Como evitar picadas de mosquito em suas viagens

· 6 de julho de 2018
As picadas de mosquito não provocam apenas reações alérgicas desconfortáveis ​​na pele. Embora sejam quase sempre leves, às vezes podem ser o gatilho para algumas infecções mais sérias.

Quando estamos expostos a ambientes úmidos e quentes, principalmente ao ar livre, é importante sabermos como evitar picadas de mosquito. Esses minúsculos insetos se alimentam do nosso sangue e causam uma reação alérgica na pele que pode ser muito irritante.

O problema é que nem sempre os vemos, ou ignoramos algumas medidas de precaução para evitá-los. Embora geralmente não representem algo sério, algumas espécies são perigosas porque são portadoras de vírus e micro-organismos que causam doenças.

Na verdade, doenças como a dengue ou a febre amarela geralmente se desenvolvem devido a esses tipos de picadas. Portanto, é essencial ter cuidado para evitá-las, não apenas protegendo a pele, mas mantendo o ambiente limpo. Quais são as recomendações? Descubra-as!

Leia também: Nutrição e alimentação para uma pele mais saudável

Dicas para evitar picadas de mosquito em suas viagens

Antes de fazer uma viagem a um lugar com clima tropical, é essencial planejar algumas diretrizes de segurança para evitar picadas de mosquito. Embora seja normal priorizar outros preparativos, esse tipo de medida é fundamental para que não ocorram incidentes ao ar livre.

À primeira vista, o pior que pode acontecer é acabar com o corpo cheio de picadas irritantes ou manchas vermelhas. No entanto, muitos desses insetos carregam doenças e podem ser responsáveis ​​por problemas de saúde que ocorrem semanas depois.

Compre um repelente

Repelente para evitar picadas de mosquito

Nas farmácias, uma grande variedade de repelentes está disponível para proteger a pele contra picadas de mosquito. Devido aos seus componentes, esses produtos criam uma barreira protetora que impede que esses insetos se aproximem.

Quais são os de melhor qualidade? Como não é fácil escolher um que seja completamente eficaz, a recomendação é que ele contenha entre 40% a 45% do princípio ativo conhecido como dietiltoluamida (DEET). Estes podem ser encontrados em cremes, sprays e toalhinhas práticas que são passadas ​​sobre a pele.

Use roupas apropriadas

É verdade que roupas curtas são as mais confortáveis ​​para aqueles dias de calor intenso. No entanto, a recomendação geral é usar roupas cobertas, como camisas de manga comprida e calças.

Além disso, o ideal é que sejam cores claras e sem estampas.

Proteja a casa

Telas contra mosquitos na casa

Muitas das picadas de mosquito ocorrem durante as horas de sono. Portanto, é aconselhável instalar mosquiteiros nas janelas ou berços e nas camas das crianças. Como esses itens nem sempre estão à mão, também é bom ter inseticidas por perto.

Esses produtos são transportados com mais facilidade e geralmente são eficazes para manter os mosquitos e outros insetos longe. O mais importante é atender ao rótulo com as instruções, pois estes produtos contêm componentes tóxicos que podem ser prejudiciais se forem mal utilizados.

Evite o uso de perfumes

Alguns cheiros doces de vários produtos convencionais podem ser atraentes para os mosquitos.

Portanto, é apropriado evitar algumas colônias, cremes para pentear ou quaisquer outros artigos de higiene que possam ter esse tipo de aroma.

Não coma ao ar livre

Piquenique ao ar livre

Os cheiros que alguns alimentos desprendem podem ser bons para os insetos. O problema é que isso os atrai para o local e, portanto, aumentam as chances de picadas.

Portanto, se você quiser fazer um piquenique ou algo similar, é melhor procurar lugares longe de latas de lixo ou reservatórios de água.

Use folhas de eucalipto

Para aqueles que preferem evitar o uso de repelentes químicos, há uma solução natural com efeitos similares: as folhas de eucalipto.

Devido ao seu poder aromático, esta planta afasta os mosquitos e deixa uma sensação de frescor no ambiente. A maneira mais comum de usá-la é através de um spray.

Use loção de camomila

Camomila

A loção natural de camomila, ou seja, o líquido que resta da infusão de suas flores, é útil para evitar picadas de mosquito.

Seus ingredientes ativos protegem a pele e previnem reações alérgicas como vermelhidão, irritação e coceira.

Óleo essencial de malaleuca

Misturar o óleo essencial de malaleuca com um óleo transportador, como o de coco, pode ajudar a proteger a pele das picadas.

Este produto possui propriedades antimicrobianas e antivirais que, por sua vez, criam uma camada protetora contra os micro-organismos causadores de infecções.

Você está planejando viajar para um lugar quente ou está exposto a lugares onde os mosquitos vivem? Não hesite em seguir estas dicas. Embora possa parecer um problema pequeno, é essencial manter todos os membros da família em segurança.