Dor no ovário: um sintoma de grande problema

· 4 de maio de 2018
Embora não seja sinônimo de problema grave, se as dores nos ovários forem recorrentes e se tornarem muito agudas, devemos ir ao ginecologista para obter um diagnóstico adequado

Se você for mulher, com certeza já sentiu dor em sua parte inferior do abdômen em algum momento de sua vida. Às vezes é conhecida como “dor ovariana”.

No entanto, este termo não é cientificamente correto, pois os ovários são órgãos que não possuem sensibilidade.

Portanto, a dor nesta região é simplesmente um reflexo causado por algum desequilíbrio ou infecção em órgão perto dos ovários.

De acordo com estudos científicos, a dor abdominopélvica é uma das causas mais frequentes nas clínicas ginecológicas e hospitalares.

Entre as causas mais frequentes, encontramos:

  • Doenças Sexualmente Transmissíveis (DST)
  • Cistos
  • Endometriose
  • Ovulação

Às vezes a dor na área dos ovários pode ser sintoma de um grande problema.

Sintomas e medidas preventivas

Para identificar a raiz da dor, deve-se levar em consideração fatores como:

  • Início e localização
  • Forma de como a dor percorre a área
  • Mudanças na micção ou defecação no organismo
  • Períodos menstruais, ou presença de fluxo ou sangramento
  • Cirurgias recentes

É preferível manter um registro diário dos sintomas. Esta informação será muito útil quando você for ao médico e receber um diagnóstico.

Causas de dor na área do ovário (pélvica e abdominal)

Aqui estão algumas das causas pelas quais essa dor pode surgir.

Durante a gravidezA gravidez pode causar  dor no ovário

Infecções e dores no abdômen são comuns durante a gravidez.

No entanto, para evitar grandes riscos é necessário que você vá imediatamente ao médico se apresentar:

  • Hemorragias
  • Fluxo vaginal incomum
  • Febre
  • Tonturas
  • Náuseas e vômitos

Não deixe de ler também: 6 sinais que permitem identificar a síndrome dos ovários policísticos

Infecções agudas

Pode haver infecção uterina (endometriose) devido a doenças como clamídia, gonorreia, tuberculose ou uma combinação de bactérias vaginais normais.

Também pode ser o resultado de uma cesariana, doença inflamatória pélvica, peritonite, Periepatite, abscesso tubovariano, ou até mesmo câncer de ovário.

Distúrbios anexos

A dor pode ser desencadeada como resultado das concentrações de fluidos no ovário (cistos), ruptura ou rotação do ovário, do tronco, ou ambos ao redor do ligamento suspensório (torção ovariana).

Dores recorrentesMulher combolsa de água quente para alivia dor no ovário

Geralmente aparece antes ou apenas no momento da ovulação, ou seja, quando o óvulo é liberado dos ovários.

Esse incômodo é chamado de dor pélvica intermenstrual. Também pode ser causada por dismenorreia, ou seja, dores causadas pela menstruação.

Problemas gastrointestinais

Estes têm a ver com causas relacionadas ao mau funcionamento ou alteração de algum órgão pertencente ao sistema digestivo. Entre outras causas podem ser devidas à:

  • Gastroenterite
  • Apendicite
  • Síndrome do intestino irritável
  • Obstrução intestinal
  • Síndrome do cólon irritável
  • Obstrução intestinal

Leia mais sobre: Como tratar o cólon irritável com alimentos anti-inflamatórios.

Causas geniturináriasDor abdominal é sintoma de dor no ovário

São problemas relacionados aos aparelhos genitais e urinários, juntos.

  • A dor pode vir da infecção do trato urinário inferior ou bexiga (cistite) devido à contração contínua durante a micção.
  • Pode também ser devido à pielonefrite, uma infecção aguda do trato urinário superior através dos ureteres que conectam os rins à bexiga.
  • Outra possibilidade é a litíase renal. Caracterizada pela presença de pedras ou cálculos dentro dos rins ou do trato urinário.

Motivos musculoesqueléticos

A dor pode estar presente devido a algum hematoma na parede abdominal. Este tipo de ferimento pode aparecer por quedas, acidentes ou golpes.

A dor também pode ocorrer na área abdominal quando há uma hérnia inguinal.

Nestes casos, a parede abdominal é fraca, quebra e o intestino delgado ou algum outro órgão da zona se projeta através do vazio do canal da virilha.

Recomendações

A dor pélvica envolve certas complicações. Uma vez que é difícil diagnosticá-la é necessária uma análise multidisciplinar profunda para determinar suas causas e um tratamento apropriado e a tempo.

Além disso, seu diagnóstico requer atenção imediata, porque o atraso no procedimento pode ter consequências fatais para o paciente.

Portanto, se você sofrer de dor constante na região dos ovários, deve consultar o médico ou o especialista com urgência.