6 sinais de um fígado inflamado

14 de novembro de 2019
A inflamação do fígado pode ter várias causas, desde excesso de peso a maus hábitos de vida, como o tabagismo e uma dieta rica em gordura.

O fígado inflamado, condição também conhecida como hepatomegalia ou inflamação hepática, é um quadro de saúde que se desenvolve quando o órgão aumenta de tamanho e apresenta uma grande diversidade de sintomas.

Esta patologia se tornou muito comum na atualidade. Para saber como detectá-la, recomendamos que você continue a leitura deste artigo.

O fígado, um órgão chave

O fígado é o órgão responsável por cumprir as funções de depuração do organismo

O fígado é o órgão responsável por cumprir as funções de depuração do organismo. Atua do seguinte modo:

  • Desintoxica.
  • Limpar o sangue.
  • Luta contra diferentes doenças.
  • Armazena vitaminas e energia.
  • Secreta a bile, substância necessária para cumprir as atividades digestivas.

Hepatomegalia

A hepatomegalia é definida como o aumento patológico do tamanho do fígado. Não se trata de uma doença como tal, mas de um sinal de um problema subjacente, isto é, uma manifestação de uma doença.

A hepatomegalia não envolve apenas o aumento, ou inchaço, do fígado. Também significa que esse órgão excederá os limites considerados normais para si, o que pode causar muitos desconfortos. 

Por sua vez, os órgãos ao seu redor deixarão de funcionar como deveriam. Assim, quando o fígado está em más condições, o resto do organismo começa a falhar.

Como saber se meu fígado está inflamado?

Saber se o fígado está inflamado não é uma tarefa fácil. No entanto, há alguns sintomas que podem nos indicar que deveríamos consultar um médico.

1. Dor

Como saber se meu fígado está inflamado?

Embora no começo a dor possa ser silenciosa, sua intensidade aumenta com o passar dos dias. O característico dessa dor é sua localização: sempre afeta o lado superior direito do nosso abdômen.

Ao mesmo tempo, é possível apresentar inchaço no abdômen, aumentando seu tamanho com o tempo.

2. Febre

A febre é um sinal de alteração na saúde de nosso corpo devido à infecções, vírus, bactérias. No entanto, também pode estar relacionada ao fígado.

Se temos febre contínua, quer dizer que algo não está indo bem com o nosso corpo. Em caso de fígado inflamado, é comum ter febre com regularidade.

Pode te interessar: Conheça a planta que ajuda o fígado a se regenerar

3. Icterícia

A icterícia está muito associada à saúde do nosso fígado. Quando este está em mal estado você nota sua pele e seus olhos ficarem com uma tonalidade amarelada.

Este sintoma é causado por um aumento da bilirrubina no sangue. Sempre nos remete a algum tipo de doença hepática.

4. Náuseas

Lembre-se de que o fígado é responsável por eliminar toxinas e substâncias que nosso corpo não consegue processar. Isso nos leva a outro sintoma característico: as náuseas

Se ele falha, alguns alimentos serão difíceis de ser digeridos, causando náuseas e mal-estar geral. Entre eles estão aqueles que contêm excesso de gordura, sal, farinhas e inclusive aqueles muito temperados.

5. Fezes

Sempre podemos ver o resultado da saúde do nosso organismo através das fezes e da urina. Embora não seja agradável prestar atenção nisso, é benéfico parar e observar por alguns segundos.

Quando este órgão falha, pode fazer com que as fezes fiquem claras, e inclusive brancas. Por sua vez, a urina adquire uma tonalidade muito escura e uma consistência ácida.

6. Gosto ruim na boca

O gosto ruim na boca também é um sintoma comum da inflamação do fígado

gosto ruim na boca também é um sintoma comum da inflamação do fígado. No entanto, existem outras patologias que podem apresentar essa característica.

Esse gosto ruim na boca se deve ao acúmulo de toxinas e substâncias que o fígado deveria eliminar. Isso produz maus odores que são redirecionados para a boca, causando gostos ruins.

Leia também: 9 sinais de uma sobrecarga de toxinas

Quais são as causas do fígado inflamado?

Como o fígado é um órgão conectado a todos os processos do nosso corpo, muitos fatores podem afetá-lo, como:

  • Sobrepeso
  • Obesidade
  • Alcoolismo
  • Infecções bacterianas
  • Intoxicação por medicamentos
  • Infecção pelo vírus da hepatite

Algo a ser considerado

Caso você sinta incômodos e esteja preocupado, consulte um médico para uma avaliação. Você não deve recorrer à automedicação ou a remédios naturais sob nenhuma circunstância, já que podem ser contraproducentes.