Emagreça com sopa de verduras

6 de março de 2019
Aumentar o consumo de sopa de verduras não vai te ajudar apenas a perder peso, mas se feito da forma correta, beneficiariá também sua saúde.

Anote aí, a sopa de verduras pode potencializar sua capacidade de perder peso.

Muita gente faz qualquer tipo de sacrifício para perder peso. Principalmente aqueles relacionados à alimentação habitual. Além disso, passam muitas horas em academias, ocupados com atividades físicas.

Mas a realidade é que, uma das formas mais eficazes de perder peso consideravelmente é consumindo mais sopa de verduras.

Esse tipo de alimento além de ajudar a perder peso é uma incrível fonte de vitaminas e minerais.

Como emagrecer com a sopa de verduras?

Incluir sopa de verduras na dieta é uma ótima maneira de peder peso

Às pessoas que desejam perder peso de maneira saudável, a primeira consideração que devem fazer é que as sopas e todos os alimentos consumidos deverão ser preparados com verduras e vegetais frescos.

Não é recomendável de forma alguma o consumo de sopas ou alimentos enlatados. Obviamente, esse tipo de alimento apresenta gordura e sal em excesso. Além disso, contêm conservantes, o que o desclassifica como opção de alimentos saudável.

Estudos realizados com pessoas que se alimentaram com sopa de verduras durante algum tempo, demonstraram que elas consumiram menos calorias em comparação com outro grupo de pessoas, as que se alimentaram com os mesmos alimentos contidos na sopa, porém em sua forma sólida.

Esse tipo de sopa nos oferece vitaminas e minerais e proporcionam boa quantidade de energia ao organismo.

O motivo pelo qual a sopa de verduras é uma boa opção para perder peso é muito simples. Ela é preparada à base de água e acompanhada dos nutrientes que nos fornecem os vegetais com suas fibras e seus antioxidantes.

Assim, esse tipo de alimento nos oferece a sensação de fome saciada, consequentemente comemos 20% menos do que comeríamos normalmente.

Como preparar a sopa?

Foco em receitas diferentes

Para começar a dieta baseada em sopas de verduras, primeiramente consiga receitas boas e diferentes. Afinal, não é agradável comer todos os dias a mesma sopa.

É preciso realizar boas combinações e variar bastante para não enjoar. Isso ajuda a seguir até alcançar seu objetivo, que é perder peso por meio desse método.

Fácil de fazer

Para preparar as sopas não é necessário ser nenhum expert em cozinha. Simplesmente devemos experimentas as possibilidades, combinar as verduras e vegetais adequados para obter sopas deliciosas e nutritivas. Não é difícil e não custa tentar.

Nunca abandone o consumo de alimentos sólidos

O que não deve ser feito de maneira alguma é abandonar por completo o consumo de outros alimentos sólidos. Por isso, as sopas deverão vir sempre acompanhadas de proteínas e nutrientes que somente outros alimentos podem oferecer. Mas, claro, que esses alimentos sejam consumidos em quantidade menor que a habitual.

As sopas de verduras são registradas como a melhor maneira de queimar gorduras. Além disso, também dizem, de forma mais exagerada, que são milagrosas quando esse é o propósito. Uma das sopas mais recomendadas é a preparada a base de repolho.

Essa sopa pode ser preparada com uma base em caldo de frango – do peito preferencialmente – com pouco sal. Cozinha-se o repolho, cebola, tomate, coentro, depois liquidificamos tudo e adicionamos o frango desfiado. O resultado é delicioso e te ajudará a queimar a gordura, além de contar com as proteínas do frango. (confira aqui outro modo de preparar a sopa de repolho)

Em suma, com as recomendações anteriores será muito fácil perder alguns quilos. Mas, não se esqueça que além disso deve-se comer frutas e outros alimentos sólidos, mesmo que em menor quantidade.

Lembre-se também de não suspender alimentos sólidos por completo para não debilitar seu organismo.

Imagem oferecida por PhotoPin.

  • Boutenko, V. (2016). Detox total 7 dias: O plano simples com receitas de sucos e sopas para limpar seu corpo, emagrecer e se sentir melhor. Editora Gente Liv e Edit Ltd.
  • Philippi, S. T. (2003). Nutrição e técnica dietética. Editora Manole.