelo, em Colombo, na Região Metropolitana de Curitiba.

A festa custou R$ 75 mil e já estava tudo contratado e pago. Para cancelar, as multas seriam muito altas. Ela chegou até a falar com amigos e conhecidos para repassar os contratos, mas as datas não batiam.

 A mãe dela sugeriu manter a festa, só que de um jeito diferente

Sheyla Carvalho dos Santos, mãe da jovem, foi quem deu a ideia de manter a festa. “A minha mãe falou para não rescindir os contratos e aproveitar. Falei: ‘Bora!’”

Como você deve imaginar, alguns convidados não iriam mais à festa, pois faziam parte da família do noivo. Então, Kallynca teve uma grande ideia: fazer uma festa à fantasia.

Ela fez os convites, conseguiu vender 150 e arrecadou R$ 20 mil. Não teve valsa nem vestido de noiva, mas serviu até “descupcake” para substituir o tradicional doce bem-casado.

Kallynca disse que conseguiu bons desfechos para duas situações após o fim do noivado: a festa de descasamento e o começo de um novo relacionamento.

A festa de casamento que virou festa à fantasia

Festa de descasamento

Ela entrou com um vestido ao estilo rainha medieval acompanhada do atual namorado, Ivandro Alex Rodrigues, 35, ao som de um samba para homenagear o avô Walter Barbosa dos Santos, 77, que faleceu no ano passado, vítima de um câncer.

“O meu avô e a minha mãe me ajudaram a pagar o meu casamento. Gastaram R$ 40 mil. Realizar a festa foi também uma forma de agradecer a ele”, disse a ex-noiva.

“Eu usei três looks diferentes. No começo da festa foi um vestido medieval. Depois foi um ao estilo Cleópatra. E para aproveitar a pista de dança, o último foi de deusa grega”, completou Kallynca.

Questionada se ainda sonha em ter um casamento de princesa, ela respondeu: “Tudo tem um momento certo. É viver um dia de cada vez e identificar o momento. O meu namorado aprovou o ‘test drive’ da festa”. Na hora de jogar o buquê, Ivandro também participou e jogou uma marreta de plástico.

Depois de receber muitas mensagens de apoio pelas decisões que tomou, a jovem quer reforçar a mensagem para que mais mulheres façam escolhas pensando em si mesmas e não na opinião dos outros.

Pode interessar a você...
Viúva de 87 anos é pedida em casamento pelo homem que sempre a amou
Melhor Com Saúde
Leia em Melhor Com Saúde
Viúva de 87 anos é pedida em casamento pelo homem que sempre a amou

Conheça a emocionante história cheia de reviravoltas mas com final muito feliz de uma viúva do interior de Minas Gerais. Descubra!