Dicas para depilar corretamente a área do biquíni

Na hora de depilar ou barbear a área do biquíni, devemos ser especialmente cuidadosas e ter precauções extremas para que não ocorram irritações e nem cortes indesejados.
Dicas para depilar corretamente a área do biquíni

Última atualização: 26 Dezembro, 2018

A área do biquíni, esse lugar tão íntimo, entretanto tão exposto quando vamos à praia ou à piscina.

É muito usual que a maioria das mulheres se interesse pela aparência de sua região íntima. Não só para desfilar com um biquíni, como também para se sentirem mais confortáveis.

Pode ser que muitas não queiram depilar a si mesmas por existirem métodos como a depilação com cera, mas esses métodos também podem causar danos sérios na região íntima se não tivermos os cuidados apropriados.

Ainda que procure uma profissional, os erros humanos são inevitáveis. Aqui daremos alguns conselhos para depilar corretamente a área do biquíni.

Como depilar a área do biquíni

Mulher depilando corretamente a área do biquíni

O primeiro passo para depilar corretamente a área do biquíni é decidir que aparência você quer que a região que ficará exposta tenha. Escolha então, aquela que fizer você se sentir mais confortável e atraente.

Você pode optar por fazer uma depilação total ou fazer um desenho. Depois que escolher o estilo, é importante que recorte a região para que o pelo fique mais curto e maleável.

Isso é especialmente útil se o pelo da região é rebelde e grosso. Você pode recortar com tesouras antes de tomar banho caso ele esteja muito longo.

Não se preocupe se o corte não for perfeito ou preciso. Comece a tomar banho e deixe passar alguns minutos antes de começar a se depilar. Dessa forma, a pele e o pelo esquentarão e ficarão mais suaves.

Se você quiser pode lavar a região. Faça-o antes de começar a depilar para evitar que a pele se irrite mais tarde.

Esfolie

É normal que algumas pessoas sugiram aplicar gel, se depile e esfolie depois. Porém, se você quiser depilar corretamente a área do biquíni, esfolie antes e depois.

Este procedimento alinhará todos os pelos em uma mesma direção, o que tornará o trabalho de sua lâmina muito mais fácil e também eliminará a pele morta.

Dessa forma, também evitará que alguns pelos fiquem encravados e causem dor no futuro. Esta parte é muito importante.

Isso pode interessar você. Leia: Por que devemos esfoliar a pele? Como fazer?

Umedeça a lâmina que você vai usar para se depilar

O recomendável é ter várias lâminas para trocar quando for necessário. Pense que um aparelho de barbear com poucas lâminas ou muito usado obrigará você a usá-lo mais vezes na mesma área.

  • Antes de usar a lâmina, umedeça-a um pouco a cada vez. Também deve aplicar um creme apropriado para remover o pelo, que amoleça a região e lubrifique.
  • Ao escolher este produto, busque um com compostos hidratantes. Você deve depilar com movimentos longos e lentos, passando o aparelho na direção em que o pelo cresce.
  • Coloque a mão no estômago, justamente acima da região púbica. Assim, você se assegura de que a pele acima da área esteja lisa e tensa.
  • Não pressione muito o aparelho na pele. Deixe que faça seu trabalho para evitar irritações e limpe a lâmina em cada passada para evitar que acumule pelo.

Depile entre as coxas

Cuidados ao depilar a área do biquíni

 

Na hora de depilar corretamente a área do biquíni, escolha o lado pelo qual você quer começar.

Procure começar com o lado contrário à mão que mais usa, incline-se para frente e levante a perna do lado que quer depilar. Assim, poderá ver a região com claridade.

Apoie a perna elevada na parede do banheiro se for preciso. Ao depilar desta forma você evitará que surjam pelos encravados. Umedeça a região e coloque gel para depilar. Tome cuidado para que nenhum outro produto entre em contato com a região dos lábios vaginais.

Depile suavemente, com movimentos horizontais desde a parte exterior. Ponha atenção cada vez que passar a máquina pelas regiões mais sensíveis, próximas aos lábios.

Estique um pouco mais a perna e mantenha a pele firme para evitar cortes indesejados.

Cuidado posterior

Depilar essa região corretamente não termina quando eliminamos o pelo. É preciso fazer uma segunda esfoliação. Assim, eliminamos a pele morta que o aparelho de barbear levantou e alinhamos os folículos para evitar pelos encravados no futuro.

Você pode usar um esfoliante de açúcar ou de bicarbonato. Passe a mão pela área e seque-a com uma toalha suave. Entretanto, não esfregue essa área com força, já que isso pode irritar a pele delicada.

Mas se ainda ficarem alguns pelos que não foi possível depilar, pegue pinças e dê os retoques finais. Você pode passar horas se depilando, mas mesmo assim, é possível que ainda tenha deixado alguns pelos.

Depois disso, é muito importante hidratar a região, mas que seja com um produto sem perfumes ou álcool.

Você pode passar talco ou loção para bebê para reduzir irritações. Mas é preciso umedecê-los para deixar que a pele respire.

Aplique o produto só na área externa.

Depile-se em um lugar com boa iluminação

Lugar iluminado para depilar a área do biquíni

A boa iluminação evitará que você se corte severamente. Em geral, o lugar ideal para se depilar é o banheiro, mas você pode procurar outros cômodos se o banheiro não for bem iluminado.

As dicas foram úteis pra você? Sendo assim, continue antenado na nossa página e aproveite todas as sugestões para a sua beleza e bem-estar.

Pode interessar a você...
Mitos e verdades da depilação a laser
Melhor Com SaúdeLeia em Melhor Com Saúde
Mitos e verdades da depilação a laser

Alguma vez você já pensou em fazer depilação a laser? Vamos descobrir alguns mitos e verdades relacionados a esta técnica neste artigo.



  • DeMaria AL, Flores M, Hirth JM, Berenson AB. Complications related to pubic hair removal. Am J Obstet Gynecol. 2014;210(6):528.e1–528.e5285. doi:10.1016/j.ajog.2014.01.036
  • Rowen, T. S., Gaither, T. W., Awad, M. A., Charles Osterberg, E., Shindel, A. W., & Breyer, B. N. (2016). Pubic hair grooming prevalence and motivation among women in the United States. JAMA Dermatology152(10), 1106–1113. https://doi.org/10.1001/jamadermatol.2016.2154
  • Butler, S. M., Smith, N. K., Collazo, E., Caltabiano, L., & Herbenick, D. (2015). Pubic Hair Preferences, Reasons for Removal, and Associated Genital Symptoms: Comparisons Between Men and Women. Journal of Sexual Medicine12(1), 48–58. https://doi.org/10.1111/jsm.12763
  • Farage MA. Sensitive Skin in the Genital Area. Front Med (Lausanne). 2019;6:96. Published 2019 May 15. doi:10.3389/fmed.2019.00096
  • Stone, N., Graham, C. A., & Baysal, I. (2017). Women???s Engagement in Pubic Hair Removal: Motivations and Associated Factors. International Journal of Sexual Health29(1), 89–96. https://doi.org/10.1080/19317611.2016.1228727