A digestão é mais pesada no verão?

18 Julho, 2020
A digestão fica mais pesada no verão não apenas por causa do calor, mas também porque as pessoas tendem a consumir quantidades maiores de alimentos mais difíceis de digerir.
 

A digestão no verão é algo que pode preocupar a maioria das pessoas quando as férias começam. Nessa época, todo mundo muda a rotina, incluindo as refeições.

O verão permite aproveitar mais tempo livre com amigos e familiares. Isso se traduz em grandes almoços, jantares na praia, lanches em espaços abertos, entre outros. Em resumo, é difícil manter os horários e uma dieta equilibrada.

Se a isso adicionarmos o calor, a digestão no verão se torna um processo um pouco mais difícil. Uma alimentação pesada pode causar sintomas incômodos, como inchaço e gases.

Para evitar que isso aconteça, você deve prestar um pouco mais de atenção aos seus hábitos alimentares. Ações simples como comer coisas mais leves ou mastigar bem podem ajudar a melhorar a situação.

Ninguém quer passar o resto do verão preso em casa por causa de uma dor de barriga. Portanto, neste artigo vamos explicar por que a digestão no verão é mais pesada e como lidar com isso.

Homem sofrendo com indigestão

Leia também: Alimentos probióticos para a sua flora intestinal

O que acontece com a digestão no verão?

Como já mencionamos, a digestão tende a ficar mais pesada e mais complicada no verão. No entanto, o calor não é o único fator que influencia, embora seja verdade que as altas temperaturas estão relacionadas à desidratação.

 

O fato de isso ocorrer tem muito mais a ver com os hábitos alimentares. Nessa época, aproveitamos para comer mais e a dieta se torna um pouco inconstante. Há uma tendência ao abuso no consumo de frituras e álcool, o que torna o processo digestivo muito mais lento e complicado.

Um estudo científico do ano 2000 afirmou que o álcool é prejudicial para a digestão, pois também danifica os órgãos do trato digestivo. Isso causa prisão de ventre, azia, gases e inchaço. Pode até mesmo fazer seu estômago doer e provocar uma sensação de cansaço.

Pessoa comendo exageradamente

Não deixe de ler: 10 alimentos saudáveis ​​para normalizar a digestão

O que podemos fazer para evitar?

Para evitar que a digestão se torne um problema no verão, é essencial colocar em prática uma série de dicas para cuidar dos seus hábitos alimentares:

  • Tente não ingerir uma grande quantidade de alimentos em uma única refeição.
  • Evite álcool em excesso.
  • Dedique tempo e tranquilidade às refeições e mastigue corretamente.
  • Hidrate-se bem e beba entre 1,5 e 2 litros de água diariamente. Se for difícil para você, tente beber infusões ou chás gelados.
  • Coma mais vezes, mas ingerindo uma quantidade menor de comida em cada refeição. Faça cinco refeições por dia, mas prefira pratos leves, e consuma frutas em abundância.
 
  • Prefira pratos leves para o jantar, como saladas ou creme de legumes.

Além desses conselhos simples, existem outros que podem ajudar na escolha dos alimentos:

  • Os vegetais crus tendem a causar mais flatulências, assim como as leguminosas. Tente cozinhá-los.
  • Procure reduzir a ingestão de gordura animal. Para fazer isso, evite embutidos, gema de ovo e certos peixes, como o salmão. Evidentemente, evite as frituras, pois são alimentos que deixam a digestão mais lenta e mais pesada.
  • Se você sente azia, o ideal é evitar sucos cítricos e conservas, como azeitonas e picles.

Não se esqueça de incluir a prática de algum exercício nas férias. A atividade física ajuda o sistema digestivo a trabalhar melhor, enquanto o estilo de vida sedentário só complica a situação. É claro, deixe para se exercitar algum tempo depois de comer e em horários em que não esteja muito quente.

Um estudo realizado em 2015 recomendou a prática de exercícios físicos, pois este hábito ajuda a reduzir o estilo de vida sedentário e a apatia. 

Você também pode se interessar: Como aliviar a indigestão naturalmente com plantas medicinais

Por fim, as férias são um momento para curtir, mas também para cuidar do corpo. Se você não prestar atenção às suas refeições, a digestão pode ficar mais complicada no verão. Para evitar isso, tente sempre comer no mesmo horário e com calma. Mastigar bem é importante para reduzir os gases no estômago, mas também para saborear a comida.

 

Evite gorduras saturadas, frituras e empanados, pois são alimentos que exigem mais tempo de digestão. Além disso, o corpo deve ser hidratado adequadamente e o consumo de álcool deve ser reduzido.

  • Bujanda L (2000). The Effects of Alcohol Consumption Upon the Gastrointestinal Tract (S/P). https://pubmed.ncbi.nlm.nih.gov/11151864/
  • Ministerio de Sanidad, Servicios Sociales e Igualdad (2015). Actividad Física para la Salud y Reducción del Sedentarismo. Recomendaciones para la población (España). http://www.aecosan.msssi.gob.es/AECOSAN/docs/documentos/nutricion/observatorio/Recomendaciones_ActivFisica_para_la_Salud.pdf